EcoDebate: Índice da edição nº 3.285, de 18/09/2019

  Revista eletrônica EcoDebate, ISSN 2446-9394   As energias renováveis avançam, mas aquém das metas sociais e climáticas, artigo de José Eustáquio Diniz Alves Fracassou o ‘contra-sínodo’ sobre a Amazônia, programado em Roma por Bolsonaro A Amazônia pode desaparecer como floresta e isso vai impactar o mundo todo Amazônia: Estudo mostra queimadas em 1/3 das áreas de desmatamento ilegal alvo de ação do MPF Fontes renováveis podem reduzir em 70% as emissões do setor elétrico mundial até

As energias renováveis avançam, mas aquém das metas sociais e climáticas, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

“Assim como a Idade da Pedra não acabou por falta de pedras, a Era do Petróleo chegará ao fim, não por falta de óleo”. Ahmed-Zaki Yamani [EcoDebate] As energias renováveis decuplicaram nos anos 2000 e são a grande novidade da matriz energética global do século XXI e, de certa forma, já antecipam o fim do mundo dos combustíveis fósseis, embora ainda exista um longo caminho pela frente. A capacidade de geração de energia

Fracassou o ‘contra-sínodo’ sobre a Amazônia, programado em Roma por Bolsonaro

Bolsonaro faz cruzada contra a "agenda da esquerda" da Igreja Católica, junto a Duque, Salvini, Bannon Especial de Cristiano Morsolin* O Governo de Jair Bolsonaro tem a preocupação de que o Sínodo sobre Amazônia se torne mais um palco para críticas ao País na questão ambiental. O receio do Palácio do Planalto é de que o encontro de bispos não se limite a questões religiosas, discutindo também temas relacionados a políticas públicas

A Amazônia pode desaparecer como floresta e isso vai impactar o mundo todo

  Amazônia: Cerca de 20% da floresta já foi devastada, porém perda de 25% a 40% da área original pode ser irreversível Rádio USP O programa Ambiente É o Meio desta quarta-feira conversa com o engenheiro, pesquisador e coordenador do Programa Amazônia, do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), Cláudio Aparecido de Almeida, sobre a monitoração do desmatamento na Amazônia. O Programa Amazônia fornece dados e imagens de sensoriamento remoto para observar e monitorar

Amazônia: Estudo mostra queimadas em 1/3 das áreas de desmatamento ilegal alvo de ação do MPF

    Cerca de 1/3 das áreas de desmatamento ilegal identificadas pelo Ministério Público Federal no âmbito do projeto Amazônia Protege foram alvo de queimadas em 2019. Isso totaliza 170 mil hectares ilegalmente desmatados entre 2015 e 2017 que apresentaram focos de calor este ano. É o que mostra laudo técnico produzido pela equipe de peritos do órgão, a pedido da Câmara de Meio Ambiente e Patrimônio Cultural (4CCR/MPF). O estudo aponta que

Fontes renováveis podem reduzir em 70% as emissões do setor elétrico mundial até 2050

Por: Ruy Fontes – Agência #movidos Com o crescimento da população mundial e sua necessidade por energia elétrica para os próximos anos, as emissões do setor elétrico são um problema que precisa de solução. Segundo estudo da Agência Internacional de Energias Renováveis (IRENA), com 2/3 da geração mundial por renováveis até 2050, seria possível reduzir as emissões acumuladas do setor em 70%. Intitulado Pessoas, Planeta e Prosperidade, o estudo detalha os benefícios das

Jovem brasileira vence prêmio global da ONU com solução solar para purificar a água da chuva captada em cisternas

  A brasileira Anna Luisa Beserra, de 21 anos, fundadora do Aqualuz, venceu o Prêmio Jovens Campeões da Terra da ONU Meio Ambiente por desenvolver um dispositivo que purifica, por meio de radiação solar, a água da chuva captada em cisternas. A falta de água potável é uma realidade que afeta mais de 1 milhão de pessoas no Brasil. Com o filtro Aqualuz, a água de cisternas é purificada por meio de

Top