No Nordeste, cisternas serão usadas na produção de alimentos

 

O ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome e a Articulação no Semiárido Brasileiro, discutiram ações conjuntas dentro da meta do Plano Brasil Sem Miséria para beneficiar 750 mil famílias da região Nordeste com água potável para produção de alimentos. Foi acertada a liberação de 6 milhões e meio de reais na parceria para construção de cisternas destinadas ao uso na agricultura, conhecidas como “segunda água”. A repórter Beatriz Arcoverde conversou com o coordenador executivo da Articulação no Semiárido Brasileiro, Neidson Batista, sobre os benefícios da construção de cisternas para a população. Acompanhe a entrevista.

Beatriz Arcoverde, da Radioagência Nacional

EcoDebate, 29/12/2011

[ O conteúdo do EcoDebate é “Copyleft”, podendo ser copiado, reproduzido e/ou distribuído, desde que seja dado crédito ao autor, ao Ecodebate e, se for o caso, à fonte primária da informação ]

Inclusão na lista de distribuição do Boletim Diário do Portal EcoDebate
Caso queira ser incluído(a) na lista de distribuição de nosso boletim diário, basta clicar no LINK e preencher o formulário de inscrição. O seu e-mail será incluído e você receberá uma mensagem solicitando que confirme a inscrição.

O EcoDebate não pratica SPAM e a exigência de confirmação do e-mail de origem visa evitar que seu e-mail seja incluído indevidamente por terceiros.

Alexa

Top