Pantanal em chamas: Incêndios já tomam quase metade das terras indígenas

  Pantanal em chamas: Incêndios já tomam quase metade das terras indígenas Fonte: Agência Pública Pantanal em chamas: Dados indicam que parte das queimadas começou em terras privadas; indígenas relatam que “fogo veio de fora” e “destruiu tudo” Por Bianca Muniz, Bruno Fonseca, Raphaela Ribeiro Apenas em setembro, 164 focos de incêndio avançaram sobre terras indígenas (TIs) no Pantanal. Mais de 200 em agosto. Quase metade das áreas indígenas regularizadas na região já enfrenta queimadas

Eventos climáticos extremos aumentam internações hospitalares de pacientes com doenças crônicas

  Eventos climáticos extremos aumentam internações hospitalares de pacientes com doenças crônicas Eventos climáticos extremos influenciam negativamente a saúde das pessoas Paulo Saldiva comenta estudo realizado nos EUA, que apontou que as mudanças climáticas estão relacionadas ao aumento de internações hospitalares de pacientes com doenças crônicas Jornal da USP no Ar Uma pesquisa da National Library of Medicine (NIH), dos Estados Unidos, aponta que as mudanças climáticas estão relacionadas ao aumento de internações hospitalares de pacientes

No Brasil, metade das crianças de até 4 anos vive em insegurança alimentar

  No Brasil, metade das crianças de até 4 anos vive em insegurança alimentar Metade das crianças menores de 5 anos do país viviam em domicílios com algum grau de insegurança alimentar em 2017-2018. ABr Dados divulgados ontem (17) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostram que 5,1% da população de até 4 anos estavam em lares com insegurança alimentar grave; 10,6%, moderada; e 34,2%, leve. À medida que a idade aumenta, cresce

Transtornos de ansiedade

  Transtornos de ansiedade Transtornos de ansiedade - Segundo a OMS, mais de 18 milhões de brasileiros convivem com os sintomas de ansiedade Por Camila Borba De acordo com dados divulgados pela Organização Mundial de Saúde (OMS), 9,3% dos brasileiros, mais de 18 milhões de pessoas, apresentam os sintomas de ansiedade. Infelizmente, o Brasil é o líder mundial na patologia, apresentado números três vezes maiores que a média mundial. Na América do Sul, por

EcoDebate: Índice da edição nº 3.515, de 17/09/2020

  Revista eletrônica EcoDebate, ISSN 2446-9394   Estratégia de Marketing Sustentável: Posicionamento de Marcas por Meio da Ferramenta Storytelling Destinação de alimentos excedentes – A Lei a favor da vida Os chamados 'celeiros do mundo' Desmatamento no Cerrado reduz quase 30 milhões de hectares em 35 anos Perda contínua da biodiversidade e degradação dos ecossistemas aceleram Brasileiros fazem a higienização de alimentos de forma inadequada Ecocídio, entenda o que é e suas consequências   (adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});   [CC BY-NC-SA 3.0][

Desmatamento no Cerrado reduz quase 30 milhões de hectares em 35 anos

Desmatamento no Cerrado reduz quase 30 milhões de hectares em vegetação nativa em 35 anos O Cerrado perdeu 28 milhões de hectares de vegetação nativa, uma área equivalente ao estado do Rio Grande do Sul, entre 1985 e 2019. Foi um terço de toda a vegetação nativa que o Brasil perdeu no período. Essa área representa, em 35 anos, uma redução líquida de 21%, que é a diferença entre perda da

Perda contínua da biodiversidade e degradação dos ecossistemas aceleram

  Perda contínua da biodiversidade e degradação dos ecossistemas aceleram Perda da biodiversidade - A humanidade está em uma encruzilhada, alerta relatório da ONU sobre biodiversidade O quinto relatório Panorama da Biodiversidade Global da ONU descreve oito grandes transições necessárias para desacelerar e, em seguida, interromper o rápido declínio da natureza. Relatório final sobre as Metas de Aichi para a Biodiversidade, definidas em 2010, aponta que seis das 20 metas mundiais foram

Brasileiros fazem a higienização de alimentos de forma inadequada

  Brasileiros fazem a higienização de alimentos de forma inadequada Menos da metade dos 3 mil entrevistados usavam solução de água com hipoclorito de sódio na higienização de alimentos segura Jornal da USP O estudo entrevistou 3 mil pessoas de todas as regiões do País, sendo a maioria mulheres, casadas e com alto nível de escolaridade – Foto: Extraída da cartilha Mesmo com os órgãos do governo e a mídia divulgando incessantemente informações sobre as

Ecocídio, entenda o que é e suas consequências

  Ecocídio, entenda o que é e suas consequências Existe uma grande desigualdade entre as espécies da Terra, pois enquanto cresce a população humana, definham as populações não humanas. Segundo Ron Patterson (2014): “Há 10.000 anos os seres humanos e seus animais representavam menos de um décimo de um por cento da biomassa dos vertebrados da terra. Agora, eles são 97 por cento”. A jornalista Elizabeth Kolbert, no livro The Sixth Extinction,

EcoDebate: Índice da edição nº 3.514, de 16/09/2020

  Revista eletrônica EcoDebate, ISSN 2446-9394   Antropoceno: a Era do Ecocídio Veganismo e a alimentação ética Agenda Ambiental Urbana Entre a noção de espaço material e a virtualidade espacial em uma geografia da existência pandêmica Mais de 90% das áreas protegidas estão fragmentadas Agosto registra o pior índice de desmatamento na Amazônia dos últimos dez anos Coalizão apresenta seis medidas para a queda rápida do desmatamento   (adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});   [CC BY-NC-SA

Antropoceno: a Era do Ecocídio

  Antropoceno: a Era do Ecocídio “É triste pensar que a natureza fala e que a humanidade não a ouve” Victor Hugo (1802-1885) Artigo de José Eustáquio Diniz Alves [EcoDebate] O Relatório Planeta Vivo 2020, divulgado pelo Fundo Mundial para a Natureza (WWF), no dia 10 de setembro, mostra que o avanço do processo de crescimento contínuo da produção e consumo de bens e serviços ao bel-prazer da humanidade tem provocado uma degradação generalizada dos

Entre a noção de espaço material e a virtualidade espacial em uma geografia da existência pandêmica

Entre a noção de espaço material e a virtualidade espacial em uma geografia da existência pandêmica Artigo de Elissandro Santana [EcoDebate] A COVID-19 alterou não somente nossa rotina de vida, de trabalho, de lazer, mas, também, e, principalmente, a nossa existência, obrigando-nos ao distanciamento e ao isolamento e, com isso, fomos forçados a repensar a ideia de espaço. De repente, a liberdade de trânsito pelos espaços urbanos ou até mesmo rurais

Mais de 90% das áreas protegidas estão fragmentadas

  Mais de 90% das áreas protegidas estão desconectadas umas das outras O desmatamento em andamento para agricultura, mineração e urbanização está isolando e desconectando as áreas naturais protegidas da Terra umas das outras, mostra um novo estudo. University of Queensland* A autora principal, Michelle Ward, da Escola de Ciências da Terra e Ambientais da Universidade de Queensland, disse que as descobertas são "alarmantes". “As áreas protegidas são vitais para a proteção e sobrevivência de

Agosto registra o pior índice de desmatamento na Amazônia dos últimos dez anos

  Agosto registra o pior índice de desmatamento na Amazônia dos últimos dez anos Em agosto de 2020, foram derrubados 1.499 km² de floresta nativa em apenas um mês. O Pará lidera, pela quinta vez consecutiva, o ranking dos estados que mais destruíram a região. Por Stefânia Costa De acordo com o Sistema de Alerta de Desmatamento do Imazon, apenas em agosto deste ano, a Amazônia perdeu 1.499 km² de área de floresta. O número

Coalizão apresenta seis medidas para a queda rápida do desmatamento

Coalizão apresenta seis medidas para a queda rápida do desmatamento Documento foi enviado às principais autoridades, como o Presidente Jair Bolsonaro, vice-presidente Hamilton Mourão, os ministros da Agricultura, Meio Ambiente, Economia, líderes e parlamentares da Câmara e do Senado Federal e também as embaixadas e o Parlamento Europeu. Por Fernanda Macedo O desmatamento está colocando em xeque o desenvolvimento do Brasil – e não só por conta das repetidas ressalvas que vêm de

Veganism and food ethics

    Veganism by Roberto Naime [EcoDebate] Veganism has always stressed the need for a healthy diet that also respects animals. It emphasizes the importance of preserving the soil and the correct use of land, so that future generations do not find it with erosion and burning, without the minerals necessary for a healthy life. Vegans rely on natural methods of pure food, fresh air, sun and exercise. Instead of vaccines and medications to keep body

EcoDebate: Índice da edição nº 3.513, de 14/09/2020

  Revista eletrônica EcoDebate, ISSN 2446-9394   Covid-19: A Índia é o novo epicentro da pandemia global Engajamento do Consumidor e Comportamento de Compra por Meio do Novo Mix de Marketing Sustentável e Digital Formação de docentes ou de multiplicadores de conhecimento ensino embasado nos temas transversais Restaurar florestas degradadas recupera serviços ecossistêmicos e armazena carbono Em 2020, o número de incêndios no Pantanal é 440% maior que a média dos últimos anos Consequências do desmatamento na Amazônia:

Restaurar florestas degradadas recupera serviços ecossistêmicos e armazena carbono

  Restaurar florestas degradadas recupera serviços ecossistêmicos e armazena carbono Mais da metade do carbono acima do solo do mundo é armazenado em florestas tropicais, cuja degradação representa uma ameaça direta à regulação climática global. Arizona State University* O desmatamento remove o carbono acima do solo na forma de árvores, reduzindo o tamanho dos estoques globais de carbono no processo. Uma vez que as florestas são degradadas, muitas vezes são percebidas como tendo pouco

Em 2020, o número de incêndios no Pantanal é 440% maior que a média dos últimos anos

  Em 2020, o número de incêndios no Pantanal é 440% maior que a média dos últimos anos Incêndios no Pantanal - Pedro Luiz Côrtes traz levantamento dos focos e aponta desmonte de fiscalização, além das mudanças climáticas, como principal causa Jornal da USP no Ar, Rádio USP Este ano, além das queimadas na Amazônia, houve um aumento significativo dos focos de incêndio no Pantanal e o governo federal não tem agido de forma

Desmatamento na Amazônia tem segundo pior agosto da série histórica

  Desmatamento na Amazônia tem segundo pior agosto da série histórica O Inpe divulgou na sexta-feira (11) o dado final de alertas de desmatamento no bioma Amazônia no mês passado. Foram 1.358 km2, o segundo pior agosto da série histórica do sistema Deter-B, iniciada em 2015. Por Solange A. Barreira Perde apenas para agosto de 2019, quando 1.714 km2 de floresta viraram fumaça, segundo o sistema de alertas por satélite. É o quinto mês

Top