Índice da edição nº 2.662, 2016 [06/12/2016]

    Novo desenvolvimentismo, parte 1/3, artigo de Roberto Naime EUA: A vitória do populismo, uma reflexão do noticiário da TV alemã, por Johannes Gierse Estudo inédito da Coppe/UFRJ aponta para a necessidade de alternativas sustentáveis de transporte Nações precisam levar a sério a perda da biodiversidade, senão arriscam não alcançar as metas globais Informação e mobilização podem dar um basta à indústria do fraturamento hidráulico (Fracking) na América Latina Human footprint & strange species / Pegada

Novo desenvolvimentismo, parte 1/3, artigo de Roberto Naime

    [EcoDebate] OREIRO (2012) destaca os fundamentos teóricos do novo-desenvolvimentismo, em particular a concepção subjacente a respeito da natureza do crescimento econômico de longo prazo e o papel que a política macroeconômica tem na promoção dessa estratégia de "alcançamento". O novo-desenvolvimentismo é um conceito desenvolvido no Brasil a partir dos trabalhos de BRESSER-PEREIRA (2006), sendo definido como um conjunto de propostas de reformas institucionais e de políticas econômicas, por meio das quais

EUA: A vitória do populismo, uma reflexão do noticiário da TV alemã, por Johannes Gierse

A VITÓRIA DO POPULISMO - UMA REFLEXÃO DO NOTICIÁRIO DA TV ALEMÃ EM 3 PARTES Jornalista Pinar Atalay: O novo é muito diferente dos presidentes anteriores dos EUA. E é exatamente este o motivo pelo qual muitos americanos votaram nele. E a metade do eleitorado enxerga nele um salvador que fala palavras claras e, finalmente, combate os descasos. Até mesmo aquelas pessoas aos quais Trump tinha atacado fortemente: boa parte das

Estudo inédito da Coppe/UFRJ aponta para a necessidade de alternativas sustentáveis de transporte

    No amplo cenário das mudanças climáticas, o setor de transporte é um dos que mais preocupa e exige mudanças rápidas. Em 2010, foi responsável pela emissão de 7,0 GtCO2 no mundo. Recente estudo apresentado na COP22, em Marrakech, elaborado pela Coppe/UFRJ, em parceria com a Shell, analisa alternativas sustentáveis para o transporte rodoviário, usando como parâmetro os projetos de mobilidade adotados no campus Cidade Universitária, da Universidade Federal do Rio

Nações precisam levar a sério a perda da biodiversidade, senão arriscam não alcançar as metas globais

    Confrontados com o enorme declínio da natureza, os governos precisam vir para a próxima reunião da Convenção sobre Diversidade Biológica (CDB) preparados para colocar em execução, com urgência, seus compromissos coletivos com a conservação da biodiversidade global e elevar bastante suas aspirações individuais. A reunião acontece no momento em que o ritmo adotado pelas nações indica que as metas da biodiversidade, acordadas internacionalmente para serem alcançadas até o fim desta

Informação e mobilização podem dar um basta à indústria do fraturamento hidráulico (Fracking) na América Latina

  É preciso ainda congelar qualquer tipo de investimento em combustíveis fósseis se quisermos evitar os devastadores impactos das mudanças climáticas   Ainda há muito a fazer para tornar a Argentina e a América Latina livres do fraturamento hidráulico, tecnologia altamente poluente usada para a exploração do gás de xisto do subsolo também conhecida como FRACKING, que está contaminando a água e o ar, prejudicando a economia e a saúde das pessoas e

Human footprint & strange species / Pegada humana e espécies desconhecidas

    Olá a todos, Aqui estão dois novos artigos populares que podem ser de interesse. O primeiro ( footprint-australasian-science-2016  ) é um resumo rápido e fácil de ler, de artigos recentes na Nature Communications e Current Biology, sobre a expansão da pegada humana global e áreas de áreas de extinção, escritas por mim e James Watson. É o tipo de texto que seria útil para os alunos ou um colega não-cientista. O segundo artigo,

Assustado com Donald Trump? Você não sabe a metade, por George Monbiot

    IHU   "Como de costume, a esquerda e o centro (eu incluso) estão se debatendo sobre onde erraram. Há muitas respostas, mas uma delas é a de que simplesmente não gastamos além da conta. Com alguns bilhões de dólares empregues na persuasão, teríamos conseguido tudo o que desejamos. Ativistas genuínos, trabalhando em seu tempo livre, não têm condições de se igualar a uma rede profissional composta por milhares de pessoas bem remuneradas

Top