Portal EcoDebate: Índice da edição nº 2.187, de 04/11/2014

    Sobre a poluição do ar, artigo de Roberto Naime A encruzilhada da civilização brasileira, artigo de Roberto Malvezzi (Gogó) Capitalismo, Desenvolvimento Econômico e Devastação Ambiental, artigo de Valdeci Pedro da Silva Podcast: Amazônia perdeu 42 bilhões de árvores nos últimos 40 anos Desmatamento acumulado na Amazônia cobra fatura e começa a afetar o clima, diz estudo Comissão de Meio Ambiente da Câmara rejeita reflorestamento de APP com árvores frutíferas Ministro

Sobre a poluição do ar, artigo de Roberto Naime

    [EcoDebate] O PROCONVE (Programa de Controle da Poluição do Ar por veículos automotores) foi concebido em 1.986, tendo caráter nacional. A CETESB de São Paulo tem sido uma das agências ambientais pioneiras e mais ativas nesta área, até por necessidade. O problema de poluição do ar é crítico em São Paulo. Tanto o CONAMA (Conselho Nacional do Meio ambiente) quanto a CETESB (Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental) órgão estadual de

A encruzilhada da civilização brasileira, artigo de Roberto Malvezzi (Gogó)

    [EcoDebate] O bioma Cerrado tinha 65 milhões de anos, mas nós acabamos com ele em apenas 40 ou 50 anos. Fixador das águas brasileiras e distribuidor das mesmas pelo território nacional, nossa caixa d’água natural não existe mais. A Amazônia, bioma gerador de grande parte de nossas chuvas que caem sobre o sul e sudeste dá sinais de perda de vitalidade. Cientistas já não garantem sua sobrevivência e sua eficiência. Sem

Capitalismo, Desenvolvimento Econômico e Devastação Ambiental, artigo de Valdeci Pedro da Silva

    [EcoDebate] A derrubada de florestas, que causa grandes alterações climáticas, e que é responsável pela morte de cursos d'água e de espécies vivas - animais e vegetais - é motivada, no Brasil, pela atividade agropecuária, cuja produção destina-se à exportação, e pelo crescimento da população humana interna e externa. A atividade agropecuária - como toda atividade produtiva - e o crescimento da população humana, são elementos essenciais para o desenvolvimento do

Podcast: Amazônia perdeu 42 bilhões de árvores nos últimos 40 anos

    Pesquisador do Inpe fez as contas: desmatamento representa menos duas mil árvores por minuto e tem impacto direto na crise da água O pesquisador do Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), Antônio Nobre, foi o entrevistado no Tarde Nacional. Ele é o responsável pelo recém-lançado estudo “O Futuro Climático da Amazônia”, que apresenta números alarmantes. Segundo a pesquisa, nos últimos 40 anos, a Amazônia perdeu 42 bilhões de árvores, o que significa

Desmatamento acumulado na Amazônia cobra fatura e começa a afetar o clima, diz estudo

  Lançado na quinta (30), em São Paulo, relatório sintetiza, pela primeira vez, cerca de duzentos dos principais estudos e artigos científicos sobre o papel da floresta amazônica no sistema climático e conclui que reduzir a zero o desmatamento já não basta para garantir as funções climáticas do bioma Um relatório lançado nesta quinta-feira em São Paulo (30) sintetiza, pela primeira vez, cerca de duzentos dos principais estudos e artigos científicos sobre

Comissão de Meio Ambiente da Câmara rejeita reflorestamento de APP com árvores frutíferas

    Sarney Filho: o que se está propondo é uma redução ainda maior do papel das APPs nas propriedades com área rural consolidada. A Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável rejeitou, na quarta-feira (29), proposta que altera o Código Florestal (Lei 12.651/12) para permitir o uso de árvores frutíferas na recomposição de áreas de preservação permanente (APPs) - espaços de vegetação nas margens de rios, encostas, topos de morro etc, consideras

Ministro Luiz Fux nega liminar e marca audiência de conciliação sobre captação de águas do Rio Paraíba do Sul

      O ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal (STF), negou liminar solicitada pelo Ministério Público Federal (MPF), na Ação Cível Originária (ACO) 2536, a fim de proibir que a Agência Nacional de Águas (ANA) autorize o estado de São Paulo a realizar obras com objetivo de captar águas do Rio Paraíba do Sul – que banha os Estados do Rio de Janeiro, de São Paulo e Minas Gerais – para

SP: PRR3 promove seminário internacional sobre a crise e o controle social da água

    Inscrições podem ser feitas por email até a véspera do evento, que será realizado no dia 6 de novembro. A Procuradoria Regional da República da 3ª Região (PRR3) vai sediar, nesta quinta-feira, 6 de novembro, o Seminário Internacional "Água, Informação, Participação, Controle Social e a Crise: Soluções e Alternativas". O seminário vai acontecer das 9h às 18h no auditório da PRR, em São Paulo (Avenida Brigadeiro Luis Antônio, 2020, térreo –

ONU alerta que mudanças climáticas podem se tornar irreversíveis

  “O tempo não está do nosso lado, os líderes precisam agir”, disse secretário-geral da ONU no lançamento de novo relatório do Painel Intergovernamental sobre Mudança Climática (IPCC).     O Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC) lançou, neste domingo (02), o Relatório Síntese do Quinto Relatório de Avaliação da instituição. O documento alerta que as mudanças climáticas, se não forem controladas logo, vão aumentar a probabilidade de impactos graves, invasivos e irreversíveis para

Comunicado ao Governo Brasileiro, emitido por lideranças do povo Munduruku

    COMUNICADO AO GOVERNO BRASILEIRO Nós, povo Munduruku, aprendemos com nossos ancestrais que devemos ser fortes como a grande onça pintada e nossa palavra deve ser como o rio, que corre sempre na mesma direção. O que nós falamos vale mais que qualquer papel assinado. Assim vivemos há muitos séculos nesta terra. O governo brasileiro age como a sucuri gigante, que vai apertando devagar, querendo que a gente não tenha mais força e

Proposta de iniciativa popular para reforma política chega a 520 mil assinaturas

     Para tentar acelerar a coleta de assinaturas favoráveis ao projeto de lei de iniciativa popular para a reforma política, o Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) lançou mais uma ação para mobilizar representantes de diversos segmentos da sociedade civil. O movimento ocorre paralelamente à retomada do debate no Congresso, com a ideia de apresentar uma proposta que possa ser apreciada pelo Parlamento. Segundo o presidente da OAB, Marcus

Top