Extremos climáticos serão mais frequentes com o aquecimento global

 

Extremos climáticos – Estudo examina o papel dos sistemas estacionários de baixa e alta pressão

 

Milho seco no Texas em dezembro de 2016. Foto: Bob Nichols / USDA
Milho seco no Texas em dezembro de 2016. Foto: Bob Nichols / USDA

 

Rutgers, The State University of New Jersey*

Projeção indica que o aquecimento global irá gerar um clima mais úmido e seco ao redor do mundo, de acordo com um estudo liderado pela Rutgers.

Esses extremos incluem períodos de seca mais frequentes no noroeste, centro e sul dos Estados Unidos e no México, e eventos pluviométricos mais frequentes no sul da Ásia, na península da Indochina e no sul da China.

Uma razão – ondas estacionárias subtropicais nos verões do norte, de acordo com o estudo do Journal of Climate . Essas ondas planetárias são compostas de sistemas de alta pressão persistentes no norte do Pacífico e do Atlântico Norte e sistemas persistentes de baixa pressão sobre a Eurásia e a América do Norte, diz o estudo. Os sistemas de alta pressão fornecem condições persistentes para o tempo seco, enquanto os sistemas de baixa pressão alimentam o clima úmido.

A intensidade das ondas estacionárias subtropicais durante os verões do norte aumentou de 1979 a 2013, e as projeções sugerem que o aumento irá acelerar à medida que o clima se aquece, diz o estudo.

“As ondas estacionárias subtropicais cada vez mais fortes desempenham um papel importante na explicação do aumento do clima extremamente seco na América do Norte e do clima extremamente úmido no sul e sudeste da Ásia”, disse o autor principal do estudo, Jiacan Yuan , um associado de pós-doutorado no Departamento de Terra e Ciências planetárias na Rutgers University-New Brunswick e no Rutgers Institute of Earth, Ocean e Atmospheric Sciences .

Ondas estacionárias subtropicais podem servir como um elo importante conectando secas regionais e eventos extremos de chuvas com o aquecimento global, diz o estudo. Tais extremos, que aumentaram significativamente nas últimas décadas por causa do aquecimento do clima, podem causar enormes perdas econômicas e ameaçar vidas.

Exemplos de eventos extremos incluem inundações catastróficas no sul da Ásia durante a temporada de monções de 2017, quando cerca de 1.300 pessoas morreram e mais de 45 milhões de pessoas foram afetadas, de acordo com um relatório do Fundo das Nações Unidas para a Infância.

Uma severa seca afligiu o Texas em 2011, com perdas agrícolas diretas estimadas em US $ 5,2 bilhões pelo Texas AgriLife Extension Service.

Referência:
Yuan, J., W. Li, R.E. Kopp, and Y. Deng, 0: Response of subtropical stationary waves and hydrological extremes to climate warming in boreal summer. J. Climate, 0, https://doi.org/10.1175/JCLI-D-17-0401.1

 

* Tradução e edição de Henrique Cortez, EcoDebate.

in EcoDebate, ISSN 2446-9394, 05/10/2018

"Extremos climáticos serão mais frequentes com o aquecimento global," in EcoDebate, ISSN 2446-9394, 5/10/2018, https://www.ecodebate.com.br/2018/10/05/extremos-climaticos-serao-mais-frequentes-com-o-aquecimento-global/.

 

[CC BY-NC-SA 3.0][ O conteúdo da EcoDebate pode ser copiado, reproduzido e/ou distribuído, desde que seja dado crédito ao autor, à EcoDebate e, se for o caso, à fonte primária da informação ]

Inclusão na lista de distribuição do Boletim Diário da revista eletrônica EcoDebate, ISSN 2446-9394,

Caso queira ser incluído(a) na lista de distribuição de nosso boletim diário, basta enviar um email para newsletter_ecodebate+subscribe@googlegroups.com . O seu e-mail será incluído e você receberá uma mensagem solicitando que confirme a inscrição.

O EcoDebate não pratica SPAM e a exigência de confirmação do e-mail de origem visa evitar que seu e-mail seja incluído indevidamente por terceiros.

Remoção da lista de distribuição do Boletim Diário da revista eletrônica EcoDebate

Para cancelar a sua inscrição neste grupo, envie um e-mail para newsletter_ecodebate+unsubscribe@googlegroups.com ou ecodebate@ecodebate.com.br. O seu e-mail será removido e você receberá uma mensagem confirmando a remoção. Observe que a remoção é automática mas não é instantânea.

Top