A Sustentabilidade de Marketing é a Chave para o Sucesso dos Resultados do seu Negócio

 

artigo

A Sustentabilidade de Marketing é a Chave para o Sucesso dos Resultados do seu Negócio, artigo de José Austerliano Rodrigues

Presentemente, a sustentabilidade de marketing se relaciona explicitamente com a agenda de desenvolvimento sustentável

Com o início do século XXI, rápido crescimento populacional, escala sem precedentes de crescimento econômico, esgotamento de recursos, mudanças climáticas, danos ecossistêmicos, pandemia, aumento de preços do petróleo, ameaça da poluição e da erosão da diversidade cultural, todos representavam desafios para a sociedade e o planeta.

Deste modo, preocupações crescentes com os impactos ambientais e sociais, especialmente, com os impactos do esgotamento dos recursos e das mudanças climáticas levarão empresas e profissionais de sustentabilidade de marketing buscar formas mais sustentáveis de manter relações com os clientes e trazer valor para eles (BELZ; PEATTIE, 2013).

A ideia de sustentabilidade de marketing é impulsionada pelo conceito de desenvolvimento sustentável que visa atender às necessidades dos consumidores sem comprometer a capacidade das gerações futuras de atender às suas próprias necessidades (MATHARU; JAIN; BULSARA, 2020).

Segundo Kotler (2011) e Connelly et al. (2011), o marketing terá que reinventar sua prática, de modo a alinhar os negócios para obter sua contribuição para o desenvolvimento sustentável. Para alcançar os resultados do desenvolvimento sustentável, precisamos implementar as dimensões do modelo de sustentabilidade de marketing: econômica, ambiental, social, consumidor-cidadão e de tecnologia de informação nas estratégias de sustentabilidade de marketing (RODRIGUES, 2021).

Desta forma, a sustentabilidade de marketing representa uma evolução do marketing que mescla as principais perspectivas sociais, ambientais, éticas/cidadania ecológica e intergeracionais da agenda de desenvolvimento sustentável (BELZ; PEATTIE, 2013; RODRIGUES, 2021).

Para Belz e Peattie (2013), a evolução do conceito de sustentabilidade de marketing é dividida em três fases. A seguir:

1. Fase pré-anos 1970 (era do comércio simples, da Pré-Revolução Industrial, da produção, do produto e a era de vendas);

2. Fase da era do marketing – anos 1970-1990 ( marketing social, marketing societal, marketing ecológico/verde);

3. Fase da era do marketing holístico – final dos anos 1990 até o presente (marketing ambiental, marketing sustentável e sustentabilidade de marketing).

Presentemente, a sustentabilidade de marketing se relaciona explicitamente com a agenda de desenvolvimento sustentável. Desta maneira, podemos definir sustentabilidade de marketing como uma construção e manutenção de relações sustentáveis com os clientes, o ambiente social e o meio ambiente natural (PEATTIE; PEATTIE, 2009).

Para Belz e Peattie (2013), a sustentabiliade de marketing pode ser definida como planejamento, organização, implementação e controle de recursos e programas de marketing para satisfazer os desejos e necessidades dos consumidores.

Contudo, o marketing social (incluído na dimensão social), marketing ecológico/ verde (dimensão ambiental) e o marketing empresarial (dimensão econômica) foram incluídos nas dimensões do modelo de sustentabilidade de marketing, além das dimensões (econômica, social e ambiental), as dimensões cidadania ecológia e de tecnologia de informação (NKAMNEBE, 2011; BELZ; PEATTIE, 2013; BURKSIENE et al., 2018; RODRIGUES, 2021).

Chegou a hora das empresas implementarem as dimensões do modelo de sustentabilidade de marketing, conforme visto anteriormente, a fim de superar a forte concorrência do mercado. Portanto, as empresas devem equilibrar suas estratégias de sustentabilidade de marketing (mix de sustentabilidade de marketing) para atender às necessidades dos consumidores após a manutenção econômica, social e ambiental e consumidor-cidadão. Assim sendo, as empresas devem ter em mente que a sustentabilidade de marketing se tornou um requisito e não permanece como opção.

José Austerliano Rodrigues. Especialista Analista Sênior e Doutor em Sustentabilidade de Marketing pela UFRJ, com ênfase em Marketing e Sustentabilidade, com interesse em pesquisa em Sustentabilidade de marketing e comportamento do consumidor sustentável. E-mail: austerlianorodrigues@bol.com.br.

 

in EcoDebate, ISSN 2446-9394, 16/06/2021

 

A manutenção da revista eletrônica EcoDebate é possível graças ao apoio técnico e hospedagem da Porto Fácil.

 

[CC BY-NC-SA 3.0][ O conteúdo da EcoDebate pode ser copiado, reproduzido e/ou distribuído, desde que seja dado crédito ao autor, à EcoDebate com link e, se for o caso, à fonte primária da informação ]

Inclusão na lista de distribuição do Boletim Diário da revista eletrônica EcoDebate, ISSN 2446-9394,

Caso queira ser incluído(a) na lista de distribuição de nosso boletim diário, basta enviar um email para newsletter_ecodebate+subscribe@googlegroups.com . O seu e-mail será incluído e você receberá uma mensagem solicitando que confirme a inscrição.

O EcoDebate não pratica SPAM e a exigência de confirmação do e-mail de origem visa evitar que seu e-mail seja incluído indevidamente por terceiros.

Remoção da lista de distribuição do Boletim Diário da revista eletrônica EcoDebate

Para cancelar a sua inscrição neste grupo, envie um e-mail para newsletter_ecodebate+unsubscribe@googlegroups.com ou ecodebate@ecodebate.com.br. O seu e-mail será removido e você receberá uma mensagem confirmando a remoção. Observe que a remoção é automática mas não é instantânea.

Top