Urgência da economia circular na gestão de recursos

 

economia circular
Imagem: Euronews

Urgência da economia circular na gestão de recursos artigo de Cadu Guerra

A economia circular é um modelo de atuação que os negócios podem usar como forma de mudança para o futuro do planeta

O futuro do planeta é um tema que preocupa ambientalistas, empresas, governos e a sociedade. O nosso modo de usar e consumir vem chamando a atenção há algumas décadas, o uso exagerado de plásticos, o desmatamento, a falta de reciclagem, o aquecimento global e tantas outras questões acendem o alerta para que mudemos os nossos hábitos de consumo.

É nesse contexto que o debate sobre economia circular ganha força, já que ela diz respeito ao uso de recursos naturais com menor dependência da matéria prima virgem, dando prioridade para o uso de insumos duráveis, recicláveis e renováveis.

Com essa nova perspectiva, novos modelos de negócios surgem pensando no uso dos recursos de forma inteligente sem prejudicar o meio ambiente, um exemplo são empresas que alugam smartphones ou reformam itens usados e revendem. Esses novos negócios atraem cada vez mais consumidores, principalmente os mais jovens, que se mostram ligados e preocupados com o meio ambiente.

De acordo com a pesquisa da consultoria Mckinsey, 85% dos brasileiros dizem que se sentem melhor comprando produtos sustentáveis. Outro estudo realizado pelo Mercado Livre denominado “Crescimento do Consumo Sustentável on-line”, constatou que houve um crescimento nas buscas e compras na seção de produtos sustentáveis. No período de junho de 2019 a maio de 2020, 2,5 milhões de usuários em toda a América Latina compraram produtos com proposta sustentável, sendo deste total 1,4 milhão de consumidores do Brasil.

Para além dos impactos e preocupações que a população e o mundo já tem com a crise climática, agora os impactos chegam também para as empresas que perdem duplamente ao não considerarem a questão, pois primeiro perdem os clientes que não compram de empresas que se atentem para a causa ambiental e segundo por não contribuírem ativamente com o seu papel de mudança em um problema mundial.

Por isso, a economia circular é um modelo de atuação que os negócios podem usar como forma de mudança para o futuro do planeta. Pensar em novas formas de usar os recursos, reaproveitá-los, reciclá-los, diminuir o desperdício e pensar em uso sustentável mostra que é possível que as companhias atuem sem agredir o meio ambiente. Evidenciando que há outras formas de desenvolver os projetos sem que seja necessário poluir, destruir e contribuir para a crise ambiental.

Assim, os negócios pensam no uso dos recursos de forma inteligente, ou seja, com melhor aproveitamento e menor impacto ambiental. Isso porque a economia circular tem também como finalidade gerar uma gestão de recursos de forma mais eficiente priorizando um desenvolvimento sustentável. As empresas com esse modelo ganham competitividade e reduzem os custos, no fim, é um modo inteligente de atuação que se destaca no mercado e atrai consumidores.

Pensar no futuro do planeta e em novas formas de atuação permitem que os negócios se reinventem e tenham uma atuação mais inteligente. Além de trazer benefícios para o empreendedor, para os clientes e principalmente contribuir para a redução de danos ambientais.

*Cadu Guerra é CEO do Allugator, maior plataforma de assinatura de aparelhos eletrônicos do país

 

in EcoDebate, ISSN 2446-9394, 15/06/2022

 

A manutenção da revista eletrônica EcoDebate é possível graças ao apoio técnico e hospedagem da Porto Fácil.

 

[CC BY-NC-SA 3.0][ O conteúdo da EcoDebate pode ser copiado, reproduzido e/ou distribuído, desde que seja dado crédito ao autor, à EcoDebate com link e, se for o caso, à fonte primária da informação ]

Inclusão na lista de distribuição do Boletim Diário da revista eletrônica EcoDebate, ISSN 2446-9394,

Caso queira ser incluído(a) na lista de distribuição de nosso boletim diário, basta enviar um email para newsletter_ecodebate+subscribe@googlegroups.com . O seu e-mail será incluído e você receberá uma mensagem solicitando que confirme a inscrição.

O EcoDebate não pratica SPAM e a exigência de confirmação do e-mail de origem visa evitar que seu e-mail seja incluído indevidamente por terceiros.

Remoção da lista de distribuição do Boletim Diário da revista eletrônica EcoDebate

Para cancelar a sua inscrição neste grupo, envie um e-mail para newsletter_ecodebate+unsubscribe@googlegroups.com ou ecodebate@ecodebate.com.br. O seu e-mail será removido e você receberá uma mensagem confirmando a remoção. Observe que a remoção é automática mas não é instantânea.

Deixe um comentário

Top