Em campanha histórica, Etiópia planta mais de 350 milhões de árvores em um dia

 

FAO/Giulio Napolitano A agência da ONU Aponta que as árvores fornecem muitos serviços ecossistêmicos e benefícios ambientais para o planeta como um todo.
FAO/Giulio Napolitano – A agência da ONU aponta que as árvores fornecem muitos serviços ecossistêmicos e benefícios ambientais para o planeta como um todo.

 

País conseguiu estabelecer novo recorde mundial; iniciativa visa combater os efeitos do desmatamento e da mudança climática na Etiópia.

ONU News

Em um dia recorde esta semana, no Jardim Botânico Gulele, em Adis Abeba, a Etiópia lançou uma campanha histórica de plantio de árvores.

Mais de 350 milhões de árvores foram plantadas em um movimento para combater os efeitos do desmatamento e da mudança climática. As Nações Unidas estimam que a cobertura florestal da Etiópia diminuiu drasticamente para apenas 4% na década de 2000, de 35% um século antes.

Legado Verde

O evento faz parte da Iniciativa Legado Verde do primeiro ministro etíope, Abiy Ahmed. O objetivo inicial era plantar 200 milhões de árvores em um único dia em mil locais espalhados pelo todo o país.

Ahmed parabenizou a Etiópia não apenas cumprir sua meta coletiva do Legado Verde, mas também por superá-la.

O ministro da Inovação e Tecnologia do país, Getahun Mekuria, disse que as mais de 350 milhões de árvores foram plantadas em 12 horas. A ação teria quebrando o recorde mundial que a Índia mantinha desde 2016, que era de 50 milhões de árvores plantadas em um dia.

Reflorestamento

Para a diretora do Escritório do Programa da ONU para o Meio Ambiente, Pnuma, na África, Juliette Biao Koudenoukpo, “o reflorestamento é a solução mais eficaz para a mudança climática até hoje e com o novo recorde estabelecido pela Etiópia, outros países africanos devem agir com velocidade e desafiar o status quo.”

Koudenoukpo acrescentou que “a África tem o que é preciso para liderar esse impulso global e, como o continente mais afetado e vulnerável, a mitigação das mudanças climáticas deve ser prioridade máxima”.

A representante destacou que o Pnuma está “assumindo a liderança para ajudar a capacitar as nações e as pessoas a aplicarem eles próprios às estratégias de florestamento e mitigação das mudanças climáticas.”

Árvores

A agência da ONU Aponta que as árvores fornecem muitos serviços ecossistêmicos e benefícios ambientais para o planeta como um todo. À medida que crescem, absorvem e armazenam dióxido de carbono, um dos principais motores do aquecimento global.

Em um artigo científico publicado na revista Science, os pesquisadores estimam que um programa mundial de plantio de árvores poderia remover dois terços de todas as emissões que foram lançadas na atmosfera como resultado das atividades humanas.

O Pnuma destaca ainda que pesquisadores descobriram que o plantio de árvores estava entre as estratégias mais eficazes para a mitigação das mudanças climáticas e é também considerado a maior e mais barata forma de enfrentar a crise climática.

Campanhas

Muitos países africanos passaram recentemente a participar de campanhas massivas de plantação de árvores, incluindo o Quênia. Com o apoio do Pnuma, o país lançou a “Iniciativa Greening Quênia” para reverter o declínio da cobertura florestal.

O Pnuma trabalha com países em todo o continente para replicar essas iniciativas para deter o desmatamento e aumentar a cobertura florestal.

A agência da ONU acredita que isso é crucial para honrar os compromissos dos países africanos de mitigar a mudança climática e contribuir para a Década das Nações Unidas sobre Restauração de Ecossistemas.

Além do Pnuma, o evento de plantação de árvores da Etiópia contou com a presença de representante da Comissão Econômica da ONU para a África, de outras agências das Nações Unidas e diversas organizações internacionais.

Da ONU News, in EcoDebate, ISSN 2446-9394, 05/08/2019

Em campanha histórica, Etiópia planta mais de 350 milhões de árvores em um dia, in EcoDebate, ISSN 2446-9394, 5/08/2019, https://www.ecodebate.com.br/2019/08/05/em-campanha-historica-etiopia-planta-mais-de-350-milhoes-de-arvores-em-um-dia/.

 

PUBLICIDADE / CONTEÚDO RELACIONADO



 

[CC BY-NC-SA 3.0][ O conteúdo da EcoDebate pode ser copiado, reproduzido e/ou distribuído, desde que seja dado crédito ao autor, à EcoDebate e, se for o caso, à fonte primária da informação ]

Inclusão na lista de distribuição do Boletim Diário da revista eletrônica EcoDebate, ISSN 2446-9394,

Caso queira ser incluído(a) na lista de distribuição de nosso boletim diário, basta enviar um email para newsletter_ecodebate+subscribe@googlegroups.com . O seu e-mail será incluído e você receberá uma mensagem solicitando que confirme a inscrição.

O EcoDebate não pratica SPAM e a exigência de confirmação do e-mail de origem visa evitar que seu e-mail seja incluído indevidamente por terceiros.

Remoção da lista de distribuição do Boletim Diário da revista eletrônica EcoDebate

Para cancelar a sua inscrição neste grupo, envie um e-mail para newsletter_ecodebate+unsubscribe@googlegroups.com ou ecodebate@ecodebate.com.br. O seu e-mail será removido e você receberá uma mensagem confirmando a remoção. Observe que a remoção é automática mas não é instantânea.

Um comentário em “Em campanha histórica, Etiópia planta mais de 350 milhões de árvores em um dia

  1. A recuperação das condições de vida em nosso planeta

    É inquestionável que as árvores fornecem muitos serviços ecossistêmicos e benefícios ambientais para o nosso planeta, mas a tentativa de evitar o aquecimento global e a consequente destruição das condições de vida na Terra apenas com campanhas de reflorestamento, sem um controle eficiente de natalidade humana e outras medidas protetivas, tais como proibição do uso de agrotóxico, controle das emissões de gases e destinação adequada de resíduos é utópica. Como os citados serviços não podem ser realizados pelo regime capitalista, cujo único objetivo é a obtenção de lucro, concluímos que somente após a implantação do regime socialista na Terra será possível a adoção de medidas que protejam nosso planeta de iminente colapso. Mas, considerando que a implantação do regime socialista só ocorreria após vitória de revolução desencadeada pela classe trabalhadora, e que essa classe está aprisionada pelas crenças religiosas e pela ideologia capitalista, vemos que a recuperação das condições de vida em nosso planeta se apresenta para nós, infelizmente, como problema sem solução.
    Serei grato se me provarem o contrário.

Deixe uma resposta

Top