Portal EcoDebate: Índice da edição nº 2.093, de 09/06/2014

    As redes nas vilas, artigo de Montserrat Martins UTI ambiental: doenças de instituições públicas, artigo de Osvaldo Ferreira Valente Programa Agricultura de Baixo Carbono desembolsou apenas 53% do previsto para o ano-safra 2013-2014 Ibama realiza operação de fiscalização para coibir o comércio ilegal de carvão e proteger Cerrado e Caatinga Câmara aprova mudança em aplicação de multas ambientais Território, autodeterminação e agroecologia resumem o desejo dos povos tradicionais do Cerrado

As redes nas vilas, artigo de Montserrat Martins

    [EcoDebate] A novidade do século não é a tecnologia da informação, que existe há décadas, é a sua veloz popularização. Se engana quem ainda acha que é fenômeno de classe média, o povo está se apropriando rapidamente dos novos instrumentos e isso muda conceitos sociológicos muito antigos, do povão como um eterno “alienado” à mercê da manipulação das elites econômicas, midiáticas, culturais e político-partidárias. Um fato marcante, quando fui voluntário numa

UTI ambiental: doenças de instituições públicas, artigo de Osvaldo Ferreira Valente

    [EcoDebate] As opiniões que vou emitir neste artigo refletem a sensação de um observador da cena ambiental no país durante os últimos cinquenta anos. Não estou interessado nos ritos processualistas e nem nas hierarquias que são tão cultivadas por aqui. O que me incomoda é o grande número de instituições públicas teoricamente ligadas às questões ambientais e que não conseguem ser eficientes. Há muita superposição de funções, na prática, que

Programa Agricultura de Baixo Carbono desembolsou apenas 53% do previsto para o ano-safra 2013-2014

  Até abril, o programa liberou R$ 2,3 bilhões     O Programa ABC registrou uma queda nos desembolsos em 2013/14, aplicando apenas 53 % dos 4,5 bilhões previstos, a dois meses do fim do ano-safra. Até abril deste ano, R$ 2,36 bilhões foram aplicados nas ações do programa, contra R$ 2,99 bilhões em 2012/13. Isso sinaliza que o ano-safra deve fechar com uma queda na aplicação do recurso para mitigação de emissões de

Ibama realiza operação de fiscalização para coibir o comércio ilegal de carvão e proteger Cerrado e Caatinga

  Foi deflagrada, no dia 5/6, a operação Metástase com o objetivo de coibir o uso de carvão ilegal na cadeia produtiva de ferro-gusa proveniente dos biomas Cerrado e Caatinga. A operação é um esforço conjunto do Ibama, da Polícia Federal e do Ministério Público Federal durante mais de um ano de investigação. O esquema principal dos infratores consistia em obter autorizações irregulares concedidas por órgãos estaduais de meio ambiente para

Câmara aprova mudança em aplicação de multas ambientais

    TV Câmara Moreira Mendes apresentou parecer favorável ao projeto. A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania da Câmara dos Deputados aprovou na terça-feira (3) projeto que redefine a aplicação do dinheiro arrecadado com multas por infrações ambientais. Como o projeto foi aprovado em caráter conclusivo, será enviado ao Senado, a não ser que haja recurso para votação em Plenário. O texto aprovado é o substitutivo da Comissão de Meio Ambiente e

Território, autodeterminação e agroecologia resumem o desejo dos povos tradicionais do Cerrado

  Lista sintetiza extensa pauta para enfrentar as pressões  do agronegócio, da mineração e do próprio governo. Foto: Davi Mello Os povos e comunidades tradicionais do Cerrado encerraram neste domingo em Brasília um encontro que desde o dia 5 de  junho reuniu cerca de 700 líderes representantes dessas populações. Ao final do evento, eles aprovaram uma pauta curta e incisiva com três pontos básicos: acesso à terra e aos territórios, reconhecimento e valorização

Países ricos devem investir no combate a mudanças climáticas, dizem entidades

  Os países ricos precisam fixar um preço para o carbono, uma taxa, um imposto, defendeu Rachel Kyte, do Banco Mundial. Foto: Agência Brasil/Arquivo  Especialistas, cientistas e instituições comprometidas em debater mudanças climáticas são unânimes em defender que é preciso investimentos das nações mais desenvolvidas em ações que reduzam os impactos do aquecimento global. “Temos que mudar rápido e temos oportunidade para utilizar nossas energias de conhecimento e financeiras para ajudar os países

Elevação do nível do mar ameaça sobretudo pequenos Estados insulares

  Nível do mar aumenta mais rápido nesses locais do que no resto do mundo, colocando setores essenciais, como pesca e turismo, em risco. No Dia Mundial do Meio Ambiente, ONU pediu ações imediatas para barrar tendência. Como consequência do aquecimento global, o nível do mar está aumentando até quatro vezes mais nos 52 Pequenos Estados Insulares em Desenvolvimento (PEID) do que no restante do mundo, revelou o Programa das

Baía de Guanabara não estará totalmente limpa para Olimpíadas, reconhece o prefeito, Eduardo Paes

  Competições de vela ocorrerão em parte menos poluída da baía, afirma Paes O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, afirmou neste sábado que não será possível limpar a Baía de Guanabara até 2016, quando o local receberá as competições de vela durante as Olimpíadas. O Brasil havia assumido o compromisso de reduzir a poluição da baía em 80% até o evento. De acordo com a agência de notícias Associated Press, Paes lamentou

Cartilha busca resgatar e valorizar a cultura Tupi Guarani

  Os mais velhos explicam aos estudantes em expedição fotográfica realizada pela Comissão Pró-Índio. Foto Carlos Penteado   A Comissão Pró-Índio de São Paulo e os professores da Aldeia Indígena de Piaçaguera lançam, no próximo dia 11 de junho, a cartilha Ywyrá Rogwé/ Ywyrá Rapó - Djaroypy Djiwy Nhanémoã Nhanderekó Tupi Guarani (“Plantas e Raízes: Resgatando a medicina tradicional Tupi-Guarani"). O lançamento será a partir das 10h na escola da aldeia Piaçaguera, em

Brasileiros têm o desafio de manter vacinas em dia, diz especialista

  O Brasil tem um dos melhores programas de imunização do mundo, mas a população ainda não tem o costume de manter o calendário de vacinação atualizado. A avaliação é da presidente da Comissão de Revisão de Calendários da Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm), Isabella Ballalai, na véspera do Dia Nacional da Imunização, comemorado nesta segunda-feira (9). “O brasileiro costuma se preocupar com a doença apenas quando ela assusta. É justamente o caso

Top