EcoDebate: Índice da edição nº 3.355, de 14/01/2020

  Revista eletrônica EcoDebate, ISSN 2446-9394   Ou as vacas de Bolsonaro na Amazônia, ou as uvas dos gaúchos no Sul, artigo de Roberto Malvezzi (Gogó) Mudanças climáticas aumentam o risco de incêndios florestais, confirma nova revisão de 57 artigos Espécies exóticas invadem áreas degradadas da Amazônia Alimentação pouco saudável começa muito cedo: bebês, crianças pequenas e açúcares adicionados PANCs: Projeto visa divulgar plantas alimentícias não convencionais   [CC BY-NC-SA 3.0][ O conteúdo da EcoDebate pode ser copiado, reproduzido

Ou as vacas de Bolsonaro na Amazônia, ou as uvas dos gaúchos no Sul, artigo de Roberto Malvezzi (Gogó)

  [EcoDebate] O governo Bolsonaro vai enviar projeto para liberar a pecuária, extrativismo mineral e cultivo de soja em territórios indígenas. O pretexto é sempre o desenvolvimento, geração de renda e emprego, essa trilogia mortal que é a permanente bandeira do mundo capitalista, inclusive o mais predador. Estudos comparativos já demonstram com absoluta solidez que a floresta amazônica em pé gera mais riqueza que as monoculturas empobrecedoras da população e da biodiversidade.

Mudanças climáticas aumentam o risco de incêndios florestais, confirma nova revisão de 57 artigos

    As mudanças climáticas induzidas pelo homem promovem as condições das quais os incêndios florestais dependem, aumentando sua probabilidade - de acordo com uma revisão de pesquisa sobre mudança climática global e risco de incêndios publicada ontem. À luz dos incêndios na Austrália, cientistas da Universidade de East Anglia (UEA), do Met Office Hadley Center, da Universidade de Exeter e do Imperial College de Londres, realizaram uma revisão de 57 artigos revisados

Espécies exóticas invadem áreas degradadas da Amazônia

    Caros(as) colegas, Uma surpresa comum é que ecossistemas perturbados frequentemente sustentam tantas (ou até mais) espécies quanto aquelas que são intocados. Por quê? A resposta é que ambientes perturbados, como os afetados pela exploração madeireira, mineração ou poluição, geralmente contêm muitas espécies exóticas ou não nativas que invadiram o ecossistema. O estudo Avian ecological succession in the Amazon: A long-term case study following experimental deforestation, que é bastante singular, mostra esse processo de

Alimentação pouco saudável começa muito cedo: bebês, crianças pequenas e açúcares adicionados

As principais fontes alimentares de açúcares adicionados para bebês incluem iogurte, lanches, doces e produtos de panificação doce. Para crianças pequenas, as principais fontes incluíam bebidas de frutas, produtos doces assados, açúcar e doces Por Márcia Wirth Um novo estudo publicado no Journal of the Academy of Nutrition and Dietetics descobriu que quase dois terços das crianças (61%) e quase todas as crianças (98%) consomem açúcar adicionado em suas dietas diárias, principalmente

PANCs: Projeto visa divulgar plantas alimentícias não convencionais

  Estudo da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO) mostra que o número de plantas consumidas pelo homem nos últimos cem anos se reduziu de 10 mil para apenas 170. No Brasil, apesar da riqueza e variedade de espécies encontradas na natureza, a demanda do mercado se concentra em algumas dezenas de itens, esquecendo milhares de outras espécies disponíveis. ABr Com base neste comportamento, desde 2013, o Departamento de

Top