A China deve perder 654 milhões de habitantes entre 2022 e 2100

  A China deve perder 654 milhões de habitantes entre 2022 e 2100, artigo de José Eustáquio Diniz Alves A China tem sido o país mais populoso do mundo desde tempos imemoriais. Contudo, vai perder a liderança global entre os países mais populosos do mundo em 2023, quando será superado pela Índia. A China tem uma área de 9.596.960 km2, maior do que a área territorial do Brasil. A densidade demográfica em 2022

A China com menos gente e mais robôs e automação

  A China com menos gente e mais robôs e automação, artigo de José Eustáquio Diniz Alves Em vez de pensar em manter o incremento populacional a China está se preparando para crescer economicamente com menor desigualdade e com uma força de trabalho mais produtiva “Todos os nossos problemas ambientais se tornam mais fáceis de resolver com menos gente e mais difíceis e, em última instância, impossíveis de resolver com cada vez mais pessoas”.

Ascensão da China como protagonista no cenário mundial é uma realidade

  Ascensão da China como protagonista no cenário mundial é uma realidade, artigo de Douglas de Castro À medida em que a China continua a crescer em poder material, tem cada vez mais a capacidade de colocar seu próprio projeto na ordem mundial O título do livro publicado por Kishore Mahbubani é uma provocação que está associada ao título deste artigo: Has the West Lost it? (o ocidente se perdeu? -- tradução do

Exportações da China nos 20 anos após entrada na OMC

  Exportações da China nos 20 anos após entrada na OMC, artigo de José Eustáquio Diniz Alves A China tem avançado em todos os indicadores sociais, mas com externalidades muito grandes na área ambiental. Brasil e China tem em comum o fato de serem dois países com grande extensão territorial e grande volume de população. São duas “potências” demoeconômicas do grupo BRICS e, ao mesmo tempo, dois grandes degradadores do meio ambiente. Todavia,

A Constituição da China e o Conceito de Civilização Ecológica

  A Constituição da China e o Conceito de Civilização Ecológica, por Douglas de Castro, Siyi Zhang e Chen Daoshan As altas pressões que o atual modelo desenvolvimentista aplica sobre a natureza, os crescentes fenômenos naturais extremos representam uma ameaça existencial para a humanidade Se a racionalidade, conforme construída pelo projeto modernista, nos levou à beira da destruição (p.ex., Segunda Guerra Mundial, degradação ambiental e violação de direitos humanos), o movimento pós-modernista nos

A China eliminou a pobreza extrema com muito trabalho

  A China eliminou a pobreza extrema com muito trabalho, artigo de José Eustáquio Diniz Alves “Todo ser humano tem direito ao trabalho, à livre escolha de emprego, a condições justas e favoráveis de trabalho e à proteção contra o desemprego” Artigo 23 da Declaração Universal dos Direitos Humanos (10/12/1948) A China conseguiu eliminar a pobreza extrema nos últimos 40 anos e retirou cerca de 1 bilhão de pessoas da situação de miséria. O gráfico abaixo

Texto final da COP26 é enfraquecido para agradar Índia e China

  Texto final da COP26 é enfraquecido para agradar Índia e China É preciso se perguntar se, nesse ponto, ainda está ao alcance das mãos o objetivo de permanecer abaixo do limiar de 1,5ºC IHU Termina uma sessão plenária e, uma hora e meia depois, começa outra. Mas, desta vez, os delegados de quase 200 países sabem que, no documento principal e definitivo da COP-26, será feita uma modificação antes da publicação. A reportagem

China e Índia são dois grandes emissores globais de CO2

  China e Índia são dois grandes emissores globais de CO2, artigo de José Eustáquio Diniz Alves Para reduzir a Pegada Ecológica, os países ricos precisam reduzir o consumo conspícuo e os gastos militares e os países pobres não podem emular o estilo de desenvolvimento do Norte Global “As autoridades dizem que uma recuperação global da pandemia deve estar enraizada no crescimento verde. Mas não existe crescimento verde. O crescimento está apagando o verde da

China avança na transição energética e promete abandonar a queima de carvão

  China avança na transição energética e promete abandonar a queima de carvão, artigo de Vivaldo José Breternitz A energia renovável é agora a opção mais barata em quase todos os lugares do planeta e a China fabrica todo o equipamento necessário à geração de energia solar e eólica O presidente chinês Xi Jinping anunciou em seu discurso na Assembleia Geral das Nações Unidas um passo importante para controlar as emissões de gases

A pegada ecológica e a transição energética da China

A pegada ecológica e a transição energética da China, artigo de José Eustáquio Diniz Alves A maior parte da pegada ecológica é emissão de CO2. Se a China zerar as emissões líquidas e reduzir o tamanho da população poderá diminuir o seu déficit ambiental “Assim como a Idade da Pedra não acabou por falta de pedras, a Era do Petróleo chegará ao fim, não por falta de óleo”. Ahmed-Zaki Yamani A China é o

Envelhecimento populacional e terceiro bônus demográfico na China

  Envelhecimento populacional e terceiro bônus demográfico na China, artigo de José Eustáquio Diniz Alves “Em termos simples, embora não seja a solução completa, a estabilização ou declínio das populações nacionais em todo o planeta tornarão muito mais fácil para os países reduzirem a queima de combustíveis fósseis e as emissões de gases de efeito estufa, bem como abordar de forma mais eficaz a degradação ambiental, a perda de biodiversidade, a poluição

China, Japão e EUA financiam energia de combustível fóssil no exterior

  China, Japão e EUA financiam energia de combustível fóssil no exterior China, Japão e EUA continuam a financiar a dependência de combustíveis fósseis nos países em desenvolvimento por meio de financiamento bilateral Afastar-se de sistemas de energia intensivos em carbono e investir em tecnologias renováveis CO2é fundamental para descarbonizar o setor de energia global e reduzir as mudanças climáticas globais. Mas os três países que dominam as finanças bilaterais no exterior no

Cai a fecundidade na China durante a pandemia

  Cai a fecundidade na China durante a pandemia, artigo de José Eustáquio Diniz Alves O fim da “Política de filho único” não significa que a China terá um aumento significativo da taxa de fecundidade e nem evitará um declínio da população ao longo do atual século “A população mundial precisa ser estabilizada e, idealmente, reduzida gradualmente” Alerta dos cientistas mundiais sobre a emergência climática (05/11/2019) A China realizou o seu 7º recenseamento geral em

As exportações da China superam o PIB brasileiro

  As exportações da China superam o PIB brasileiro, artigo de José Eustáquio Diniz Alves [EcoDebate] As exportações são um bom indicador do grau de competitividade das nações. Existe uma visão simplista da economia que considera dois modelos antagônicos de desenvolvimento: desenvolvimento voltado para fora e desenvolvimento voltado para dentro. De modo geral se diz que a América Latina seguiu o primeiro modelo, com o processo de substituição de importações. Enquanto o Japão, os

China potência emergente e Brasil potência submergente

  China potência emergente e Brasil potência submergente, artigo de José Eustáquio Diniz Alves O Brasil é uma potência submergente, enquanto a China é uma potência emergente, já disputa a hegemonia global com os EUA e se prepara para liderar o mundo na Quarta Revolução Industrial [EcoDebate] Brasil e China tem em comum o fato de serem dois países com grande extensão territorial e grande volume de população. São duas “potências” demoeconômicas do

IDH do Brasil, China, Venezuela e Vietnã em 2019

  IDH do Brasil, China, Venezuela e Vietnã em 2019, artigo de José Eustáquio Diniz Alves [EcoDebate] A estratégia de desenvolvimento dos países do leste asiático – baseado na promoção das exportações (“Export-Led Growth”) tem mostrado melhores resultados práticos do que a estratégia dos países latino-americanos baseada na substituição de importações. O melhor desempenho asiático fica claro na análise do Índice de Desenvolvimento Humano (IDH). O gráfico abaixo mostra que entre 1990 e

A China está vencendo a guerra comercial

    A China está vencendo a guerra comercial, artigo de José Eustáquio Diniz Alves “A humanidade vai sair mais fortalecida da pandemia se trabalhar unida, respeitando diferenças entre países sem preconceitos ideológicos e promovendo o multilateralismo em oposição ao isolamento arrogante que leva a uma nova Guerra Fria” Xi Jinping (janeiro de 2021) [EcoDebate] O presidente da China, Xi Jinping, fez um discurso no Fórum Econômico Mundial, em Davos, contra os preconceitos ideológicos,

África do Sul ultrapassa a China em número de mortes pela covid-19

“Depois de escalar uma grande montanha se descobre que existem muitas outras montanhas para escalar” Nelson Mandela (1918-2013) Artigo de José Eustáquio Diniz Alves [EcoDebate] O mundo está chegando ao recorde de 14 milhões de casos e quase 600 mil mortes. No dia 16/07 foram registrados quase 250 mil casos, recorde absoluto. A maioria dos casos e dos óbitos estão concentrados na Europa e nas Américas. Mas nenhum canto do mundo está livre do

Com a retomada das atividades, poluição do ar dispara na China, artigo de Vivaldo José Breternitz

  [EcoDebate] Vivemos em uma corda bamba: depois das boas notícias dando conta de que em muitos lugares a qualidade do ar havia melhorado bastante, em função da quase paralisação das fábricas e do trânsito por conta da pandemia, na China, onde a situação parece estar se normalizando, a poluição volta a explodir, superando os níveis anteriores à pandemia. O Centre for Research on Energy and Clean Air (CREA), instituição de pesquisa

Alemanha, Reino Unido, China e ONU pedem estímulo verde para a recuperação econômica pós-COVID-19

Os pacotes de recuperação econômica pós COVID-19 devem respeitar o meio ambiente e o Acordo de Paris sobre mudança do clima, afirmaram a chanceler alemã Angela Merkel, o primeiro-ministro britânico Boris Johnson, o secretário geral da ONU Antonio Guterres e o enviado de Xi Jinping, Huang Runqiu, em uma cúpula climática global em Berlim. Por Bruno Toledo Em suas falas no Diálogo Climático de Petersberg - realizado on-line pela primeira vez devido

Top