Abril registra recorde de desmatamento na Amazônia, com 58 mil hectares destruídos

  Abril registra recorde de desmatamento na Amazônia, com 58 mil hectares destruídos Área com alerta de desmatamento na Amazônia é a maior da série histórica para abril Por Karen Mota Dados do sistema DETER, do Instituto de Pesquisas Espaciais (Inpe), divulgados hoje, mostram que a área com alertas de desmatamento para abril de 2021, na Amazônia, é a maior da série histórica. Somente neste mês, ao menos 58 mil hectares de floresta foram perdidos.

Alta de desmatamento na Amazônia em abril desmente governo

  Alta de desmatamento na Amazônia em abril desmente governo Alertas de desmatamento sobem 42% e mostram que não existe ação de controle do governo, que ainda planeja votar na semana que vem o fim do licenciamento ambiental de obras altamente devastadoras. A área de alertas de desmatamento em abril cresceu 42% em relação ao mesmo mês do ano passado. Foram 581 km2 até o dia 29, contra 407 km2 em abril de

EcoDebate: Índice da edição nº 3.658, de 07/05/2021

  EcoDebate: Índice da edição nº 3.658, de 07/05/2021 Revista eletrônica EcoDebate, ISSN 2446-9394 Cúpula do clima e os impactos econômicos das mudanças climáticas A computação na nuvem e os impactos no meio ambiente Estudo indica o aumento irreversível do nível do mar se o acordo de Paris não for atingido Mudanças climáticas podem triplicar inundações nas montanhas da Ásia Mudanças Climáticas: Rede de áreas de conservação para proteger a biodiversidade nas Américas   [CC BY-NC-SA 3.0][ O conteúdo

Estudo indica o aumento irreversível do nível do mar se o acordo de Paris não for atingido

  Estudo indica o aumento irreversível do nível do mar se o acordo de Paris não for atingido O mundo está atualmente a caminho de ultrapassar três graus Celsius de aquecimento global e uma nova pesquisa mostra que tal cenário pode acelerar drasticamente o ritmo de aumento do nível do mar até 2100. University of Massachusetts Amherst* O mundo está atualmente a caminho de ultrapassar três graus Celsius de aquecimento global, e uma nova

Mudanças climáticas podem triplicar inundações nas montanhas da Ásia

  Mudanças climáticas podem triplicar inundações nas montanhas da Ásia Uma equipe de cientistas climáticos suíços e internacionais mostrou que o risco de inundações em lagos glaciais na região do Himalaia e no planalto tibetano pode triplicar nas próximas décadas. University of Geneva (UNIGE)* O “Terceiro Polo” da Terra, as altas cordilheiras da Ásia, contém o maior número de geleiras fora das regiões polares. Uma equipe de pesquisa sino-suíça revelou o aumento dramático no

Mudanças Climáticas: Rede de áreas de conservação para proteger a biodiversidade nas Américas

  Mudanças Climáticas: Rede de áreas de conservação para proteger a biodiversidade nas Américas É provável que uma rede em escala continental de locais de conservação permaneça eficaz em cenários de mudanças climáticas futuras, apesar de uma mudança prevista nas distribuições de espécies-chave. Durham University* Um novo estudo, liderado pelo Professor Stephen Willis em nosso Departamento de Biociências, investiga os impactos de cenários potenciais de mudanças climáticas na rede de Áreas Importantes para Aves

Como jogar fora as baterias dos carros para proteger o meio ambiente

  Como jogar fora as baterias dos carros para proteger o meio ambiente É sabido que não é conveniente jogar as baterias de um T cross ou de qualquer outro carro no lixo. O meio ambiente seria seriamente prejudicado. Por esse motivo, elas devem ser transportadas a lugares específicos onde, através de tratamentos específicos, poderão ser posteriormente reutilizadas. Não importa o motivo pelo qual você precisa se desfazer de uma bateria: é

EcoDebate: Índice da edição nº 3.657, de 06/05/2021

  EcoDebate: Índice da edição nº 3.656, de 05/05/2021 Revista eletrônica EcoDebate, ISSN 2446-9394   Breve apresentação para entender o pensamento e a produção de Paulo Freire Mitigação do Risco Ambiental para o Desenvolvimento Sustentável Povo Karipuna processa União, Funai e Rondônia por invasões e devastação da terra indígena Aquecimento acima da meta do Acordo de Paris pode causar aumento catastrófico do nível do mar Pesquisadores criam primeiro atlas para a célula de corais de pedra (construção de

Povo Karipuna processa União, Funai e Rondônia por invasões e devastação da terra indígena

  Povo Karipuna processa União, Funai e Rondônia por invasões e devastação da terra indígena Povo Karipuna cobra fiscalização, retirada urgente de invasores, cancelamento de Cadastros Ambientais Rurais sobrepostos ao território e indenização por acúmulo de danos Porto Velho (RO) - O povo Karipuna ingressou com uma ação na Justiça Federal de Rondônia para garantir a proteção da Terra Indígena (TI) Karipuna, constantemente ameaçada por madeireiros e grileiros. Quase extintos na década de

Aquecimento acima da meta do Acordo de Paris pode causar aumento catastrófico do nível do mar

  Aquecimento global acima da meta do Acordo de Paris pode causar aumento catastrófico do nível do mar O aumento catastrófico do nível do mar devido ao derretimento da Antártica é possível com o aquecimento global severo A camada de gelo da Antártica tem maior probabilidade de permanecer estável se o acordo climático de Paris for cumprido Rutgers*, The State University of New Jersey A camada de gelo da Antártica tem muito menos probabilidade de

Pesquisadores criam primeiro atlas para a célula de corais de pedra (construção de esqueletos)

  Pesquisadores criam primeiro atlas para a célula de corais de pedra (construção de esqueletos) Um estudo conjunto da Universidade de Haifa, do Center for Genomic Regulation (Barcelona) e do Weizmann Institute conseguiu sequenciar - pela primeira vez - o programa genético de cada tipo de célula em corais rochosos. Isso permite que os pesquisadores entendam exatamente quais células participam de processos-chave no desenvolvimento do coral, como a formação do esqueleto, o sistema

Aposentadoria da pessoa com deficiência: benefícios e requisitos

  Aposentadoria da pessoa com deficiência: benefícios e requisitos, artigo de Carla Benedetti Segundo dados do IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – de 2010, quase 24% da população brasileira apresenta algum tipo de deficiência. Nesse sentido, tendo em vista a relevância do assunto, no dia 08 de maio de 2013, por meio da Lei Complementar 142, entrou em vigor o benefício de Aposentadoria da pessoa com deficiência. A partir de

EcoDebate: Índice da edição nº 3.656, de 05/05/2021

  EcoDebate: Índice da edição nº 3.656, de 05/05/2021 210503 índice Revista eletrônica EcoDebate, ISSN 2446-9394   Decrescimento vegetativo e queda da expectativa de vida Denúncia: Chuva de Veneno na comunidade de Araça, município de Buriti (MA) Mudança Climática: Menos precipitação significa menos diversidade de plantas Os oceanos do mundo podem absorver menos carbono no futuro É preciso focar no combate à pandemia e acabar com a farsa do Kit Covid   [CC BY-NC-SA 3.0][ O conteúdo da EcoDebate pode ser

Denúncia: Chuva de Veneno na comunidade de Araça, município de Buriti (MA)

  Denúncia: Chuva de Veneno na comunidade de Araça, município de Buriti (MA) A prefeitura de Buriti, a Secretaria de meio Ambiente do estado do Maranhão e a família Introvini são cúmplices no processo de destruição das Chapadas do município de Buriti. A família Introvini, plantadora de soja, compra posses e pequenas propriedades de famílias de agricultores familiares; em seguida, pede autorização de uso e ocupação do solo à prefeitura e para finalizar

Mudança Climática: Menos precipitação significa menos diversidade de plantas

  Mudança Climática: Menos precipitação significa menos diversidade de plantas A mudança climática pode levar a mudanças na diversidade das plantas, especialmente nas terras áridas do mundo A água é um recurso escasso em muitos dos ecossistemas da Terra. É provável que essa escassez aumente no decorrer das mudanças climáticas. Isso, por sua vez, pode levar a um declínio considerável na diversidade de plantas. Analisando dados experimentais de todo o mundo, cientistas do Helmholtz

Os oceanos do mundo podem absorver menos carbono no futuro

  Os oceanos do mundo podem absorver menos carbono no futuro Os oceanos são um "sumidouro" vital de carbono - sem esses sumidouros naturais, os níveis de carbono atmosférico estariam agora perto de 600 partes por milhão (ppm), quase 50% mais alto do que os 410 ppm registrados em 2019. University of Exeter* O relatório reúne os conhecimentos mais recentes sobre o papel dos oceanos no ciclo do carbono e visa fornecer aos tomadores

É preciso focar no combate à pandemia e acabar com a farsa do Kit Covid

  É preciso focar no combate à pandemia e acabar com a farsa do Kit Covid, artigo de Luiz Carlos Dias O nosso inimigo é o vírus Sars-Cov-2, mas infelizmente temos que combater também o vírus da desinformação e das fake News defendidas por pessoas comprometidas com uma estratégia política manipuladora e irresponsável. Jornal da Unicamp Texto Luiz Carlos Dias | Instituto de Química Fotos Divulgação Pixabay Edição de imagem Paulo Cavalheri No país que distribui kit

EcoDebate: Índice da edição nº 3.655, de 03/05/2021

  EcoDebate: Índice da edição nº 3.655, de 03/05/2021 Revista eletrônica EcoDebate, ISSN 2446-9394   IBGE preparado para o censo demográfico em 2021 Amazônia brasileira liberou mais carbono do que armazenou na década de 2010 Os humanos alteraram significativamente a biodiversidade em todo planeta Desmatamento por carne e soja dobrou no Brasil em um ano A relação entre o agronegócio e o surgimento de novas epidemias Cancelamento do Censo afetará o SUS e as políticas públicas de saúde   [CC BY-NC-SA

Amazônia brasileira liberou mais carbono do que armazenou na década de 2010

  Amazônia brasileira liberou mais carbono do que armazenou na década de 2010 A floresta amazônica brasileira liberou mais carbono do que armazenou na última década - sendo a degradação uma causa maior do que o desmatamento - de acordo com novas pesquisas. University of Exeter* Mais de 60% da floresta amazônica está no Brasil, e o novo estudo usou o monitoramento por satélite para medir o armazenamento de carbono de 2010-2019. O estudo descobriu

Os humanos alteraram significativamente a biodiversidade em todo planeta

Paisagem de pastagem no Pico, a segunda maior ilha dos Açores. © Manuel Steinbauer. Os humanos alteraram significativamente a biodiversidade em todo planeta Em quase todos os lugares, a chegada dos humanos desencadeou uma mudança acentuadamente acelerada na composição das espécies em ecossistemas antes intocados Os humanos alteraram significativamente a biodiversidade em todas as zonas climáticas da Terra. Isso foi demonstrado por um estudo agora publicado na "Science". Liderada pelo Prof. Dr. Manuel

Top