Hollywood te quer, artigo de Montserrat Martins

 

opiniao

 

[EcoDebate] Hollywood está presente na sua vida, no seu modo de pensar, no que você deseja. Nas suas compras, no seu voto e até nos seus relacionamentos. Não, não é uma conspiração dos “Illuminati”, é uma técnica de comunicação que está presente no século XXI em todas as áreas da vida social e privada.

Que técnica é essa e como chegamos a esse ponto? Por motivos práticos, os roteiristas de Hollywood precisavam descobrir o que “prendia a atenção” das pessoas e foram criando essas técnicas, registrando as que “funcionavam”, que hoje estão em dezenas de livros sobre técnicas de roteiro de cinema. A Propaganda e o Marketing, ciências que necessitam chamar a atenção do público, passaram naturalmente a seguir tais técnicas.

A essência desse método não é falar ao racional, mas ao emocional. As pessoas não gostam de ser “persuadidas”, gostam de ser “envolvidas”. Interpretamos os fatos não por meras palavras, mas ao “assistirmos” esses fatos numa sequência de gestos, imagens, com expressões emocionais. Essas técnicas não são da Psicologia ou Psiquiatria, mas do Cinema. Um livro imperdível para você compreender como isso funciona é Teoria e Prática do Roteiro, de David Howard e Edward Mabley.

Para você desejar um produto, outras pessoas são mostradas desejando aquele produto. Para você se identificar com uma pessoa, existe o “mito do herói”, no que se chama da “construção do personagem”. Na essência do protagonista está uma “história de superação”, a pessoa tem de enfrentar obstáculos, condições desfavoráveis, lutar contra preconceitos, superar limites, é uma luta social e interna ao mesmo tempo. Ninguém explica isso melhor do que Christopher Vogler em A Jornada do Escritor, onde ensina os roteiristas a criar “a jornada do herói”.

Quando você compra um produto, vota em alguém ou se interessa por conversar com alguém, estão presentes ali, de alguma forma, esses elementos. Nossa admiração, nosso interesse e nosso desejo estão envolvidos por essa cultura do “protagonista” que desafia os obstáculos para vencer no final. Não precisam ser batalhas “intelectuais”, a Geisy Arruda ficou famosa ao ser hostilizada numa faculdade, acusada de se expor na forma de vestir, ganhando desafetos e defensores.

Seja qual for o conteúdo, o método de comunicação é o mesmo. No impeachment, os dois lados usaram discursos “hollywoodianos”, para que o espectador se identificasse. Em setembro, até as eleições de outubro, você ouvirá várias histórias de superação, em busca do seu voto. O método de Hollywood pode ser usado para o bem ou para o mal (como toda ciência, depende em que mãos está) , mas é o que funciona. Agora, Hollywood quer seu voto.

Montserrat Martins, Colunista do Portal EcoDebate, é médico psiquiatra, bacharel em Ciências Jurídicas e Sociais e ex-presidente do IGS – Instituto Gaúcho da Sustentabilidade.

 

in EcoDebate, 05/09/2016

[cite]

 

[CC BY-NC-SA 3.0][ O conteúdo da EcoDebate pode ser copiado, reproduzido e/ou distribuído, desde que seja dado crédito ao autor, à Ecodebate e, se for o caso, à fonte primária da informação ]

Inclusão na lista de distribuição do Boletim Diário da revista eletrônica EcoDebate

Caso queira ser incluído(a) na lista de distribuição de nosso boletim diário, basta enviar um email para newsletter_ecodebate+subscribe@googlegroups.com . O seu e-mail será incluído e você receberá uma mensagem solicitando que confirme a inscrição.

O EcoDebate não pratica SPAM e a exigência de confirmação do e-mail de origem visa evitar que seu e-mail seja incluído indevidamente por terceiros.

Remoção da lista de distribuição do Boletim Diário da revista eletrônica EcoDebate

Para cancelar a sua inscrição neste grupo, envie um e-mail para newsletter_ecodebate+unsubscribe@googlegroups.com ou ecodebate@ecodebate.com.br. O seu e-mail será removido e você receberá uma mensagem confirmando a remoção. Observe que a remoção é automática mas não é instantânea.

Top