Índice da edição nº 2.631, 2016 [18/10/2016]

    Fenômenos naturais e negligência humana, artigo de Roberto Naime Dessalinização, ficção ou realidade? artigo de Marcus Nakagawa 12 de outubro foi o verdadeiro Dia da Independência do Brasil, artigo de Nilo Sergio S. Gomes Impasse entre Chesf e Ibama adia decisão sobre redução da vazão do Rio São Francisco Programa Produtor de Água estimula produtores rurais a adotar boas práticas para melhorar qualidade da água Teste realizado pelo Greenpeace encontra

Fenômenos naturais e negligência humana, artigo de Roberto Naime

    [EcoDebate] Se distinguem situações de risco decorrentes de fenômenos com forte intensidade com efeitos vorazes e catastróficos, mas com duração passageira, como terremotos, tsunamis, erupções vulcânicas, furacões, dos danos cotidianos resultantes de fenômenos naturais, enquanto ações crônicas, com incidência mais perversa em habitats e populações vulneráveis, com tormentas sucedidas de inundações urbanas ou deslizamentos. Estes são fatos mais comuns no Brasil. Em qualquer dos casos, a verdade é que as populações

Dessalinização, ficção ou realidade? artigo de Marcus Nakagawa

    “Vale a pena tirar o sal do mar para termos mais água?” [EcoDebate] Assisti há algum tempo, já meio atrasado, a nova versão da ficção Mad Max, pois faz tempo que o filme saiu do cinema. Esta história marcou muito a minha adolescência. A violência é igualmente exagerada, o povo é mais macabro e a temática da água continua maravilhosa. Pois é, a falta de água pela falta de florestas é

12 de outubro foi o verdadeiro Dia da Independência do Brasil, artigo de Nilo Sergio S. Gomes

    [EcoDebate] Por uma ironia da História, o feriado de 12 de outubro deveria, além de celebrar a Padroeira do Brasil, N. S. de Aparecida e o Dia da Criança, ser também o Dia da Independência do Brasil. Fato pouco conhecido, mas foi em 12 de outubro de 1822 que o Brasil se tornou independente de Portugal. Milhares de pessoas saíram às ruas e, a hoje Praça da República, foi ocupada pelo

Impasse entre Chesf e Ibama adia decisão sobre redução da vazão do Rio São Francisco

    A decisão sobre a redução da vazão mínima da Bacia do Rio São Francisco foi adiada para próxima segunda-feira (24) depois que uma reunião sobre o assunto terminou sem acordo ontem (17), na Agência Nacional de Águas (ANA). A redução da defluência mínima foi solicitada pelo Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) por causa da queda na geração de energia. Atualmente, o patamar mínimo autorizado nos reservatórios de Sobradinho, na

Programa Produtor de Água estimula produtores rurais a adotar boas práticas para melhorar qualidade da água

  Voluntários integram programa de preservação de rios e nascentes   Foto: Agência Brasil   Entre os programas do governo federal para promover a segurança hídrica do País, o Programa Produtor de Água, desenvolvido pela Agência Nacional de Águas (ANA), tem ganhado destaque. O programa funciona por meio de adesão voluntária de produtores rurais que se proponham a adotar práticas e manejos conservacionistas em suas terras para conservação de solo e água. Atualmente, são 38 projetos

Teste realizado pelo Greenpeace encontra agrotóxico em comida de fornecedor de merenda no Rio

  Rio, essa merenda não parece legal! Teste realizado pelo Greenpeace indica cinco alimentos fora de conformidade com a legislação brasileira; um deles contém resíduos de substância proibida desde 2012 Até o prato mais básico do brasileiro, o popular arroz e feijão, pode representar um risco aos alunos da rede municipal de ensino da cidade do Rio de Janeiro. Segundo teste toxicológico em alimentos fornecidos por uma das seis empresas com contratos vigentes

Turbinas reaproveitam resíduos energéticos para gerar eletricidade de forma limpa

  Turbinas reutilizam energias desperdiçadas - Empresa incubada na UFRGS desenvolve turbinas que reaproveitam resíduos energéticos em grandes instalações para gerar eletricidade de forma limpa Por Yuri Correa, UFRGS Ciência Turbina Redutora de Pressão já está em pleno funcionamento nas instalações da PepsiCo - Foto: divulgação Dentre as tantas formas já testadas e desenvolvidas para promover a eficiência energética e a produção limpa de energia, o reaproveitamento de forças desperdiçadas é uma das menos

Mudanças climáticas podem levar mais de 122 milhões de pessoas à pobreza, alerta a FAO

    A Organização para a Alimentação e a Agricultura (FAO) das Nações Unidas alertou ontem (17) para a urgência de ajudar o setor agrícola a adaptar-se às alterações climáticas, que poderão deixar mais de 122 milhões de pessoas na pobreza. "A menos que sejam tomadas medidas agora para tornar a agricultura mais sustentável, produtiva e resiliente, os impactos das alterações climáticas vão comprometer gravemente a produção alimentar em países e regiões que

Top