Panorama dos privilégios no setor dos transportes, artigo de Washington Novaes

    [O Estado de S.Paulo] Provavelmente não há tema mais discutido hoje na comunicação brasileira que o da chamada "mobilidade urbana" - tal a gravidade dos congestionamentos de trânsito nas grandes cidades, a deficiência dos transportes públicos, a precariedade do planejamento em toda parte, o contrassenso das políticas públicas que incentivam o transporte individual em lugar do coletivo e agravam os problemas. Mas a discussão é absolutamente necessária e sem ela

Uma faixa exclusiva de ônibus incomoda muita gente… por Raquel Rolnik

  "A 'má vontade' de nossos gestores sempre se voltou ao transporte coletivo e quem sempre usufruiu de 'tratamento VIP' foram os carros… afinal, o transporte por ônibus em nosso país sempre foi considerado 'coisa de pobre' e, como tal, nunca precisou ser eficiente, muito menos confortável", escreve Raquel Rolnik, professora de Arquitetura e Urbanismo na USP, em artigo publicado no blog Habitat, 08-01-2014. Eis o artigo. 300 km de faixas incomodam muito mais… Todos os

Mobilização popular não conseguiu melhorias no transporte coletivo no Rio

  Seis meses depois das manifestações que tiveram como motivação inicial a suspensão do aumento das passagens de ônibus, nenhum avanço foi observado pelos usuários de transporte público no Rio. A prefeitura chegou a falar em reajuste para 2014, mas depois negou ter uma posição sobre o assunto. Os protestos na capital começaram no dia 10 de junho, organizados pelas redes sociais e sem um comando unificado, e logo se espalharam

Gratuidade no transporte público: uma proposta para assegurar a mobilidade urbana. Entrevista com Ernesto Galindo

  “As gratuidades, ou parte delas, assim como acontece em muitos países da Europa, têm de ser bancadas pelo Estado”, defende o pesquisador. Foto: http://bit.ly/1jflrJo Garantir o transporte gratuito para 7,5 milhões de pessoas que recebem uma renda per capita de até 70 reais é uma das alternativas à infinidade de Projetos de Lei que tramitam na Câmara dos Deputados e no Senado a fim de melhorar a mobilidade urbana no Brasil. Segundo o

Mobilidade urbana: políticas incentivam uso do transporte individual. Entrevista com Carlos Henrique Carvalho

  “Precisaríamos, no mínimo, duplicar a malha metroferroviária brasileira e quadruplicar a malha de corredores exclusivos de transporte público urbano. Em termos de recursos, isso com certeza representaria, em médio prazo, um investimento de mais de 80 bilhões de reais”, diz o pesquisador. Foto: http://bit.ly/pBhX4O Com a saturação do tráfego e o aumento no tempo de deslocamento nas regiões metropolitanas, políticas públicas de mobilidade urbana precisam estar entre as prioridades da gestão pública, diz

Sistema proposto em audiência pública pode reduzir preço da passagem de ônibus para R$ 1

    Modelo defendido pela prefeitura de Curitiba prevê repasse integral do vale-transporte para financiar o transporte público. Viola Junior / Câmara dos Deputados Mac Donald: hoje o governo subsidia as tarifas e, com isso, deixa de investir em saúde e educação.  A prefeitura de Curitiba (PR) sugeriu a adoção de um novo sistema de financiamento do transporte público, com o intuito de reduzir as tarifas e melhorar a qualidade do serviço, por meio da

Mais da metade dos domicílios do país têm ao menos um veículo, diz Ipea

    Mais da metade dos domicílios brasileiros (54%) contam com pelo menos um automóvel ou uma motocicleta para o deslocamento dos seus moradores. Essa proporção, relativa a 2012, representa um aumento de 9 pontos percentuais na comparação com 2008, quando 45% dos lares tinham um veículo particular. A tendência, segundo comunicado divulgado ontem (24) pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), é que o número aumente ainda mais nos próximos anos. O

Quase 20% dos moradores de regiões metropolitanas gastam mais de uma hora para chegar ao trabalho

    Aproximadamente 20% dos trabalhadores das regiões metropolitanas brasileiras gastam mais de uma hora por dia no deslocamento de casa para o local de trabalho. A constatação está no comunicado divulgado ontem (24) pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). Feito com base nos dados da Pesquisa Nacional por Domicílio (Pnad) de 2012, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o estudo indica que a situação vem piorando, uma vez

Metrô em escala metropolitana pode ser solução para São Paulo

  Acessibilidade na periferia: aumento de empregos fora do centro expandido Para desfazer os entraves do transporte público na cidade de São Paulo há que se pensar o sistema como indutor de um desenvolvimento urbano integrado, que seja capaz de promover a ordenação das atividades no espaço metropolitano. “Linhas de metrô em arco [linhas perimetrais], interligando diferentes pontos da região metropolitana podem ser uma solução viável, a médio e longo prazo, para

Transporte público melhor esbarra na mentalidade do brasileiro, diz especialista

  Sociólogo urbano critica fato de transporte público no Brasil ser associado a classes baixas. Segundo ele, maioria dos debates sobre mobilidade trata de soluções tecnológicas, quando a inovação deve ser de ordem social. Evento em São Paulo debate soluções para o transporte e a mobilidade O Brasil ainda mantém a tradição de privilegiar o automóvel em detrimento do transporte coletivo, e alterar esse panorama demanda não só políticas públicas, mas

Projeto da FAU/USP propõe aproveitar hidrovias que cercam 14 cidades da região metropolitana de São Paulo

        O projeto da FAU: ideia é aproveitar hidrovias que cercam 14 cidades da região metropolitana de São Paulo   A navegação fluvial – que está entre os sistemas de transporte mais baratos e limpos que existem – é pouco praticada quando comparada a outros meios de locomoção no Brasil. Pensando num futuro em que o transporte rodoviário estará cada vez mais sobrecarregado em metrópoles como São Paulo, o Grupo Metrópole Fluvial da Faculdade de

Não é só a mobilidade urbana: que faremos com a poluição? artigo de Washington Novaes

    [O Estado de S.Paulo] Nas recentes discussões sobre "mobilidade urbana", custo dos congestionamentos para o usuário em tempo e horas de trabalho, baixo investimento em transporte de massa - todas exacerbadas pela onda de protestos nas ruas -, tem merecido pouca atenção o tema do impacto da poluição do ar (agravado por todas essas causas) na saúde da população e no número de mortes, principalmente nas metrópoles. E foi essa

Civilização do automóvel dá sinais de esgotamento – A nefasta cultura do carrocentrismo

  Civilização do automóvel dá sinais de esgotamento - A nefasta cultura do carrocentrismo Muito se falou e se comentou do caráter fragmentário e da ausência de bandeiras claras nas grandes manifestações de junho de 2013. Uma delas, entretanto, funcionou como um forte elemento agregador: a mobilidade urbana – ninguém aguenta mais a dificuldade de ir e vir nas grandes cidades, particularmente aqueles que dependem do transporte coletivo. O estopim do vagalhão das

O impacto do carro, pago por toda a sociedade e o modelo crescimentista ancorado no automóvel

    O carro como expressão de poder, prazer, liberdade, singularidade e individualidade faz com que todos queiram o seu. O drama, porém, é que estamos nos dando conta de que se todos quiserem ter o seu carro, as cidades irão colapsar. O fantástico e maravilhoso mundo prometido pelo carro tem um outro lado menos edificante. O carro provoca o caos, confusão, barulho, estresse, poluição, perdas econômicas e, o pior, mata. E

Cidade em Movimento, por Claudia Visoni

  Pesquisa sobre os transportes em São Paulo, eventos e opiniões de especialistas mostram uma revolução em curso. Ao que parece, a Carrocracia está com os dias contados. A Semana da Mobilidade começa hoje (16/9, segunda feira) e vai até domingo. Trata-se de um evento internacional que tem por objetivo repensar os sistemas urbanos de transporte em prol de melhor qualidade de vida para as pessoas. Muita coisa está acontecendo (http://www.nossasaopaulo.org.br/portal/semanadamobilidade)

Sem carro e com tempo, artigo de Helio Mattar

    "Datas como o Dia Mundial sem Carro e a Semana da Mobilidade são momentos propícios para fomentar a continuidade da mobilização sobre este tema", defende Helio Mattar, Ph.D. em engenharia industrial, é diretor-presidente do Instituto Akatu, em artigo publicado por Akatu, 17-09-2013. Eis o artigo. Muito tem se discutido para tentar entender as manifestações iniciadas em junho deste ano, assim como seus desdobramentos. Mas é quase consenso que elas só atingiram seu

Grupo Metrópole Fluvial, da FAU/USP, tem projeto para hidroanel na Grande São Paulo

  Hidroanel Metropolitano de São Paulo - clique para ampliar A navegação fluvial – que está entre os sistemas de transporte mais baratos e limpos que existem – é pouco praticada quando comparada a outros meios de locomoção no Brasil. Pensando num futuro em que o transporte rodoviário estará cada vez mais sobrecarregado em metrópoles como São Paulo, o Grupo Metrópole Fluvial desenvolveu um projeto para a construção de um hidroanel na região. O

Trânsito caótico e poluição do ar matam milhões por ano nas metrópoles mundiais

  Problemas respiratórios, câncer, sedentarismo, ansiedade e depressão são alguns dos males causados pela falta de mobilidade urbana. Segundo a OMS, cerca de 6 milhões de pessoas morrem por ano devido a poluição do ar.   A vida nas grandes cidades lentamente transforma pessoas saudáveis em doentes crônicos. Um dos maiores vilões da saúde nas metrópoles mundiais é a poluição, gerada em grande parte pela frota de veículos exagerada e pelo

O Dia Mundial sem Carro e a mobilidade (in)sustentável. Entrevista com André Trigueiro e Uirá Felipe Lourenço

  “Estudos mostram que o deslocamento do centro da cidade do Rio de Janeiro até um determinado ponto da periferia demorava 20 minutos há 10 anos e, agora, demora 45 minutos. Nos próximos 10 anos, faremos esse percurso em quanto tempo?”, pergunta o jornalista. Foto: http://bit.ly/1aOelYF Há 15 anos o Dia Mundial sem Carro mobiliza inúmeras pessoas de diversas cidades do mundo, que abdicam seus carros para aderirem à proposta do Dia Mundial Sem

A mobilidade urbana não pode esperar mais, artigo de Washington Novaes

    [O Estado de S.Paulo] Serão extremamente úteis para o País, qualquer que seja o desfecho, as conclusões do atual debate que se trava em toda parte sobre mobilidade urbana, a partir das recentes manifestações de rua, assim como da criação de faixas exclusivas para ônibus na cidade de São Paulo. A discussão adequada do problema, a adoção de políticas principalmente nas regiões metropolitanas, poderá talvez evitar ou reduzir custos imensos

Top