A importância dos polinizadores para os serviços ambientais

abelha

Na agenda da Convenção da Diversidade Biológica e da economia agrícola os polinizadores já ocupam hoje um lugar de destaque. As informações existentes na literatura no mundo todo focalizando polinizadores indicam que o declínio das espécies é real onde foi medido, que sofrem com as alterações climáticas já em curso, que não há disponibilidade de polinizadores nativos para a agricultura se consideramos o quadro atual de desenvolvimento da pesquisa, e que os polinizadores aumentam a produção agrícola de plantas importantes para o consumo humano, entre outros aspectos. Para o agronegócio brasileiro eles têm uma grande relevância, uma vez que promovem maior rendimento das áreas agriculturáveis e maior qualidade de frutos.

Esses aspectos serão discutidos no seminário “Polinizadores e Serviços Ambientais” no dia 29 de outubro, quinta-feira, das 9h30 às 12h, no Instituto de Estudos Avançados (IEA) da USP. O encontro é uma realização do Grupo de Pesquisa de Serviços dos Ecossistemas do IEA, que desenvolve, em parceria com o CNPq, o projeto “Avaliação do Uso Sustentável e Conservação dos Serviços Ambientais Realizados pelos Polinizadores no Brasil”.

O seminário acontece no Auditório Alberto Carvalho da Silva, sede do IEA, Av. Prof. Luciano Gualberto, Travessa J, 374, térreo, Edifício da Antiga Reitoria, Cidade Universitária, São Paulo (veja a localização em www.iea.usp.br/mapa.html). Os interessados em assistir ao evento devem se inscrever em formulário na página www.iea.usp.br/inscricao/form1.html. Quem não puder comparecer poderá acompanhar o seminário pela web em www.iea.usp.br/aovivo. Mais informações podem ser obtidas com Cláudia Regina Tavares (clauregi@usp.br e fone 11 3091-1686).

Programação:

09h30 Abertura

09h30-09h45
A iniciativa internacional para a conservação e uso sustentado de polinizadores (IPI) e seus desdobramentos globais
Vera Lucia Imperatriz Fonseca, IEA e IB/USP

10h30-10h50
O projeto brasileiro FAO/MMA/GEF
Marina Landeiro, Ministério do Meio Ambiente

10h50-11h10
A rede brasileira de coleções de polinizadores
Dora Ann Lange Canhos, Centro de Referência de Informações Ambientais (CRIA)

11h10-11h30
A rede latino americana de polinizadores (IABIN/PTN)
Antônio Mauro Saraiva e Etienne Cartolano Jr., POLI/USP

11h30
A proposta IEA/CNPq: avaliação do uso sustentável e conservação dos serviços ambientais realizados pelos polinizadores no Brasil
Vera Lucia Imperatriz Fonseca, IEA e IB/USP

* Colaboração de Ines Iwashita, IEA/USP, para o EcoDebate, 24/10/2009

Inclusão na lista de distribuição do Boletim Diário do Portal EcoDebate
Caso queira ser incluído(a) na lista de distribuição de nosso boletim diário, basta utilizar o formulário abaixo. O seu e-mail será incluído e você receberá uma mensagem solicitando que confirme a inscrição.

Participe do grupo Boletim diário EcoDebate
E-mail:
Visitar este grupo

4 comentários em “A importância dos polinizadores para os serviços ambientais

  1. O sumiço das abelhas vem sendo sentido em todo o mundo, os polinizadores na natureza a meu ver é dos mais importantes pontos na sobrevivência da vida.

    Estão desconsiderando esse fato, ignorado pelas grandes monoculturas como a cana de açucar com suas queimadas e destruindo os habitats para esse animais.

    Uma das melhores noticias que leio sobre meio ambiente é a realização desse seminário “Polinizadores e Serviços Ambientais”, pois com certeza esse é principal ponto para sobrevivência das espécies.

Comentários encerrados.

Top