Nova tecnologia de energia das ondas pode ajudar a gerar eletricidade de baixo custo

 

Tecnologia de energia das ondas – O novo dispositivo custa menos que os designs convencionais, tem menos partes móveis e é feito de materiais duráveis.

Foi concebido para ser incorporado nos sistemas de energia oceânica existentes e pode converter a energia das ondas em eletricidade.

University of Edinburgh*

Experimentos de pequena escala em um simulador oceânico mostram que um dispositivo de tamanho completo poderia gerar o equivalente a 500 kW, eletricidade suficiente para cerca de 100 residências.

Engenheiros dizem que seu projeto poderia ser usado em frotas de estruturas de baixo custo e facilmente mantidas no mar em décadas, para aproveitar as fortes ondas em águas escocesas.

Membranas flexíveis

Engenheiros da Universidade de Edimburgo e da Itália desenvolveram seu dispositivo – conhecido como Gerador de Elastômero Dielétrico (DEG) [ no original: Dielectric Elastomer Generator ] – usando membranas flexíveis de borracha.

Ele é projetado para caber em cima de um tubo vertical que, quando colocado no mar, preenche parcialmente com água que sobe e desce com o movimento das ondas.

Quando as ondas passam pelo tubo, a água dentro empurra o ar preso para cima para inflar e desinflar o gerador na parte superior do dispositivo.

Como a membrana infla, uma voltagem é gerada. Isso aumenta à medida que a membrana se esvazia e a eletricidade é produzida. Em um dispositivo comercial, essa eletricidade seria transportada para a costa por meio de cabos submarinos.

Testes de água

Uma versão reduzida do sistema foi testada na instalação FloWave da Universidade de Edimburgo, um tanque circular de 25 m de diâmetro que pode reproduzir qualquer combinação de ondas e correntes oceânicas.

O sistema poderia substituir projetos convencionais, envolvendo turbinas de ar complexas e peças móveis caras.

O estudo, publicado no Proceedings of the Royal Society A, foi realizado em colaboração com as Universidades de Trento, Bolonha e Scuola Superiore Sant’Anna Pisa, na Itália.

Foi apoiado pelo programa Horizonte 2020 da União Europeia e pela Wave Energy Scotland.

A energia das ondas é um recurso potencialmente valioso no entorno da costa da Escócia, e o desenvolvimento de sistemas que aproveitem isso poderia desempenhar um papel valioso na produção de energia limpa para as gerações futuras. Professor David Ingram, University of Edinburgh’s School of Engineering

 

Esta é uma imagem esquemática de um dispositivo conversor de energia das ondas
Esta é uma imagem esquemática de um dispositivo conversor de energia das ondas que está sendo desenvolvido por pesquisadores das Universidades de Trento, Bolonha e Edimburgo e Scuola Superiore Sant’Anna Pisa.

 

Referência:
Modelling and testing of a wave energy converter based on dielectric elastomer generators
Giacomo Moretti , Gastone Pietro Rosati Papini , Luca Daniele , David Forehand , David Ingram , Rocco Vertechy and Marco Fontana
Published: 13 February 2019
https://doi.org/10.1098/rspa.2018.0566

 

* Tradução e edição de Henrique Cortez, EcoDebate

in EcoDebate, ISSN 2446-9394, 13/02/2019

Nova tecnologia de energia das ondas pode ajudar a gerar eletricidade de baixo custo, in EcoDebate, ISSN 2446-9394, 13/02/2019, https://www.ecodebate.com.br/2019/02/13/nova-tecnologia-de-energia-das-ondas-pode-ajudar-a-gerar-eletricidade-de-baixo-custo/.

 

[CC BY-NC-SA 3.0][ O conteúdo da EcoDebate pode ser copiado, reproduzido e/ou distribuído, desde que seja dado crédito ao autor, à EcoDebate e, se for o caso, à fonte primária da informação ]

Inclusão na lista de distribuição do Boletim Diário da revista eletrônica EcoDebate, ISSN 2446-9394,

Caso queira ser incluído(a) na lista de distribuição de nosso boletim diário, basta enviar um email para newsletter_ecodebate+subscribe@googlegroups.com . O seu e-mail será incluído e você receberá uma mensagem solicitando que confirme a inscrição.

O EcoDebate não pratica SPAM e a exigência de confirmação do e-mail de origem visa evitar que seu e-mail seja incluído indevidamente por terceiros.

Remoção da lista de distribuição do Boletim Diário da revista eletrônica EcoDebate

Para cancelar a sua inscrição neste grupo, envie um e-mail para newsletter_ecodebate+unsubscribe@googlegroups.com ou ecodebate@ecodebate.com.br. O seu e-mail será removido e você receberá uma mensagem confirmando a remoção. Observe que a remoção é automática mas não é instantânea.

Top