nº 2.385, 2015 [21/09/2015]

    Só pra lembrar, Estado e Governo não são sinônimos, artigo de Montserrat Martins Resíduos sólidos: prorrogar lixões revela um Brasil atrasado, artigo de Sucena Shkrada Resk Incentivo escasso: por que ainda se investe pouco no setor de energia renovável no Brasil? artigo de Marcelo Dias Freitas Oliveira Pedagogia Social pode ajudar os setores populares excluídos A questão da saúde na COP21. Entrevista com Gustavo Tenório Cunha Painéis de aquecimento solar e fotovoltaicos: entenda a diferença COP21

Só pra lembrar, Estado e Governo não são sinônimos, artigo de Montserrat Martins

    [EcoDebate] Se uma criança faltar aulas uma semana, sua família recebe uma visita do serviço social. Isso na Inglaterra, onde também é exemplar o serviço de saúde comunitário, que não corre risco de parar quando muda o governo, pois já está incorporado como uma política pública de Estado. Faz muita falta ao Brasil essa cultura de diferenciar o governo do Estado, pois aqui prevalece a prática personalista de cada governo mudar

Resíduos sólidos: prorrogar lixões revela um Brasil atrasado, artigo de Sucena Shkrada Resk

    A discussão sobre a gestão dos resíduos sólidos no Brasil revela a fragilidade que vivemos em nosso país. A Política Nacional (Lei  12305, de 2010), que veio com um arcabouço importante, foi perdendo força com o passar do tempo, em vários aspectos, por causa da ineficiência do modelo de governabilidade que vivemos.  As questões de infraestrutura vão sendo empurradas  para depois. Dia 2 de agosto do ano passado, hipoteticamente, seria uma

Incentivo escasso: por que ainda se investe pouco no setor de energia renovável no Brasil? artigo de Marcelo Dias Freitas Oliveira

    [EcoDebate] Há pouco tempo a Google criou um incrível sistema que calcula o potencial que os telhados das residências e prédios dos mais diversos têm para captar energia solar. Chamado Google Sunroof, o software simula os painéis que seriam instalados por meio das imagens que já capta pelo serviço "Earth". Chama grande atenção a iniciativa da empresa privada pois nem mesmo os governos engendram tal esforço para fazer com que seus

Pedagogia Social pode ajudar os setores populares excluídos

jornalismo colaborativo

Brasil: “Pedagogia Social pode ajudar os setores populares excluídos, pelas perspectivas gramsciana e freireana “ – V Congresso internacional de Pedagogia Social Por Cristiano Morsolin*, para o EcoDebate De 1 a 3 de setembro se desenvolveu na Universidade Federal do Espirito Santo (UFES) e Instituto Federal do ES (IFES) o V Congresso Internacional de Pedagogia Social (1). Foram apresentados 130 trabalhos de pesquisa de mestrandos e doutorandos de inúmeras universidades brasileiras. O

A questão da saúde na COP21. Entrevista com Gustavo Tenório Cunha

    A seguir, uma entrevista realizada por Laís Vitória Cunha de Aguiar, com o médico doutor em Saúde Pública pela Unicamp, autor de ‘Atenção na Saúde Básica”: Dr. Gustavo Tenório Cunha, sobre as relações entre os problemas climáticos e a saúde da população. E: Como médico e especialista em saúde pública no Brasil, como você espera que a questão da saúde seja abordada no documento final da COP 21? Gustavo Tenório Cunha: “A

Painéis de aquecimento solar e fotovoltaicos: entenda a diferença

Com a crise energética, o Brasil se volta cada vez mais para a energia limpa e constante que vem do sol. Temos o privilégio de viver em um país tropical, onde a incidência de raios solares é forte durante todo o ano e isso faz a diferença quando o assunto é economia de energia. No mercado, há dois tipos de tecnologias que utilizam a luz do sol para produzir energia: os

COP21 e as dificuldades de um acordo num período conturbado. Entrevista com Luiz Pinguelli Rosa

seca

  “É preciso um acordo de longo prazo e com metas dos principais emissores, que são, em primeiro lugar, os países industrializados, tendo à frente os Estado Unidos; em segundo lugar, um conjunto de países intermediários, tendo à frente a China, incluídos entre eles o Brasil, além da Índia”, menciona o Secretário Executivo do Fórum Brasileiro de Mudanças Climáticas. Foto: Envolverde   A 21ª Conferência das Partes da Convenção das Nações Unidas sobre Mudanças

SC: MPF ajuíza procedimento contra carbonífera por crime ambiental

notícia

    Empresa agiu de forma negligente dando causa a poluição dos rios Rocinha e Tubarão O Ministério Público Federal em Criciúma (SC) ajuizou Procedimento do Juizado Especial Criminal em desfavor da Carbonífera Catarinense Ltda., da sua sócia-administradora, Astrid Barato, e dos engenheiros Paulo Felipe de Mello e José Carlos Franco Costa. O procedimento é resultado de investigação instaurada após os fatos da noite de 25 de novembro de 2014, quando houve o

PEC 215: Ameaça aos direitos de povos indígenas e ao meio ambiente

Além da ameaça aos direitos de povos indígenas, a PEC 215/00 poderá também prejudicar o equilíbrio ecológico e climático da Amazônia A atual conjuntura política coloca em xeque os direitos dos povos indígenas no Brasil. A perda desses direitos não atinge só os povos indígenas, mas toda a sociedade brasileira. Em estudo desenvolvido pelo Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia (IPAM), é destacada a importância das Terras Indígenas (TIs) da Amazônia

Seminário Nacional reunirá pescadores, governo e pesquisadores para discutirem o Ordenamento da Pesca Artesanal no Brasil

interesse público

    Movimentos em defesa da pesca artesanal pressionarão o governo para a construção de um sistema de Ordenamento que considere as comunidades pesqueiras. De 22 a 25 de setembro, acontecerá em Brasília o Seminário Nacional de Ordenamento da Pesca Artesanal. A iniciativa é uma conquista dos movimentos em defesa da pesca artesanal no Brasil que depois de fortes incidências conseguiram o apoio do Ministério do Meio Ambiente (MMA) e do Ministério da

Top