Índice da edição nº 2.740, 2017 [de 19/04/17]

    50 anos de feminismo na Argentina, Brasil e Chile, resenha por José Eustáquio Diniz Alves Febre amarela: problema de saúde pública e ambiental, artigo de Sérgio Lucena Mendes Recursos Hídricos na Comunidade de Triângulo: potencial de aproveitamento e gestão, por Adinoraide Oliveira dos Santos e Antonio Sousa Silva SBPC e ABC fazem manifesto alertando para as altas taxas de desmatamento do Cerrado MPF dá prazo para que Goiás apresente dados

50 anos de feminismo na Argentina, Brasil e Chile, resenha por José Eustáquio Diniz Alves

  “Por que privar as mulheres dos direitos de cidadania, em vez de deixá-las a liberdade de exercê-los pessoalmente?” Marquês de Condorcet, “Sur l’admission des femmes aux droits de Cité”, 1790 "O grau de emancipação das mulheres em uma sociedade é o termômetro geral através do qual se mede à emancipação geral". Charles Fourier, “Théorie des quatre mouvements”, 1808     [EcoDebate] O livro “50 Anos de Feminismo: Argentina, Brasil e Chile”, organizado pelas sociólogas

Febre amarela: problema de saúde pública e ambiental, artigo de Sérgio Lucena Mendes

    [EcoDebate] No final do século XVII, o médico português João Ferreira da Rocha foi enviado a Pernambuco para tratar os doentes da febre amarela e publicou, em 1694, o primeiro tratado sobre a doença. Ele descreveu com precisão os sintomas e sugeriu uma série de tratamentos, alguns duvidosos, é claro, diante da medicina atual. O que já se sabe desde aquela época é que a doença causa febre, calafrios, náuseas, vômito,

Recursos Hídricos na Comunidade de Triângulo: potencial de aproveitamento e gestão, por Adinoraide Oliveira dos Santos e Antonio Sousa Silva

    Adinoraide Oliveira dos Santos Aluna do Programa de Pós-Graduação Latu Sensu em Desenvolvimento Sustentável no Semiárido com ênfase em Recursos Hídricos Antonio Sousa Silva Professor do IF Baiano, Campus Senhor do Bonfim SINOPSE O uso racional da água é uma preocupação global e deve ser redobrada em regiões semiáridas. Sobretudo na região nordeste do Brasil, o acesso a água é, em geral, bastante limitado, seja por condições climáticas ou pela falta de infraestrutura

SBPC e ABC fazem manifesto alertando para as altas taxas de desmatamento do Cerrado

    As entidades alertam para as altas taxas de desmatamento e pedem urgência na implementação de políticas públicas de proteção ao bioma A SBPC e a Academia Brasileira de Ciências (ABC) divulgaram nesta segunda-feira, 17, um manifesto para alertar o Governo Federal, os Governos Estaduais e toda a sociedade, para as altas taxas de desmatamento do Cerrado, que ameaçam sua sobrevivência. Na nota, as entidades afirmam que é fundamental que as duas

MPF dá prazo para que Goiás apresente dados sobre ampliação do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros

  ABr   O Ministério Público Federal (MPF) instaurou um procedimento administrativo de acompanhamento para cobrar do governo de Goiás uma solução para o impasse sobre a ampliação do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, uma das principais unidades de conservação do Cerrado. O governo federal, por meio do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), quer ampliar o parque dos atuais 65 mil hectares para 222 mil hectares, segundo critérios de proteção

Capes financia projetos de recuperação de áreas afetadas pelo rompimento da Barragem de Fundão, em Mariana

    O trabalho começou a ser desenvolvido poucos dias após o rompimento da Barragem de Fundão, em Mariana, que afetou a bacia com toneladas de rejeitos de mineração Uma equipe de pesquisa da Universidade Federal de Viçosa (UFV) tem recuperado as áreas de cultivo degradadas pelo rompimento da Barragem de Fundão, em Mariana (MG), sem retirar os rejeitos. O projeto é um dos 16 contemplados pelo edital da Coordenação de Aperfeiçoamento de

Um em cada dez estudantes no Brasil é vítima frequente de bullying nas escolas

    No Brasil, aproximadamente um em cada dez estudantes é vítima frequente de bullying nas escolas. São adolescentes que sofrem agressões físicas ou psicológicas, que são alvo de piadas e boatos maldosos, excluídos propositalmente pelos colegas, que não são chamados para festas ou reuniões. O dado faz parte do terceiro volume do Programa Internacional de Avaliação de Estudantes (Pisa) 2015, dedicado ao bem-estar dos estudantes. O relatório é baseado na resposta de

Top