Estoicos e epicuristas, novos e velhos, artigo de Efraim Rodrigues

 

consumindo o planeta

[EcoDebate] Estoicismo quer dizer resignar-se diante de um sofrimento. Estóico é aquele que engole o sapo quieto, mas a origem da palavra é diversa. Estoicismo é uma corrente filosófica grega que propõe uma vida de acordo com a natureza e que atribui grande valor ao estudo e ao conhecimento. A parte do sofrimento foi marketing dos epicuristas, que consideram o frugalismo um grande sofrimento.

Lembro de uma propaganda na última vez que assisti TV, há meses. Uma dupla caipira falava da saudade do campo, e quando a câmara abria, os mostrava em um grande barco, enquanto eles cinicamente repetiam Oh Saudade…

Há umas duas décadas, eu já falava em sala de aula sobre abdicar de consumir, e notava um grande desconforto. Afinal, acumular dinheiro e bens é nossa suma finalidade, e para isso vale tudo, até mesmo trabalhar, não é ?

Muitos ainda estão nesta, mas já há também muita gente percebendo que estar sempre atrás de mais talvez não seja um bom uso para a única vida que temos. Mais além, alguns até já enxergam o esgotamento de recursos naturais que isto causa.

Recentemente contamos também com exemplos vindos de cima, o papa que andava de ônibus e que agora usa um carrinho básico, o ex presidente do Uruguai que mora em um sítio simples, um monte de gente morando por opção em casas minúsculas, as tiny houses, para ter menos e viver mais.

Um exemplo menos conhecido é o do apresentador Silvio Santos que diverte-se vivendo como desconhecido nos EUA, onde pode ir ao supermercado e cozinhar. Precisava ter tanto dinheiro para viver como qualquer um de nós?

O estilo simples de vida tem tanto apelo que muitos querem parecer, mesmo não conseguindo. Sêneca talvez tenha sido o primeiro deles, mas não o único. O Príncipe Charles também fala sobre um modo de vida simples, mas sua vida está longe disto. Mesmo sendo hipócrita, o “faça o que eu falo” tem seus benefícios porque termina inspirando muitas pessoas, ou seja muitos terminam assim mesmo praticando.

Ainda pior que a degradação planetária trazida pelo desejo de ter sempre mais, é ver o desperdício de tantas vidas que poderiam ter sido mais felizes.

Efraim Rodrigues, Ph.D. (efraim@efraim.com.br), Colunista do Portal EcoDebate, é Doutor pela Universidade de Harvard, Professor Associado de Recursos Naturais da Universidade Estadual de Londrina, consultor do programa FODEPAL da FAO-ONU, JICA e Vale, autor dos livros Biologia da Conservação e Histórias Impublicáveis sobre trabalhos acadêmicos e seus autores e Ecologia da Restauração, finalista do 56º Prêmio Jabuti 2014. Nos fins de semana ajuda escolas do Vale do Paraíba-SP, Brasília-DF, Curitiba e Londrina-PR a transformar lixo de cozinha em adubo orgânico.

 

Publicado no Portal EcoDebate, 06/07/2015

[cite]


[ O conteúdo do EcoDebate pode ser copiado, reproduzido e/ou distribuído, desde que seja dado crédito ao autor, ao EcoDebate e, se for o caso, à fonte primária da informação ]

Inclusão na lista de distribuição do Boletim Diário do Portal EcoDebate

Caso queira ser incluído(a) na lista de distribuição de nosso boletim diário, basta enviar um email para newsletter_ecodebate+subscribe@googlegroups.com . O seu e-mail será incluído e você receberá uma mensagem solicitando que confirme a inscrição.

O EcoDebate não pratica SPAM e a exigência de confirmação do e-mail de origem visa evitar que seu e-mail seja incluído indevidamente por terceiros.

Remoção da lista de distribuição do Boletim Diário do Portal EcoDebate

Para cancelar a sua inscrição neste grupo, envie um e-mail para newsletter_ecodebate+unsubscribe@googlegroups.com ou ecodebate@ecodebate.com.br. O seu e-mail será removido e você receberá uma mensagem confirmando a remoção. Observe que a remoção é automática mas não é instantânea.

Alexa

Top