Mix Sustentável – Consumidor

 

artigo

Mix Sustentável – Consumidor, artigo de José Austerliano Rodrigues

A sustentabilidade absoluta de um produto também dependerá da sustentabilidade da sociedade em que é produzido e consumido

 

Diante dos desafios que a disciplina de marketing enfrenta atualmente em termos de transformação para um foco na relação com o consumidor e a necessidade de harmonizar o pensamento e as práticas de marketing com os princípios da sustentabilidade (econômico, social e ambiental). Belz e Peattie (2009), propõem um novo mix de sustentabilidade de marketing os 4Cs (consumidor, custo, conveniência e comunicação).

Desta forma, os produtos e serviços de uma empresa terão, em maior medida, alterados e adaptados as atitudes dos consumidores, bem como as legislações que mudam de tempo para o regime legislativo mais duro. No entanto, às vezes não basta apenas fazer uma mudança na atividade corporativa, mas a modificação precisa ser feita no sistema de consumo global (consumidor-cidadão/consumidor-ecológico), juntamente com diferentes partes interessadas (stakeholders).

Do ponto de vista das soluções para o consumidor, os produto e serviços precisam resolver tanto os problemas dos consumidores quanto os socioecológicos. Assim sendo, o que define um produto sustentável, é uma questão preocupante. Isto porque a resposta depende da análise, da capacidade de sustentabilidade dos recursos energéticos e materiais incorporados no produto, dos comportamentos sociais e ambientais de todas as empresas dentro da cadeia de suprimentos, como ela compra e utiliza, e o que acontece no final do seu ciclo de vida (BELZ; PEATTIE, 2010).

A sustentabilidade absoluta de um produto também dependerá da sustentabilidade da sociedade em que é produzido e consumido, uma vez que, em análise, um componente de um sistema é tão sustentável quanto o sistema do qual faz parte.

Assim sendo, a definição mais viável de produtos e serviços sustentáveis refere-se aqueles que oferecem soluções satisfatórias às necessidades dos consumidores e melhorias significativas no desempenho social e ambiental ao longo de todo o ciclo de vida do produto em comparação com as ofertas convencionais ou do concorrentes (PEATTIE, 1995). Esta definição enfatiza as seguintes características: satisfação do consumidor, foco nos aspectos sociais e ambientais, orientação do ciclo de vida, melhorias significativas e contínua em relação ao social e ambiental dos produtos e serviços e oferta (BELZ; PEATTIE, 2010).

Para Licina, Radtke e Johansson (2018), um produto ou serviço sustentável pode ser descrito como algo que satisfazer uma necessidade humana legítima e que não é prejudicial à saúde humana nem ao meio ambiente.

Desto modo, a obsolescência planejada precisa ser revertida e a vida útil dos produtos precisa ser alongada novamente (economia circular). Além da simpatia ambiental, os produtos devem ser seguros para uso dos consumidores e não representem ameaças à saúde (BELZ; PEATTIE, 2012).

 

José Austerliano Rodrigues. Especialista Sênior e Doutor em Sustentabilidade de Marketing UFRJ, com ênfase em Sustentabilidade e Marketing, com interesse em pesquisa em Sustentabilidade de Marketing e Comportamento do Consumidor Sustentável. E-mail: austerlianorodrigues@bol.com.br. 

 

in EcoDebate, ISSN 2446-9394, 20/08/2021

 

A manutenção da revista eletrônica EcoDebate é possível graças ao apoio técnico e hospedagem da Porto Fácil.

 

[CC BY-NC-SA 3.0][ O conteúdo da EcoDebate pode ser copiado, reproduzido e/ou distribuído, desde que seja dado crédito ao autor, à EcoDebate com link e, se for o caso, à fonte primária da informação ]

Inclusão na lista de distribuição do Boletim Diário da revista eletrônica EcoDebate, ISSN 2446-9394,

Caso queira ser incluído(a) na lista de distribuição de nosso boletim diário, basta enviar um email para newsletter_ecodebate+subscribe@googlegroups.com . O seu e-mail será incluído e você receberá uma mensagem solicitando que confirme a inscrição.

O EcoDebate não pratica SPAM e a exigência de confirmação do e-mail de origem visa evitar que seu e-mail seja incluído indevidamente por terceiros.

Remoção da lista de distribuição do Boletim Diário da revista eletrônica EcoDebate

Para cancelar a sua inscrição neste grupo, envie um e-mail para newsletter_ecodebate+unsubscribe@googlegroups.com ou ecodebate@ecodebate.com.br. O seu e-mail será removido e você receberá uma mensagem confirmando a remoção. Observe que a remoção é automática mas não é instantânea.

Top