Uranium Film Festival em Recife 11 a 13 de agosto de 2011

Césio 137 vai brilhar no Recife

O filme brasileiro “Césio 137. O brilho da morte” foi um dos vencedores do International Uranium Film Festival, o primeiro festival internacional sobre Energia Nuclear e riscos radioativos do Rio de Janeiro que aconteceu no último mês de maio. Agora entre os dias 11 e 13 de agosto “O brilho da morte” do Diretor Luiz Eduardo Jorge vai abrir na mostra itinerante do Uranium Film Festival em Recife.

Entre 11 e 13 de agosto vão ser exibidos no Centro Cultural dos Correios, 7 filmes do Brasil, Costa Rica, Dinamarca e Estados Unidos sobre o assunto nuclear: do acidente radioativo de Goiânia, em 1987, até as usinas nucleares de Angra e os problemas do urânio e lixo atômico.

Depois de Recife, o Uranium Film Festival vai viajar ainda em agosto para João Pessoa, Natal e Fortaleza. As mostras itinerantes do Nordeste são organizadas pela ONG Baobá de Natal.

Mais informações:

Haroldo Mota – Coordenador Uranium Film Festival Nordeste
Tel: (84) 9927 6555 ou (84) 8808 6559
Email: baobacontato@gmail.com

Marcia Gomes de Oliveira
Coordenadora Uranium Film Festival Rio de Janeiro
info@uraniumfilmfestival.org
www.uraniumfilmfestival.org

Uranium Film Festival Mostra Brasil Nordeste

Programação Recife 11 a 13 de agosto

Centro Cultural dos Correios: Av. Marquês de Olinda, 262, Bairro do Recife.

Dia 11/08/2011 Quinta-feira – horário: 09h às 18h

Césio 137. O brilho da morte, Brasil, 2003, 24 min, Dir. Luiz Eduardo Jorge. 15 anos de medo, pânico e dúvida. Discriminação, segregação e morte de vítimas do acidente radiológico ocorrido em Goiânia, em 1987.

Pedra Podre, Brasil, 1990, 26 min, Dir. Eve Lise Silva, Ligia Girão, Stela Grisotti, Walter Behr: Filme sobre a usina nuclear Angra 1, a percepção da população em seu entorno e a responsabilidade das autoridades. Este filme especialmente agora com o acidente de Fukushima torna-se extremamente atual.

A Fala do Cacique,Brasil, 2008, 20 min, Dir. Norbert G. Suchanek & Márcia Gomes de Oliveira. Verá Mirim, 94 anos, Cacique da Aldeia Guarani Mbya, Sapukai, situada à 20 Km das usinas nucleares Angra 1, 2 e 3. Falando sobre o desequilíbrio ambiental da atualidade, ele faz revelações proféticas sobre o mundo nuclear.

Dia 12/08/2011 – sexta-feira – horário: 18 às 20h ?

Césio 137. O pesadelo de Goiânia, Brasil, 1989, 95 min, Dir. Roberto Pires. O primeiro filme sobre o maior acidente nuclear na história do Brasil, em Goiânia, setembro de 1987. Um Instituto de Radioterapia abandonado causou o acidente.

Uranio 238: La Bomba Sucia del Pentágono (A Bomba Suja do Pentágono), Costa Rica, 2009, 28 min, Dir. Pablo Ortega. As armas convencionais utlizadas pelos EUA em guerras internacionais são feitas com urânio empobrecido e causam a morte até mesmo de soldados e civis norte-americanos. Além de transformar os campos de guerra em depósitos de lixo radioativo a céu aberto. (inglês/legenda castelhano)

Dia 13/08/2011 – sábado – horário: 18 às 20h ?

Into Eternity (Ao Infinito), Dinamarca, 2010, 75 min. Dir. Michael Madsen. A cada dia estão sendo produzidas toneladas de lixo altamente radioativo que precisam de um depósito seguro por pelo menos 100.000 anos. O filme questiona se este depósito é realmente possível. Quem vai proteger este lixo por cem mil anos? (inglês/ sem legenda)

The Return of Navajo Boy (O Retorno do Menino Navajo), EUA, 2000-2008, 57 min, Dir. Jeff. Todo mundo conhece John Wayne e ele conhece pessoalmente o menino Navajo que é o personagem central deste documentário. O Território do Povo Navajo (que se autodenominam Diné), no Arizona, foi o cenário dos filmes de Cowboy e também uma das primeiras minerações de urânio para as bombas nucleares dos EUA, nas décadas de 1940 e 1950. (inglês/legenda portugues).

EcoDebate, 02/08/2011

[ O conteúdo do EcoDebate é “Copyleft”, podendo ser copiado, reproduzido e/ou distribuído, desde que seja dado crédito ao autor, ao Ecodebate e, se for o caso, à fonte primária da informação ]

Inclusão na lista de distribuição do Boletim Diário do Portal EcoDebate
Caso queira ser incluído(a) na lista de distribuição de nosso boletim diário, basta clicar no LINK e preencher o formulário de inscrição. O seu e-mail será incluído e você receberá uma mensagem solicitando que confirme a inscrição.

O EcoDebate não pratica SPAM e a exigência de confirmação do e-mail de origem visa evitar que seu e-mail seja incluído indevidamente por terceiros.

Alexa

Top