Rio inicia campanha de conscientização e mobilização para reduzir poluição nas praias

 

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente do Rio de Janeiro (SMAC) iniciou no domingo (2) a campanha Praia Urgente. Segundo o secretário do Meio Ambiente, Bernardo Egas, a meta é promover a conscientização ambiental da população.

Voluntários fizeram a travessia até as Ilhas Cagarras, onde particiiparam de um mutirão ecológico. Foto: Marcos de Paula/Prefeitura do Rio
Voluntários fizeram a travessia até as Ilhas Cagarras, onde particiiparam de um mutirão ecológico. Foto: Marcos de Paula/Prefeitura do Rio

ABr

“Conscientizar sobre o uso responsável da praia, principalmente no verão, é importante porque a gente vê pessoas que deixam lixo nas praias”, disse.

A secretaria está apoiando diversas ações que lutam pela preservação das praias cariocas. A campanha conta com a parceria de organizações não governamentais (ONGs) como a Route Brasil, Verdes Mares e StoneHouse.

“São parceiros que cuidam da nossa orla o ano inteiro. Reunimos essas entidades que têm carinho com nossa orla e vamos fazer um calendário de ações para mobilização da sociedade”, informou.

A primeira ação da campanha foi uma travessia ecológica. Cinquenta voluntários remadores de SUP (Stand Up Paddle, ou prancha com remo), caiaque e canoa havaiana atravessaram o mar do Posto 10 da praia de Ipanema, zona sul da cidade, até o Monumento Natural das Ilhas Cagarras, para recolher o lixo da local. Ao mesmo tempo, foi feita a limpeza na areia de Ipanema.

Ações

O secretário adiantou que em todos os fins de semana o movimento vai ter uma ação diferente, sempre envolvendo a população. Está programado um mergulho na Praia Vermelha, na Urca, zona sul, visando recolher lixo do fundo do mar. A data ainda será definida.

A cada domingo, uma praia da orla, desde o Flamengo até o Recreio dos Bandeirantes, terá uma ação dentro do mutirão de limpeza das areias e do mar.

Haverá uma ação pontual na Ilha de Paquetá e na Ilha do Governador. “A gente não tem a pretensão de limpar a praia inteira, de chegar e resolver o problema. É uma ação educativa, de conscientização, de mobilização, para dar o exemplo”, explicou o secretário.

As pessoas que desejarem se integrar à rede de voluntários podem se inscrever no instagram da ONG Stone House (@surfstonehouse) ou no endereço dos parceiros do mutirão no mar.

“Quem quiser entrar em contato é bem-vindo”, destacou. As inscrições são gratuitas. A ideia é mobilizar cada vez mais pessoas. Crianças acima de 12 anos de idade também podem se participar. “A gente estimula que os responsáveis estejam junto com os filhos”, disse.

Todo o material recolhido será encaminhado ao projeto Recicla Orla, que consiste na colocação, gestão e operação de pontos de entrega voluntária de material reciclável em toda orla do Rio. O material coletado é reciclado e volta para o ciclo de produção visando mostrar que tudo se transforma.

Impacto no meio ambiente

No ano passado, a Stone House, criada há três anos por iniciativa de surfistas para conscientizar a população sobre o impacto no meio ambiente do lixo jogado nos mares, plantou 40 bananeiras em um sítio como compensação pela emissão de CO2 (dióxido de carbono) produzido durante os preparativos para a travessia do mar, que recolheu 120 quilos de resíduos nas areias de Ipanema, no mar e na ilha.

O co-fundador dessa ONG, engenheiro de produção Pedro Bentz Maciel, carioca de 24 anos, vê na ligação do surfe e do meio ambiente um modo de conscientizar a população.

“As ações da Stone House, em parceira com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente, representam a união de pessoas para conscientizar sobre como, em nossas ações diárias, podemos fazer a diferença no meio em que vivemos. Sempre pensando no social e no ambiental lado a lado”, destacou.

O oceanógrafo Arthur Cumplido, 27 anos, amigo de infância de Pedro Bentz, também surfista e fundador do projeto Stone House, observou que o mutirão “é uma expansão de ideias que contribuem para um desenvolvimento humano em sinergia com a natureza”.

A campanha Praia Urgente se estenderá até o fim do verão, que acaba no dia 20 de março.

 

Por Alana Gandra, da Agência Brasil, in EcoDebate, ISSN 2446-9394, 03/02/2020

Rio inicia campanha de conscientização e mobilização para reduzir poluição nas praias, in EcoDebate, ISSN 2446-9394, 3/02/2020, https://www.ecodebate.com.br/2020/02/03/rio-inicia-campanha-de-conscientizacao-e-mobilizacao-para-reduzir-poluicao-nas-praias/.

 

PUBLICIDADE / CONTEÚDO RELACIONADO



 

[CC BY-NC-SA 3.0][ O conteúdo da EcoDebate pode ser copiado, reproduzido e/ou distribuído, desde que seja dado crédito ao autor, à EcoDebate e, se for o caso, à fonte primária da informação ]

Inclusão na lista de distribuição do Boletim Diário da revista eletrônica EcoDebate, ISSN 2446-9394,

Caso queira ser incluído(a) na lista de distribuição de nosso boletim diário, basta enviar um email para newsletter_ecodebate+subscribe@googlegroups.com . O seu e-mail será incluído e você receberá uma mensagem solicitando que confirme a inscrição.

O EcoDebate não pratica SPAM e a exigência de confirmação do e-mail de origem visa evitar que seu e-mail seja incluído indevidamente por terceiros.

Remoção da lista de distribuição do Boletim Diário da revista eletrônica EcoDebate

Para cancelar a sua inscrição neste grupo, envie um e-mail para newsletter_ecodebate+unsubscribe@googlegroups.com ou ecodebate@ecodebate.com.br. O seu e-mail será removido e você receberá uma mensagem confirmando a remoção. Observe que a remoção é automática mas não é instantânea.

Deixe uma resposta

Top