#EcoDebate: Índice da edição nº 3.421, de 28 e 29/04/2020

  Revista eletrônica EcoDebate, ISSN 2446-9394   Covid-19: A negação da pandemia é irresponsável e perversa, por Henrique Cortez O perfil demográfico do Brasil até 2100 e os desafios da covid-19, artigo de José Eustáquio Diniz Alves Os Três Pilares da Sustentabilidade e o Dilema Dentro da Área de Negócios, artigo de José Austerliano Rodrigues Sem a Floresta Amazônica, agronegócio e geração de energia entram em colapso no Brasil A crise climática irá aprofundar a pandemia; um

Covid-19: A negação da pandemia é irresponsável e perversa, por Henrique Cortez

    A perversidade por trás da negação da gravidade da pandemia A pandemia do novo coronavírus, Covid-19, traz novas e desafiadoras ameaças à população social e economicamente vulnerável, a mesma tradicionalmente vítima em um país historicamente desigual. A falácia dos negacionistas da pandemia, com o presidente à frente, insiste que o novo coronavírus "apenas" é uma ameaça aos idosos e doentes crônicos, sendo, para os demais, apenas uma 'gripezinha'. A primeira vista, é apenas

O perfil demográfico do Brasil até 2100 e os desafios da covid-19, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

“A transição demográfica é o fenômeno de comportamento de massa mais importante da história da humanidade” (ALVES, 1994) [EcoDebate] A pandemia da covid-19 vai ter um impacto profundo no mundo, tanto em termos de morbimortalidade, quanto em termos econômicos. Contudo, por maior que seja o impacto em número de vítimas fatais, o surto pandêmico será incapaz de alterar a transição demográfica brasileira de longo prazo. Ou seja, a queda nas taxas

Os Três Pilares da Sustentabilidade e o Dilema Dentro da Área de Negócios, artigo de José Austerliano Rodrigues

    [EcoDebate] Embora a palavra sustentabilidade signifique coisas diferentes para pessoas diferentes, aqui é utilizada com base na definição oferecida pelo Our Common Future, acima citada, que deu origem ao chamado Triple Bottom Line (TBL), conceito proposto pelo guru da sustentabilidade John Elkington, que adotou uma série de indicadores de gestão e ferramentas de responsabilidade social para explicar (num sentido da contábil) os custos e benefícios de prática sustentável. O TBL ou

Sem a Floresta Amazônica, agronegócio e geração de energia entram em colapso no Brasil

  IHU Ultrapassar o ponto de inflexão que transformaria a Floresta Amazônica em uma savana seria “catastrófico” para os principais setores da economia brasileira, alertam especialistas. Os impactos alcançariam sobretudo o agronegócio e a geração de energia, e poderiam repercutir na segurança alimentar internacional. A abundância natural de água no bioma amazônico beneficia com regularidade a agricultura, o transporte de commodities pelos rios brasileiros e a produção de energia elétrica em inúmeras usinas ao longo dos rios que cortam

A crise climática irá aprofundar a pandemia; um plano de estímulo verde pode enfrentar ambos, por Daniel Aldana Cohen e Daniel Kammen

IHU As mudanças climáticas estão prestes a sobrecarregar a emergência do coronavírus. Em abril, começará a temporada de incêndios na Califórnia. As restrições ao trabalho causadas pela pandemia dificultarão o trabalho dos bombeiros, de realizar incêndios controlados que impedem que as fumaças cheguem às residências. Os pulmões dos californianos poderão precisar enfrentar a Covid-19 e uma fumaça intensa ao mesmo tempo", escrevem Daniel Aldana Cohen e Daniel Kammen, em artigo publicado por The Guardian e reproduzido por National Catholic Reporter, 24-04-2020. A tradução é de Isaque

O Brasil com baixa imunidade – medidas de austeridade fiscal reduziram recursos de programas sociais importantes para combater a pandemia da Covid-19

  Relatório do Inesc mostra como as medidas de austeridade fiscal reduziram recursos de programas sociais importantes para combater a pandemia da Covid-19 O relatório O Brasil com baixa imunidade – Balanço do Orçamento Geral da União 2019 é o primeiro de uma série anual onde o Inesc vai analisar os gastos orçamentários da União do ano anterior e comentar as previsões para o ano em curso. Com isso, esperamos contribuir para o debate

OMS alerta que não há comprovação de que recuperados da COVID-19 estejam imunes ao vírus

ONU Movimento no aeroporto de Suvarnabhumi, Banguecoque, Tailândia. Foto: ONU Mulheres A Organização Mundial da Saúde (OMS) publicou no dia 24 de abril um documento – baseado em dados científicos – alertando que ainda não foi comprovado que quem já tenha sido infectado esteja imune à doença. Para a OMS, os testes de laboratório que detectam os anticorpos para o novo coronavírus precisam de uma validação mais completa para determinar sua precisão e confiabilidade. Até 26

Top