Ibama suspende queimadas controladas em Mato Grosso do Sul

queimada
Queimada, em foto de arquivo

A realização de queimadas controlados por produtores rurais de Mato Grosso do Sul está suspensa a partir de hoje no Estado, e deve vigorar até 30 de setembro.

A decisão foi tomada pela superintendência do Ibama no MS junto com a coordenação do Prevfogo por causa dos riscos de queimadas provocados pela temporada de estiagem que normalmente ocorre nessa época do ano em Mato Grosso do Sul. A decisão foi tomada pela superintendência em razão das queimadas constituírem um dos mais fortes fatores que contribuem para o aquecimento global e as mudanças climáticas.

Além da suspensão da queimada controlada, o Estado vai contar esse ano com um novo sistema de prevenção: as brigadas de combate aos incêndios que estão em treinamento em 3 municípios do MS, aonde ocorreram os maiores índices de focos de calor, detectados pelo sistema de monitoramento via satélite utilizado pelo Prevfogo.

Os três municípios são Corumbá, Aquidauana e Porto Murtinho. Em Corumbá, o município numa decisão inédita, vai tornar a atuação das brigadas em algo permanente. Em Aquidauana e Porto Murtinho foram contratados e treinado pelo Ibama 14 brigadistas para cada município. Em Corumbá foram treinados 29 brigadistas.

Até agora foram registrados 1253 focos de calor no ano de 2009 em Mato Grosso do Sul. Destes 1094 -76% ocorreram em Corumbá, contra 1438 em todo o ano de 2008 no Estado.

Texto de Mariza Pontes de Oliveira, Ascom Ibama/MS, publicado pelo EcoDebate, 29/07/2009

Inclusão na lista de distribuição do Boletim Diário do Portal EcoDebate
Caso queira ser incluído(a) na lista de distribuição de nosso boletim diário, basta que envie um e-mail para newsletter_ecodebate-subscribe@googlegroups.com . O seu e-mail será incluído e você receberá uma mensagem solicitando que confirme a inscrição.

Comentários encerrados.

Top