Expansão da infraestrutura rodoviária amplia o desmatamento na Bacia do Congo

Caros Colegas,

Indico um novo artigo online, na Nature Sustainability, que avalia a expansão das estradas na vasta Bacia do Congo. Um comunicado de imprensa também está anexado.

Algumas conclusões importantes:

1 Desde 2003, quase 100.000 quilômetros de novas estradas foram construídos na Bacia do Congo.

2 Em média, a taxa de destruição florestal associada a novas estradas quadruplicou ao longo do tempo.

3 Na República Democrática do Congo (RDC), novas estradas levam a 2 a 3 vezes mais desmatamento do que em outras nações do Congo.

4 A RDC recentemente vendeu 1,6 milhão de acres (650.000 hectares) de novas concessões madeireiras para as empresas madeireiras chinesas.

5 Um rápido influxo de investimento estrangeiro da China e de outras nações, muitas vezes focado na exploração de madeira, minerais e combustíveis fósseis, é uma ameaça crítica aos ecossistemas do Congo. Por causa da corrupção generalizada, muitos projetos de alto risco estão sendo aprovados em nações africanas.

6 Há um escopo considerável para melhorar a sustentabilidade das operações de corte seletivo, fechando estradas de desmatamento em desuso. Isso reduz drasticamente o desmatamento e limita a caça ilegal.

7 Com exceção da RDC, as concessões madeireiras no Congo têm menos desmatamento e taxas mais altas de abandono de estradas e recuperação florestal do que as áreas fora das concessões.

8 Muitas espécies de animais selvagens, como elefantes da floresta, gorilas e chimpanzés, são altamente vulneráveis às tendências atuais e futuras de expansão das estradas.

9 A menos que seja limitado por um melhor planejamento e aplicação da lei, a expansão das estradas levará a grandes aumentos nas emissões de carbono oriundas da interrupção das florestas, especialmente em áreas remotas do Congo que serão abertas por novas estradas.

Obrigado,

Bill

William F. Laurance, PhD, FAA, FAAAS, FRSQ
Distinguished Research Professor
Australian Laureate & Prince Bernhard Chair in International Nature Conservation (Emeritus)
Director of the Centre for Tropical Environmental and Sustainability Science (TESS)
Director of ALERT (ALERT-conservation.org)

College of Science and Engineering
James Cook University
Cairns, Queensland 4878, Australia

Referência:

Fritz Kleinschroth, Nadine Laporte, William F. Laurance, Scott Goetz, and Jaboury Ghazoul. 2019. Road expansion and persistence in forests of the Congo Basin. Nature Sustainability, https://www.nature.com/articles/s41893-019-0310-6

 

bacia do rio Congo
Bacia do rio Congo. Imagem: Wikimedia

 

in EcoDebate, ISSN 2446-9394, 25/06/2019

Expansão da infraestrutura rodoviária amplia o desmatamento na Bacia do Congo

, in EcoDebate, ISSN 2446-9394, 25/06/2019, https://www.ecodebate.com.br/2019/06/25/expansao-da-infraestrutura-rodoviaria-amplia-o-desmatamento-na-bacia-do-congo/.

 

[CC BY-NC-SA 3.0][ O conteúdo da EcoDebate pode ser copiado, reproduzido e/ou distribuído, desde que seja dado crédito ao autor, à EcoDebate e, se for o caso, à fonte primária da informação ]

Inclusão na lista de distribuição do Boletim Diário da revista eletrônica EcoDebate, ISSN 2446-9394,

Caso queira ser incluído(a) na lista de distribuição de nosso boletim diário, basta enviar um email para newsletter_ecodebate+subscribe@googlegroups.com . O seu e-mail será incluído e você receberá uma mensagem solicitando que confirme a inscrição.

O EcoDebate não pratica SPAM e a exigência de confirmação do e-mail de origem visa evitar que seu e-mail seja incluído indevidamente por terceiros.

Remoção da lista de distribuição do Boletim Diário da revista eletrônica EcoDebate

Para cancelar a sua inscrição neste grupo, envie um e-mail para newsletter_ecodebate+unsubscribe@googlegroups.com ou ecodebate@ecodebate.com.br. O seu e-mail será removido e você receberá uma mensagem confirmando a remoção. Observe que a remoção é automática mas não é instantânea.

Top