As mudanças climáticas poderiam prejudicar a educação e o desenvolvimento das crianças nos trópicos

  A educação de crianças é uma das metas ambiciosas para o desenvolvimento sustentável como uma maneira de aliviar a pobreza e reduzir a vulnerabilidade às mudanças climáticas e desastres naturais. No entanto, um novo estudo realizado por uma pesquisadora da Universidade de Maryland, publicado na edição de 15 de abril de 2019 da revista Proceedings of National Academy of Sciences, conclui que a exposição ao calor e precipitação extremos em anos

Cientistas de Brasil e Holanda empregam algas unicelulares do gênero Chlorella na gestão de resíduos gerados no tratamento de esgoto

  Algas são usadas para despoluir esgoto e produzir adubo Uma parceria entre pesquisadores brasileiros e holandeses está mostrando que é possível transformar a chamada água negra – fração mais “pesada” do esgoto doméstico, composta basicamente de uma mistura pouco diluída de fezes e urina que vem do vaso sanitário – em uma espécie de fazenda de algas. Jornal da USP Ao crescer com a ajuda dos nutrientes desse efluente, as algas unicelulares do

Relatório da CPT aponta para o aumento do número de pessoas envolvidas em conflitos no campo em 2018

Aproximadamente um milhão de pessoas estiveram envolvidas em conflitos no campo no Brasil em 2018, mais especificamente foram 960.630 pessoas envolvidas em conflitos contra 708.520 pessoas em 2017, um aumento significativo de 35,6%. Nos conflitos especificamente por terra, foram 118.080 famílias envolvidas em conflitos por terra, em 2018, contra 106.180, em 2017, nesse caso um aumento de 11%. O patamar de famílias envolvidas em conflito aumenta significativamente a partir de 2013,

Ibama multa agricultores por uso de transgênicos no entorno de unidades de conservação

    Por Michelle Moreira, da Radioagência Nacional O Ibama identificou o cultivo irregular de organismos geneticamente modificados - os transgênicos – em 14 propriedades rurais localizadas no entorno de quatro unidades de conservação federais, nos estados da Bahia, Goiás, Maranhão, Piauí e Tocantins. A descoberta aconteceu durante a fase mais recente da Operação Quimera que vistoriou 40 terrenos para verificar possível cultivo de variedades geneticamente modificadas de soja, milho e algodão em áreas

EcoDebate: Índice da edição nº 3.185, 2019 [de 15/04/2019]

  Revista eletrônica EcoDebate, ISSN 2446-9394 Informações, notícias e artigos sobre temas socioambientais   Lutando contra a depressão, artigo de Montserrat Martins Cai o investimento público e a produtividade no Brasil submergente, artigo de José Eustáquio Diniz Alves 'Reforma' da Previdência, projeto de vida ou de morte, artigo de Gilvander Moreira A construção de piscinões está longe de ser a solução ideal para o problema das inundações, diz especialista Nota de repúdio do GT da Sociedade Civil para

A construção de piscinões está longe de ser a solução ideal para o problema das inundações, diz especialista

  Chuvas, enchentes, desabamentos, desabrigados e mortes - Como solucionar a tragédia nossa de cada verão? Por Paulo Capuzzo, Rádio USP. Chuvas, enchentes, desabamentos, desabrigados e mortes. O cenário se repete a cada verão. Não chega a surpreender, portanto, que as enchentes tenham sido a maior causa de mortes da estação: entre dezembro de 2018 e março deste ano, aconteceram 38 mortes no Estado de São Paulo, um aumento de 280% em relação

Nota de repúdio do GT da Sociedade Civil para a Agenda 2030 ao Decreto nº 9.759/2019, que extingue e limita a criação de órgãos colegiados no governo federal

    O Grupo de Trabalho da Sociedade Civil para a Agenda 2030 (GT Agenda 2030) vem a público manifestar seu repúdio ao Decreto nº 9.759/2019, publicado no dia 11/04/2019 no Diário Oficial da União. Tal medida extingue e limita a criação de órgãos colegiados no governo federal, ao revogar o Decreto nº 8.243/2014, que instituiu a Política Nacional de Participação Social (PNPS) ambos conquistas importantes para o fortalecimento da democracia em países

O que o agrotóxico do agronegócio está matando, por Jacques Távora Alfonsin

  "Já foram liberados pela atual administração pública da União 121 agrotóxicos, ou seja, até ali, um por dia. 28 deles classificados como 'extremamente tóxicos'. Outros 30 produtos já se encontram na fila para registro. A notícia arrola um número significativo de empresas multinacionais e brasileiras que se habilitam à permissão de venda para esse tipo de veneno", escreve Jacques Távora Alfonsin, procurador aposentado do estado do Rio Grande do Sul

EcoDebate: Índice da edição nº 3.184, 2019 [de 12/04/2019]

  Revista eletrônica EcoDebate, ISSN 2446-9394 Informações, notícias e artigos sobre temas socioambientais   O pico da natalidade e o número de nascidos vivos por etnia nos EUA, artigo de José Eustáquio Diniz Alves Saneamento básico no Brasil: uma preocupação atual e futura, artigo de Gerson Luiz Buczenko Pesquisa do IB-USP revela que a poluição do ar afeta crescimento de árvores em São Paulo Atividades ao ar livre, em contato com a natureza, trazem benefícios para saúde

Pesquisa do IB-USP revela que a poluição do ar afeta crescimento de árvores em São Paulo

  Os efeitos da poluição do ar à saúde humana já são conhecidos. Uma pesquisa do Instituto de Biociências (IB) da Universidade de São Paulo (USP) identificou agora que as árvores também sofrem esses efeitos, o que interfere nos benefícios ambientais prestados por elas. Os pesquisadores utilizaram como modelo a tipuana (Tipuana tipu) – uma das espécies de árvores mais comuns em São Paulo – e mostraram que os poluentes atmosféricos

Atividades ao ar livre, em contato com a natureza, trazem benefícios para saúde e bem-estar

  Atividades ao ar livre - Pesquisas comprovam que estar em contato com áreas naturais reduz as chances de desenvolver ansiedade, depressão e estresse, além de prevenir contra doenças cardíacas     O agito dos grandes centros urbanos prejudica a saúde física e mental. As poluições sonora, visual e atmosférica somadas ao enclausuramento do dia a dia contribuem com o desencadeamento de problemas pulmonares, cardíacos e emocionais. Diante deste contexto, a ciência vem mostrando

A minoria infame de 2018 – O 1% mais rico da humanidade supera, hoje, a riqueza de 99% de seus semelhantes; análise de Luiz Marques (IFCH/Unicamp)

  Jornal da UNICAMP TEXTO LUIZ MARQUES FOTOS REPRODUÇÃO: WIKIPEDIA.ORG | WILSON DIAS | AB EDIÇÃO DE IMAGEM LUIS PAULO SILVA   O 1% mais rico da humanidade supera, hoje, a riqueza de 99% de seus semelhantes Em 2010, 388 bilionários detinham tanta riqueza quanto a detida pela metade mais pobre da humanidade. Em 2017, esse número de bilionários caiu para 42 [1] e em 2018, para 26. [2] Nos EUA, a situação é ainda pior: 3 bilionários igualam em riqueza

Top