Índice da edição nº 2.911, 2018 [de 25/01/2018]

    Perda de biodiversidade e funcionalidades dos ecossistemas, Parte 3/3 (Final), artigo de Roberto Naime 14º Intereclesial das CEBs: realidade e perguntas que incomodam, artigo de Gilvander Moreira Metas globais de temperatura serão perdidas dentro de décadas, a menos que as emissões de carbono revertidas RJ: Após morte de botos-cinza, dragagem no Porto de Sepetiba é suspensa por 15 dias Em 2018, 118 macacos morreram no estado do Rio de Janeiro; Em 52% dos casos,

Perda de biodiversidade e funcionalidades dos ecossistemas, Parte 3/3 (Final), artigo de Roberto Naime

    [EcoDebate] Micael Jonsson, do Department of Ecology and Environmental Science, da Umea University, da Suécia, conclui a base da pertinente reflexão sobre as funcionalidades ecossistêmicas apresentada e comentada, que se finaliza. Explorar os mecanismos por trás dos efeitos da perda de biodiversidade é fundamentalmente importante se houver objetivo de compreender as conseqüências da rápida perda de biodiversidade atual. A complementaridade de nicho é freqüentemente utilizada como a explicação mais provável para os

14º Intereclesial das CEBs: realidade e perguntas que incomodam, artigo de Gilvander Moreira

14º Intereclesial das CEBs: realidade e perguntas que incomodam Gilvander Moreira1 Com o Tema “CEBs e os desafios do mundo urbano” e o Lema: “Eu vi ..., eu ouvi o clamor do meu povo (os oprimidos) e desci para libertá-los” (Ex 3,7), de 23 a 27 de janeiro de 2018, acontece em Londrina, no Paraná, o 14º Intereclesial das CEBs (Comunidades Eclesiais de Base). “Lá vem o trem das CEBs ...” há

Metas globais de temperatura serão perdidas dentro de décadas, a menos que as emissões de carbono revertidas

    University of Southampton* Novas projeções de pesquisadores das Universidades de Southampton e Liverpool e da Universidade Nacional Australiana em Canberra poderiam ser o catalisador em que o mundo buscou determinar a melhor forma de cumprir suas obrigações de reduzir as emissões de carbono e gerenciar melhor o aquecimento global conforme definido pela Paris Acordo. Em seu último artigo, publicado na edição de fevereiro de Nature Geoscience, o Dr. Philip Goodwin da Universidade

RJ: Após morte de botos-cinza, dragagem no Porto de Sepetiba é suspensa por 15 dias

  ABr A Comissão Estadual de Controle Ambiental (Ceca), vinculada à Secretaria de Estado do Ambiente do Rio de Janeiro, suspendeu por 15 dias as atividades de dragagem no Porto de Sepetiba, para aprofundar as investigações sobre a mortandade de botos na região. Falando ontem (24) à Agência Brasil, o presidente do Instituto Estadual do Ambiente (Inea), Marcus Lima, informou que a medida atende recomendação do Ministério Público Federal no estado (MPF-RJ) e foi tomada por precaução,

Em 2018, 118 macacos morreram no estado do Rio de Janeiro; Em 52% dos casos, os primatas foram mortos por espancamento ou envenenamento

    ABr Até o final da manhã de ontem (24), 118 macacos mortos este ano no estado do Rio de Janeiro foram levados para necrópsia no Instituto de Diagnóstico, Vigilância, Fiscalização Sanitária e Medicina Veterinária Jorge Vaitsman, na zona norte da capital fluminense. Em 52% dos casos, os primatas foram mortos por espancamento ou envenenamento, informou a subsecretária de Vigilância, Fiscalização Sanitária e Controle de Zoonoses da Secretaria Municipal de Saúde, Márcia Rolim. Em

MAPA DA DESIGUALDADE – 23 indicadores sobre sete temas-chave da realidade metropolitana do Rio de Janeiro

  Casa Fluminense* O Mapa da Desigualdade agrega 23 indicadores sobre sete temas-chave da realidade metropolitana do Rio de Janeiro: Mobilidade, Mercado de trabalho, Pobreza & Renda, Educação, Segurança Pública & Cidadã, Saúde e Saneamento Básico. Os dados são atualizados de acordo com a publicação mais recente por fontes oficiais. A visualização na forma de mapas ilustrados mostra os diferentes padrões de vida dos 12 milhões de residentes nos 21 municípios que compõem

Top