Mudança climática afeta o comportamento animal

 

Mudança climática afeta o comportamento animal

De acordo com um estudo referente a mais de uma centena de espécies animais, as mudanças ambientais provocadas pelo homem têm o maior impacto na atividade dos animais na exploração de seu ambiente.

Pela University of Helsinki*

Os humanos estão moldando os ambientes em um ritmo acelerado. De fato, um dos tópicos atuais de pesquisa mais importantes é a capacidade dos animais de se adaptarem às mudanças ambientais induzidas pelo homem e como essa mudança afeta a expressão das características dos animais.

Com a ajuda de dados coletados em um pouco mais de cem espécies de animais, pesquisadores da Universidade de Helsinque e da Universidade de Lancaster estudaram quais características comportamentais são mais sensíveis às mudanças ambientais induzidas pelo homem e quais mudanças no ambiente induzidas pelo homem responda com mais sensibilidade. Do maior ao menor, os grupos de organismos incluídos no estudo foram peixes, pássaros, crustáceos e mamíferos. Além disso, estavam representados insetos, anfíbios e lagartos.

Todos os traços comportamentais incluídos no estudo – agressão, atividade, ousadia, sociabilidade e exploração de seu ambiente – mudaram marcadamente devido à mudança ambiental provocada pelo homem.

“A maior mudança foi observada na atividade dos animais em explorar seu ambiente. Os animais têm uma forte resposta a todas as formas de mudança ambiental, mas as mudanças climáticas geraram a maior mudança no comportamento animal ”, disse o pesquisador de pós-doutorado Petri Niemelä da Faculdade de Ciências Biológicas e Ambientais da Universidade de Helsinque.

Além da mudança climática, as outras formas de mudança ambiental induzida pelo homem incluídas na modelagem foram mudanças na concentração de dióxido de carbono e nos níveis de nutrientes, espécies exóticas e outras mudanças bióticas causadas por humanos, bem como impacto humano direto, por exemplo, urbanização ou outros distúrbios humanos.

Mudanças na atividade ou outro comportamento muitas vezes podem ser a mudança inicial em animais instigada pelas mudanças climáticas.

“A mudança comportamental pode servir como um amortecedor com o qual os animais evitam os efeitos negativos imediatos das mudanças ambientais. Por exemplo, tal mudança pode compensar o baixo sucesso reprodutivo ou aumento da mortalidade causada por mudanças ambientais. Ao mudar seu comportamento, os animais também podem obter mais informações sobre o ambiente alterado. ”

Os pesquisadores da Universidade de Helsinque e da Universidade de Lancaster basearam o estudo em uma pesquisa de mais de mil publicações acadêmicas revisadas por pares, das quais os dados necessários para a análise foram coletados em um pouco mais de cem espécies de animais. O estudo foi publicado como uma publicação de acesso aberto na série internacional de periódicos OIKOS em setembro de 2021.

Referência:

Gunn, R.L., Hartley, I.R., Algar, A.C., Niemelä, P.T. and Keith, S.A. (2021), Understanding behavioural responses to human-induced rapid environmental change: a meta-analysis. Oikos. https://doi.org/10.1111/oik.08366

 

in EcoDebate, ISSN 2446-9394, 20/10/2021

 

A manutenção da revista eletrônica EcoDebate é possível graças ao apoio técnico e hospedagem da Porto Fácil.

 

[CC BY-NC-SA 3.0][ O conteúdo da EcoDebate pode ser copiado, reproduzido e/ou distribuído, desde que seja dado crédito ao autor, à EcoDebate com link e, se for o caso, à fonte primária da informação ]

Inclusão na lista de distribuição do Boletim Diário da revista eletrônica EcoDebate, ISSN 2446-9394,

Caso queira ser incluído(a) na lista de distribuição de nosso boletim diário, basta enviar um email para newsletter_ecodebate+subscribe@googlegroups.com . O seu e-mail será incluído e você receberá uma mensagem solicitando que confirme a inscrição.

O EcoDebate não pratica SPAM e a exigência de confirmação do e-mail de origem visa evitar que seu e-mail seja incluído indevidamente por terceiros.

Remoção da lista de distribuição do Boletim Diário da revista eletrônica EcoDebate

Para cancelar a sua inscrição neste grupo, envie um e-mail para newsletter_ecodebate+unsubscribe@googlegroups.com ou ecodebate@ecodebate.com.br. O seu e-mail será removido e você receberá uma mensagem confirmando a remoção. Observe que a remoção é automática mas não é instantânea.

Top