No mundo pós-pandemia, a construção de outro modelo de economia depende de uma estratégia socioambiental, artigo de Amyra El Khalili

No mundo pós-pandemia, a construção de outro modelo de economia depende de uma estratégia socioambiental Amyra El Khalili A financeirização tem permeado os mais diversos setores da economia, provocando distorções entre a economia real (produção) e a economia financeira. A economia real baseia-se em produtividade na indústria, na agropecuária, no comércio e em serviços. Já a economia financeira é a que faz circular o dinheiro nos sistemas informatizados e tecnológicos, alimentando as

A transição ecológica para uma sociedade biocentrada, artigo de Leonardo Boff

  A transição ecológica para uma sociedade biocentrada, artigo de Leonardo Boff A travessia para uma sociedade ecologicamente sustentada com uma cultura, uma política e economia compatíveis é a grande utopia viável da humanidade IHU "O grande desafio colocado a todos, a grande interrogação especialmente, aos donos dos grandes conglomerados multinacionais é: Como continuar? Voltar ao que era antes? Recuperar o tempo e os lucros perdidos?", escreve Leonardo Boff, teólogo, filósofo e escritor. Eis o

Exploração predatória do patrimônio natural e o ‘melhor’ negócio do mundo, artigo de Clóvis Borges

  Exploração predatória do patrimônio natural e o 'melhor' negócio do mundo, artigo de Clóvis Borges [EcoDebate] A cada ano o mês do Meio Ambiente toma vulto e chama mais a atenção da sociedade, além do Dia Mundial do Meio Ambiente, em junho também se comemora o Dia da Ecologia e o Dia Mundial dos Oceanos. No entanto, o fenômeno que traz maior notoriedade ao tema ambiental não ocorre em decorrência apenas

Eco-nomia e Eco-logia, artigo de Roberto Malvezzi (Gogó)

    Eco-nomia e Eco-logia, artigo de Roberto Malvezzi (Gogó) [EcoDebate] Nunca na história a correlação entre economia e ecologia foi tão clara e perturbadora. Nesse momento do Covid-19, as autoridades sanitárias do mundo inteiro nos orientam a permanecer em casa (Oikós) para não expandirmos a disseminação do vírus e nos contaminarmos como pessoas. Por outro lado, premidos pelas necessidades básicas do cotidiano, muitas pessoas não têm seu sustento garantido e arriscam a

Coronavírus e o meio ambiente, artigo de Juacy da Silva

  Coronavírus e o meio ambiente, artigo de Juacy da Silva [EcoDebate] A agenda econômica no pós COVID-19 deverá ser uma AGENDA baseada na ECOLOGIA INTEGRAL e no respeito ao meio ambiente Em carta/manifesto assinado ontem, 26 de Maio de 2020, endereçada a todos os líderes dos países do G20, as 20 maiores economias do mundo, que detinha em conjunto em 2028 nada menos do que 73,55% do PIB mundial, estando projetado que este

(Degrowth New Root) Decrescimento: por novas raízes para a economia

  (Degrowth New Root) Decrescimento: por novas raízes para a economia IHU Enquanto nossa economia depender do crescimento, cada recessão será devastadora. Para mudar, necessitamos do decrescimento: reduzir a escala da economia de modo planificado, sustentável, equitativo. Essa carta-manifesto é o resultado de um processo de colaboração dentro da rede internacional de decrescimento. Foi assinada por mais de 1.100 especialistas e mais de 70 organizações de mais de 60 países. O manifesto é do coletivo Degrowth New Roots, publicado

Jeffrey Sachs: Usamos energia demais, destruímos os habitats, as florestas, assistimos ao surgimento de novas doenças

Jeffrey Sachs: Usamos energia demais, destruímos os habitats, as florestas, assistimos ao surgimento de novas doenças “O insustentável peso do planeta”. Entrevista com Jeffrey Sachs IHU Entrevista com o estudioso, professor de desenvolvimento sustentável da Columbia University, em Nova York. "Usamos energia demais, destruímos os habitats, as florestas, assistimos ao surgimento de novas doenças. Os políticos devem aprender com a crise que é preciso pensar e planejar com antecedência". "Espero que nossos políticos aprendam algo com essa crise, acima

O apartheid ambiental é a norma no Antropoceno

O apartheid ambiental é a norma no Antropoceno “O apartheid ambiental é a norma no Antropoceno”. Entrevista com Ian Angus IHU “As pessoas e os países que têm a menor responsabilidade pelo aquecimento global são as suas principais vítimas. É um clichê ambiental o lema de que todos nós estamos no mesmo barco no globo terrestre, ao contrário, na realidade, alguns viajam na primeira classe, com assentos reservados nos melhores botes salva-vidas, enquanto

A utopia na era do Antropoceno, artigo de Santiago Álvarez Cantalapiedra

A utopia na era do Antropoceno, artigo de Santiago Álvarez Cantalapiedra IHU “A ideia de progresso que define nossa época é muitas vezes mais parecida com a progressão de uma doença do que com sua cura. Para Walter Benjamin, o progresso, quando visto pelo olhar dos oprimidos, assemelha-se muito a um vendaval que deixa um rastro de vítimas e escombros. Nessa perspectiva, progresso é sinônimo de catástrofe e a utopia tem a ver, sobretudo, com a

A globalização e a Covid-19, artigo de Arthur Soffiati

    A globalização e a Covid-19, artigo de Arthur Soffiati Pelos meios de comunicação, sobretudo pelas redes de televisão, as informações sobre cuidados com a higiene pessoal e as orientações para não criar pânico invadem as residências mais que o próprio novo vírus Corona. Estamos tão imersos no dia a dia da pandemia que não nos interessam conhecer as causas profundas das doenças transmissíveis. As TVs dedicam tanto tempo insistindo no controle

Um vírus, a humanidade e a terra, artigo de Vandana Shiva

  IHU “Um pequeno vírus pode nos ajudar a dar um grande passo à frente para fundar uma nova civilização planetária ecologista, baseada na harmonia com a natureza. Ou, então, podemos continuar vivendo a fantasia do domínio sobre o planeta e continuar avançando até a próxima pandemia. E, por último, até a extinção”, escreve Vandana Shiva, física, ecofeminista, ativista ambiental, defensora da soberania alimentar e fundadora do Movimento Navdanya, em artigo publicado por El Salto, 11-04-2020. A tradução é do Cepat. Eis

Brasil-Colônia no século XXI em queda livre, por Alenice Baeta e Gilvander Moreira

Brasil-Colônia no século XXI em queda livre, por Alenice Baeta e Gilvander Moreira Brasil-Colônia no século XXI em queda livre. Até quando? Por Alenice Baeta1 e Gilvander Moreira2 Artigo publicado na revista Science demonstra que “o desaparecimento da  biodiversidade global é, atualmente, mil vezes mais veloz do que se ele acontecesse naturalmente, sem o impacto do homem. É uma taxa muito maior do que a estimada anteriormente, em 1995, quando estava em cem vezes”3. Não é

Decrescimento, uma alternativa, artigo de Iosu Perales

  Decrescimento, uma alternativa, artigo de Iosu Perales O decrescimento é uma alternativa econômica? Quando um rio transborda, queremos que decresça e as águas retornem ao seu leito. Trata-se disso. Na realidade, o decrescimento não é uma opção, é uma necessidade – Iosu Perales IHU “Diante dessa ideia que quer colocar no centro da vida humana a produção e o consumo, o imaginário coletivo deve ser descolonizado. Vivemos em um planeta de cinco ou mais

O impacto global da classe média sobre o meio ambiente, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

  O impacto global da classe média sobre o meio ambiente, artigo de José Eustáquio Diniz Alves [EcoDebate] O impacto das atividades antrópicas sobre o meio ambiente depende do tamanho da população, do volume da produção e consumo de mercadorias e da tecnologia utilizada no processo de desenvolvimento. Antes da Revolução Industrial e Energética, o impacto demográfico e econômico global era relativamente modesto e estava bem abaixo da capacidade de carga do

O incansável e falacioso mito da internacionalização da Amazônia, por Henrique Cortez

  O incansável e falacioso mito da internacionalização da Amazônia, por Henrique Cortez Retornam as alegações do risco de internacionalização da Amazônia, inclusive para acusar os ambientalistas, ONGs e críticos da devastação   [EcoDebate] Retornam as alegações do risco de internacionalização da Amazônia, inclusive servindo de lastro para acusar os ambientalistas, ONGs e críticos da devastação, como se estivessem a soldo de interesses escusos. Como pano de fundo, supostos inimigos externos interessados em ocupar

Drawdown: plano para reverter a crise climática, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

Drawdown: plano para reverter a crise climática, artigo de José Eustáquio Diniz Alves “O crescimento econômico e populacional está entre os mais importantes fatores do aumento das emissões de CO2 em decorrência da combustão de combustíveis fósseis” Alerta dos cientistas mundiais sobre a emergência climática (05/11/2019)     [EcoDebate] O aquecimento global já traz muitos danos às pessoas e à economia e é uma ameaça concreta à vida humana e não humana na Terra. As perdas

O futuro incerto das crianças e das novas gerações, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

    O futuro incerto das crianças e das novas gerações, artigo de José Eustáquio Diniz Alves “Algumas pessoas dizem que não estamos fazendo o suficiente para combater as mudanças climáticas. Mas isso não é verdade. Porque para "não fazer o suficiente" você tem que fazer alguma coisa. E a verdade é que basicamente não estamos fazendo nada” Greta Thunberg (22/01/2019)     [EcoDebate] As velhas e as atuais gerações são as responsáveis pela crise climática e ambiental, pois,

Pobre Planeta: os humanos estão explorando 100 bilhões de toneladas de riqueza ao ano, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

    Pobre Planeta: os humanos estão explorando 100 bilhões de toneladas de riqueza ao ano, artigo de José Eustáquio Diniz Alves “Terra! És o mais bonito dos planetas Tão te maltratando por dinheiro Tu que és a nave nossa irmã”. (O Sal da Terra, Beto Guedes)     [EcoDebate] A humanidade está retirando riqueza do Planeta a uma taxa crescente para produzir bens e serviços em benefício de um padrão elevado de consumo que beneficia um enorme número de

Vaclav Smil e o paradoxo do crescimento, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

  Vaclav Smil e o paradoxo do crescimento, artigo de José Eustáquio Diniz Alves “Acreditar que o crescimento econômico exponencial pode continuar infinitamente num mundo finito é coisa de louco ou de economista” Kenneth Boulding (1910-1993)   Vaclav Smil. Growth: From Microorganisms to Megacities, MIT Press, 2019   [EcoDebate] Václav Smil (9/12/1943) é um cientista checo-canadense e autor de livros influentes nas áreas de energia, alimentação, população, economia, meio ambiente, etc. Ele é professor emérito na Faculdade de

Estamos acabando com o mundo e vamos cada vez pior: a economia circular perde força

    Estamos acabando com o mundo e vamos cada vez pior: a economia circular perde força IHU Segundo os dados apresentados no novo Relatório sobre a Lacuna Circular, a proporção de materiais e recursos que se reusam e reciclam a nível global diminuiu de 9,1% do total a 8,6%, enquanto que a humanidade usou mais materiais do que nunca, chegando às 100 bilhões de toneladas de recursos em apenas um ano. O artigo é de Eugenio Fernández Vázquez,

Top