Portal EcoDebate: Índice da edição nº 2.304, de 15/05/2015

    Especismo, Ecocídio e a degradação da Grande Barreira de Corais, artigo de José Eustáquio Diniz Alves Pesquisadores de Sergipe desenvolvem floresta para atrair abelhas e restaurar áreas do semiárido Prefeitura de Florianópolis não poderá conceder alvará em área de preservação na Praia Brava Uso combinado de agrotóxicos não é avaliado na prática. Entrevista com Karen Friedrich 'O resíduo se renova, enquanto o catador se desgasta'. Entrevista especial com Tanyse Galon

Especismo, Ecocídio e a degradação da Grande Barreira de Corais, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

    [EcoDebate] A Grande Barreira de Coral é considerada a maior estrutura do mundo feita unicamente por organismos vivos. Trata-se de uma imensa faixa de corais composta por cerca de 1900 recifes, 60 ilhas e 100 atóis de coral, situada entre as praias do nordeste da Austrália e Papua-Nova Guiné, que possui 2.900 quilômetros de comprimento, com largura variando de 30 km a 740 km. As estruturas dos recifes são compostas por

Pesquisadores de Sergipe desenvolvem floresta para atrair abelhas e restaurar áreas do semiárido

    Por Edna Ferreira / Jornal da Ciência - SBPC Projeto Floresta Apícola quer ajudar também na geração de renda de forma sustentável As abelhas são um dos insetos mais importantes para a natureza e para a humanidade. Os cientistas estimam que elas são responsáveis por quase 80% da polinização das plantas cultivadas do planeta. A polinização é um processo importante na formação de frutos em diversas plantas, que se transformam em alimento

Prefeitura de Florianópolis não poderá conceder alvará em área de preservação na Praia Brava

    Em liminar, Justiça Federal determinou que município deve enquadrar áreas de preservação permanente A Justiça Federal concedeu liminar favorável ao Ministério Público Federal em Santa Catarina (MPF/SC) em ação civil pública (ACP) que trata de construções irregulares na orla da Praia Brava, em Florianópolis. Com a decisão, o município foi condenado a enquadrar, imediatamente, as áreas de restinga, manguezal, mata ciliar, curso d'água e faixa de praia da orla marítima da

Uso combinado de agrotóxicos não é avaliado na prática. Entrevista com Karen Friedrich

  “Temos notificados quase 100% de casos de intoxicação aguda, os quais ocorrem logo após a exposição de agrotóxicos”, informa a toxicologista. Foto: sinaisdoreino.com.br   A atualização do Dossiê da Abrasco referente aos alimentos contaminados por agrotóxicos, não só indica que 70% dos alimentos analisados foram cultivados com o uso de inseticidas, como informa que o glifosato, “o agrotóxico mais usado no Brasil”, não foi analisado nos testes e, portanto, a expectativa é de

‘O resíduo se renova, enquanto o catador se desgasta’. Entrevista especial com Tanyse Galon

  “Na medida em que os catadores e catadoras buscam a sobrevivência por meio da coleta de recicláveis, dando uma característica de mercadoria ou produto vendável a algo que não tinha mais valor, eles vivenciam nesse processo várias cargas de trabalho e desgaste da saúde física e mental”, constata a enfermeira. Foto: Portal EcoDebate “Embora o trabalho dos catadores seja enaltecido pelas vantagens ambientais que proporciona, tal discurso fica apenas no campo da

Como chegar a ‘zero emissões’ de CO2 em 2100?

    Por Lúcia Müzell, da RFI Organismos internacionais como a ONU ou o Banco Mundial têm ressaltado a importância de se chegar um nível zero de emissões de gases de efeito estufa até 2100. O objetivo, alertam os especialistas, seria fundamental para limitar o aumento da temperatura do planeta a menos de 2°C, devido às mudanças climáticas. A meta parece inatingível, mas pode ser alcançada graças à transição energética e tecnológica rumo a

Videocast: Ecos da Escravidão

Por três séculos, o Brasil conheceu uma única forma de mão de obra: negros africanos escravizados. Algemas e correntes na Fazenda Santa Clara, no Vale do Paraíba Historiadora Sidneia dos Santos, na Igreja de Santa Efigênia, em Ouro Preto (MG).Fosse nos engenhos de açúcar, nas lavouras de café ou na mineração, o serviço pesado estava nas mãos dos cativos. A economia brasileira do período colonial e imperial era fundamentada nessa exploração desumana. Quase

Top