Poluição do ar causada pelo fogo enfraquece a produtividade florestal

 

Novo estudo explorou os impactos ecológicos da poluição do ar causada pelo fogo

Institute of Atmospheric Physics, Chinese Academy of Sciences*

O fogo é um elemento importante do sistema da Terra. Todos os anos, os incêndios globais emitem diretamente 2 Pg C (bilhões de toneladas de carbono) na atmosfera, o que representa ~ 20% do total de emissões provenientes de atividades humanas. Além das emissões de carbono, as plumas de incêndio também geram poluentes atmosféricos, incluindo ozônio (O3 ) e aerossóis em modo fino (por exemplo, PM 2,5 , material particulado com menos de 2,5 m de diâmetro).

É bem sabido que esses poluentes do ar podem piorar a qualidade do ar nas regiões locais e a favor do vento. No entanto, não se sabe que eles também mudam o orçamento de carbono da terra, influenciando a fotossíntese de florestas não queimadas.

Recentemente, um novo estudo na Nature Communications explorou os impactos ecológicos da poluição do ar causada pelo fogo. Aumentos em O 3 e aerossóis têm impactos opostos na saúde das plantas. O O 3 é fitotóxico e reduz a fotossíntese de plantas, enquanto os aerossóis podem promover a fotossíntese aumentando a radiação difusa.

Não está claro quais são os impactos líquidos desses poluentes na biosfera do mesmo incêndio. Este estudo combinou três modelos de última geração e um conjunto completo de observações de locais terrestres, satélites e literatura, para quantificar os impactos líquidos do fogo O3 e aerossóis na produtividade primária bruta (GPP), uma métrica representando o total fotossíntese de florestas.

Os resultados mostram que a superfície O3 reduz o GPP global em 4,9 Pg C (3,6%) a cada ano, em que o O3 é responsável por ~ 20%. Em contraste, os aerossóis globais aumentam o GPP anual em 1,0 Pg C (0,8%) com contribuições de fogo de apenas 5%. O efeito de fertilização dos aerossóis de fogo é muito limitado, provavelmente porque as emissões de fogo geralmente ocorrem em florestas tropicais onde a densa nuvem mascara os efeitos do aerossol. Consequentemente, o efeito líquido de poluição do ar fogo é dominada por O 3 , deixando uma redução de 0,9 Pg C (0,6%) em GPP anual.

 

Perda indireta de carbono causada por fogo e aerossóis. (Imagem por YUE Xu)
Perda indireta de carbono causada por fogo e aerossóis. (Imagem por YUE Xu)

 

Regionalmente, a poluição do ar por incêndios causa maiores danos à produtividade florestal. Por exemplo, o grande incêndio de 2006 na Indonésia reduz o PIB local em 3,6%. Além disso, a poluição por incêndios pode causar impactos no transporte de longo alcance. Encontramos reduções de GPP de 0,6% no leste dos EUA e 0,5% no leste da China, onde os eventos de incêndio são muito limitados. Nessas regiões, o alto nível de O 3 nas atividades humanas proporciona um ambiente tão sensível que mesmo um leve aumento de O 3 por incêndios pode causar uma influência perceptível.

Esta nova pesquisa revela um caminho perdido de impactos de fogo no ciclo global de carbono. O dano à produtividade do ecossistema não ocorre apenas em regimes de fogo, mas também nas áreas a favor do vento, por meio do transporte de longo alcance da poluição do ar. “Tais impactos negativos podem exacerbar no futuro, já que as atividades de incêndio devem aumentar em um clima mais quente”. disse Yue Xu, o primeiro autor do estudo do Instituto de Física Atmosférica da Academia Chinesa de Ciências.

Referência:
Yue, X., and Unger, N.: Fire air pollution reduces global terrestrial productivity, Nature Communications, 2019. https://www.nature.com/articles/s41467-018-07921-4

 

* Tradução e edição de Henrique Cortez, EcoDebate

in EcoDebate, ISSN 2446-9394, 04/01/2019

"Poluição do ar causada pelo fogo enfraquece a produtividade florestal," in EcoDebate, ISSN 2446-9394, 4/01/2019, https://www.ecodebate.com.br/2019/01/04/poluicao-do-ar-causada-pelo-fogo-enfraquece-a-produtividade-florestal/.

 

[CC BY-NC-SA 3.0][ O conteúdo da EcoDebate pode ser copiado, reproduzido e/ou distribuído, desde que seja dado crédito ao autor, à EcoDebate e, se for o caso, à fonte primária da informação ]

Inclusão na lista de distribuição do Boletim Diário da revista eletrônica EcoDebate, ISSN 2446-9394,

Caso queira ser incluído(a) na lista de distribuição de nosso boletim diário, basta enviar um email para newsletter_ecodebate+subscribe@googlegroups.com . O seu e-mail será incluído e você receberá uma mensagem solicitando que confirme a inscrição.

O EcoDebate não pratica SPAM e a exigência de confirmação do e-mail de origem visa evitar que seu e-mail seja incluído indevidamente por terceiros.

Remoção da lista de distribuição do Boletim Diário da revista eletrônica EcoDebate

Para cancelar a sua inscrição neste grupo, envie um e-mail para newsletter_ecodebate+unsubscribe@googlegroups.com ou ecodebate@ecodebate.com.br. O seu e-mail será removido e você receberá uma mensagem confirmando a remoção. Observe que a remoção é automática mas não é instantânea.

Deixe uma resposta

Top