#EcoDebate: Índice da edição nº 3.395, de 17/03/2020

  Revista eletrônica EcoDebate, ISSN 2446-9394   As pandemias: uma questão de política ambiental, artigo de André Frota Groenlândia e Antártica estão derretendo seis vezes mais rápido do que nos anos 90 Os custos sociais de uma pandemia, que atinge grupos distintos de maneiras diferentes Lavar as mãos com sabão não está entre as possibilidades de bilhões de pessoas no mundo, alerta UNICEF O que o coronavírus tem a ver com as mudanças climáticas?   (adsbygoogle = window.adsbygoogle ||

As pandemias: uma questão de política ambiental, artigo de André Frota

  [EcoDebate] O trajeto do coronavírus (Covid-19) é ilustrativo da vulnerabilidade ambiental que se encontra a população mundial. Caso as teses sobre a origem do vírus sejam comprovadas, encontramos um rastro predatório e ilegal, que envolve redes de tráfico de animais silvestres e espécies ameaçadas de extinção. A trajetória ecológica do vírus revela essa cadeia e tem início nas populações de morcegos como seu hospedeiro original. As pesquisas recentes mostram, no entanto,

Groenlândia e Antártica estão derretendo seis vezes mais rápido do que nos anos 90

  Do Jet Propulsion Laboratory, NASA* Observações de 11 missões de satélite monitorando as camadas de gelo da Groenlândia e da Antártica revelaram que as regiões estão perdendo gelo seis vezes mais rápido do que na década de 1990. Se a atual tendência de derretimento continuar, as regiões estarão no caminho certo para coincidir com o "pior caso" do Painel Intergovernamental de Mudanças Climáticas (IPCC), com um aumento extra de 6,7 polegadas

Os custos sociais de uma pandemia, que atinge grupos distintos de maneiras diferentes

  Para antropóloga, coronavírus coloca em evidência problemas como desigualdade social e de gênero, e como lidamos com eles enquanto sociedade Por Matheus Souza, Jornal da USP Passageiros e funcionários circulam vestindo máscaras contra o novo coronavírus (covid-19) no Aeroporto Internacional Tom Jobim- Rio Galeão – Foto Fernando Frazão/Agência Brasil “Uma epidemia diz mais sobre nós mesmos do que sobre a própria doença”, diz a pesquisadora Denise Pimenta. Para ela, que é doutora em

Lavar as mãos com sabão não está entre as possibilidades de bilhões de pessoas no mundo, alerta UNICEF

  Lavar as mãos com sabão, quando feito corretamente, é fundamental na luta contra a doença provocada pelo novo coronavírus (COVID-19), mas bilhões de pessoas não têm acesso imediato a um lugar para lavar as mãos, disse o Fundo das Nações Unidas para a Infância na sexta-feira (13). No total, apenas três em cada cinco pessoas em todo o mundo têm instalações básicas para lavar as mãos, de acordo com os

O que o coronavírus tem a ver com as mudanças climáticas?

  IHU É verdade que a resposta global ao coronavírus levou a quedas significativas nas emissões de carbono em todo o mundo. Também é verdade que alguns especialistas estão dizendo que a resposta mostra o potencial para uma ação política radical diante de uma emergência. A reportagem é de Jesse Remedios, publicada em National Catholic Reporter, 12-03-2020. A tradução é de Moisés Sbardelotto. No entanto, não distorça essas afirmações. O coronavírus não é uma coisa boa. Seja para enfrentar a crise climática, seja para qualquer

Top
Betway Casino Roulette Image Banners
Betway Casino Roulette Image Banners