Como a ‘ecologia das estradas’ pode ajudar a salvar mamíferos marinhos e tubarões

 

Navios atracados no Porto de Santos, em São Paulo. Foto: EBC
Navios atracados no Porto de Santos, em São Paulo. Foto: EBC

 

Caros Colegas,

Desculpas por outro envio, mas este artigo [Consequences of global shipping traffic for marine giants] é realmente incomum. Apesar de aparecer em uma destacada publicação, provavelmente não cruzaria seu radar e, por isto, chamo a atenção para vocês.

Aqui, os coautores e eu aplicamos uma perspectiva de “ecologia de estradas” para estudar como o tráfego de navegação global está pondo em perigo grandes animais marinhos e o que pode ser feito para reduzir essas ameaças.

Por um lado, isso mostra que quando se combina duas disciplinas completamente diferentes – neste caso, a ecologia das estradas com a ecologia marinha – pode-se aprender coisas novas e surpreendentes.

O tráfego marítimo está aumentando dramaticamente em todo o mundo, e o potencial de navios que se movem rapidamente em matar ou perturbar grandes mamíferos marinhos e tubarões durante suas migrações anuais e outros movimentos está claramente aumentando.

É útil que os ecologistas de estradas saibam que nossa pesquisa pode ajudar a projetar estratégias para melhorar o transporte global – para que os navios possam evitar a destruição ou perturbação de animais marinhos gigantes, como as grandes baleias, os tubarões-baleia e os tubarões-frade.

Pode-se ver um número surpreendente de outras novas perspectivas no artigo.

Por favor, se for o caso, indiquem o artigo para outras pessoas que estariam interessadas.

Tudo de bom a todos(as)

Bill

William F. Laurance, PhD, FAA, FAAAS, FRSQ
Distinguished Research Professor
Australian Laureate & Prince Bernhard Chair in International Nature Conservation (Emeritus)
Director of the Centre for Tropical Environmental and Sustainability Science (TESS)
Director of ALERT (ALERT-conservation.org)

Referência:

Consequences of global shipping traffic for marine giants
Vanessa Pirotta Alana Grech Ian D Jonsen William F Laurance Robert G Harcourt
Front Ecol Environ 2019; 17(1): 39–47, doi:10.1002/fee.1987
First published: 05 December 2018
https://doi.org/10.1002/fee.1987

 

in EcoDebate, ISSN 2446-9394, 08/02/2019

"Como a ‘ecologia das estradas’ pode ajudar a salvar mamíferos marinhos e tubarões," in EcoDebate, ISSN 2446-9394, 8/02/2019, https://www.ecodebate.com.br/2019/02/08/como-a-ecologia-das-estradas-pode-ajudar-a-salvar-mamiferos-marinhos-e-tubaroes/.

 

[CC BY-NC-SA 3.0][ O conteúdo da EcoDebate pode ser copiado, reproduzido e/ou distribuído, desde que seja dado crédito ao autor, à EcoDebate e, se for o caso, à fonte primária da informação ]

Inclusão na lista de distribuição do Boletim Diário da revista eletrônica EcoDebate, ISSN 2446-9394,

Caso queira ser incluído(a) na lista de distribuição de nosso boletim diário, basta enviar um email para newsletter_ecodebate+subscribe@googlegroups.com . O seu e-mail será incluído e você receberá uma mensagem solicitando que confirme a inscrição.

O EcoDebate não pratica SPAM e a exigência de confirmação do e-mail de origem visa evitar que seu e-mail seja incluído indevidamente por terceiros.

Remoção da lista de distribuição do Boletim Diário da revista eletrônica EcoDebate

Para cancelar a sua inscrição neste grupo, envie um e-mail para newsletter_ecodebate+unsubscribe@googlegroups.com ou ecodebate@ecodebate.com.br. O seu e-mail será removido e você receberá uma mensagem confirmando a remoção. Observe que a remoção é automática mas não é instantânea.

Top