Mudança climática responde por US$ 8 bi em perdas com o furacão Sandy

 

furacão Sandy
Furacão Sandu, em 28/10/2012. Imagem: NOAA/National Weather Service

Mudança climática responde por US$ 8 bi em perdas com o furacão Sandy

O aumento do nível do mar causado pelas emissões de carbono representou aproximadamente 13% (US$ 8,1 bilhões) dos US$ 62,7 bilhões em perdas com o furacão Sandy em Nova York, Nova Jersey e Connecticut, de acordo com um estudo publicado hoje (18/5) pela Nature Communications.

Por Cínthia Leone, ClimaInfo.

Os autores do estudo utilizaram reconstruções históricas e alternativas do nível do mar, além de simulações de inundações para determinar o quanto a mudança climática contribuiu para os danos infligidos pela tempestade de 2012.

Eles descobriram que o aquecimento causado pelo homem elevou o nível do mar na área de Nova York em cerca de quatro polegadas no século anterior à tempestade — o suficiente para estender a inundação costeira para o interior e aprofundar as águas de inundação em todos os lugares, aumentando os danos a estruturas submersas.

A estimativa de US$ 8,1 bilhões representa o ponto médio (percentil 50) na faixa de perdas atribuíveis à mudança climática causada pelo homem. O estudo constatou uma faixa de perdas que não poderia ser inferior a US$ 4,7 bilhões (5º percentil) nem superior a US$ 14,0 bilhões (95º percentil) causadas pela elevação do nível do mar ligada à emissão de gases de efeito estufa.

“A elevação do nível do mar causada pelo homem já está tornando cada enchente costeira mais destrutiva e cara”, afirma Benjamin Strauss, um dos autores do artigo e cientista-chefe, além de CEO do Climate Central, uma organização independente de pesquisa climática com sede nos Estados Unidos.

“Nossa abordagem pode ser aplicada a outras tempestades passadas ou futuras ou mesmo apenas às inundações de maré alta que estão se tornando tão comuns em todo o mundo”, explica o pesquisador.

“Este estudo é o primeiro a isolar os efeitos da elevação do nível do mar atribuíveis às atividades humanas e a colocar um sinal de dólar para os danos adicionais causados pelas inundações costeiras”, afirma Philip Orton, coautor do estudo e pesquisador do Stevens Institute of Technology, de New Jersey. “Se calculássemos os custos de todos os danos causados pelas inundações costeiras potencializadas pelas mudanças climáticas, isso deixaria mais claro os graves danos que estamos infligindo a nós mesmos e ao nosso planeta, aumentando a urgência para evitá-los”, avalia.

“À medida que os efeitos da mudança climática se tornam mais frequentes e mais severos, documentar o impacto humano (como fizemos aqui) é fundamental para entender e reduzir nossas contribuições adversas ao sistema climático”, diz o também autor do artigo Daniel Gilford, pesquisador da Universidade Rutgers e do Climate Central.

O estudo, Economic Damages from Hurricane Sandy Attributable to Sea Level Rise Caused by Anthropogenic Climate Change, Nature Communications (18 May, 2021) está publicado aqui: http://www.nature.com/articles/s41467-021-22838-1

 

Tags: Aquecimento Global; Mudanças Climáticas; Desastres Naturais

in EcoDebate, ISSN 2446-9394, 18/05/2021

 

A manutenção da revista eletrônica EcoDebate é possível graças ao apoio técnico e hospedagem da Porto Fácil.

 

[CC BY-NC-SA 3.0][ O conteúdo da EcoDebate pode ser copiado, reproduzido e/ou distribuído, desde que seja dado crédito ao autor, à EcoDebate com link e, se for o caso, à fonte primária da informação ]

Inclusão na lista de distribuição do Boletim Diário da revista eletrônica EcoDebate, ISSN 2446-9394,

Caso queira ser incluído(a) na lista de distribuição de nosso boletim diário, basta enviar um email para newsletter_ecodebate+subscribe@googlegroups.com . O seu e-mail será incluído e você receberá uma mensagem solicitando que confirme a inscrição.

O EcoDebate não pratica SPAM e a exigência de confirmação do e-mail de origem visa evitar que seu e-mail seja incluído indevidamente por terceiros.

Remoção da lista de distribuição do Boletim Diário da revista eletrônica EcoDebate

Para cancelar a sua inscrição neste grupo, envie um e-mail para newsletter_ecodebate+unsubscribe@googlegroups.com ou ecodebate@ecodebate.com.br. O seu e-mail será removido e você receberá uma mensagem confirmando a remoção. Observe que a remoção é automática mas não é instantânea.

Top