Extensão de gelo do Ártico no verão de 2018 é a sexta menor já registrada

Em 19 e 23 de setembro, o mar Ártico atingiu sua menor dimensão sazonal do ano: 4,59 milhões de quilômetros quadrados (1,77 milhão de milhas quadradas). Isto empata 2018 com 2008 e 2010 na sexta menor dimensão mínima nos quase 40 anos de monitoramento por satélite.

NASA – Centro Nacional de Dados sobre Neve e Gelo*

Em 19 e 23 de setembro de 2018, a extensão do gelo marinho diminuiu para 4,59 milhões de quilômetros quadrados (1,77 milhão de milhas quadradas), empatando com 2008 e 2010 como a sexta menor dimensão registrada por satélite. Esta parece ser a menor dimensão do ano. Reagindo ao sol poente e às quedas de temperatura, a extensão do gelo começará a crescer durante o outono e o inverno. Contudo, uma mudança na direção do vento ou um período de derretimento tardio ainda poderiam diminuir a dimensão do gelo.

A extensão mínima foi alcançada 5 e 9 dias após 14 de setembro, data em que ela em média ocorreu entre 1981 e 2010. O intervalo interquartil das datas de extensão mínima é de 11 a 19 de setembro. A data de extensão mínima deste ano, 23 de setembro, é uma das mais tardias no registro dos satélites, empatando com 1997. Tal atraso aparenta ser ao menos parcialmente causado por ventos do sul, vindos do mar Siberiano Oriental, que trouxeram ar quente para a região e impediram o gelo de derivar ou crescer em direção ao sul.

A extensão mínima deste ano classificou-se atrás de 2015 (quinta menor), 2011 (quarta menor), 2007 e 2016 (empatados como segundas menores) e 2012 (a menor já registrada). Além do mais, todas as doze menores dimensões, na era do satélite, ocorreram nos últimos doze anos.

 

Figura 1a. A extensão do gelo marinho do Ártico em 23 de setembro de 2018 foi de 4,59 milhões de quilômetros quadrados (1,77 milhão de milhas quadradas). A linha laranja mostra a dimensão média deste dia entre os anos de 1981 e 2010. Crédito: Centro Nacional de Dados sobre Neve e Gelo
Figura 1a. A extensão do gelo marinho do Ártico em 23 de setembro de 2018 foi de 4,59 milhões de quilômetros quadrados (1,77 milhão de milhas quadradas). A linha laranja mostra a dimensão média deste dia entre os anos de 1981 e 2010. Crédito: Centro Nacional de Dados sobre Neve e Gelo
Figura 1b. O mapa acima compara a extensão do gelo marinho do Ártico nos dias 19 e 23 de setembro de 2018, quando este atingiu sua dimensão mínima deste ano. Crédito: Centro Nacional de Dados sobre Neve e Gelo
Figura 1b. O mapa acima compara a extensão do gelo marinho do Ártico nos dias 19 e 23 de setembro de 2018, quando este atingiu sua dimensão mínima deste ano. Crédito: Centro Nacional de Dados sobre Neve e Gelo

Condições em contexto

O mínimo deste ano, em 23 de setembro, foi 1,2 milhão de quilômetros quadrados (463 mil milhas quadradas) acima da extensão mínima registrada na era do satélite, que ocorreu em 17 de setembro de 2012 e 1,63 milhão de quilômetros quadrados (629 mil milhas quadradas) abaixo da média de extensão mínima entre 1981 e 2010.

 

Figura 2. O gráfico acima mostra a dimensão do gelo marinho do Ártico em 23 de setembro de 2018, juntamente com os dados da extensão diária do gelo nos quatro últimos anos e as menores extensões de cada ano. 2018 está em azul, 2017 em verde, 2016 em laranja, 2015 em marrom, 2014 em roxo e 2012 em marrom tracejado. A média de 1981 a 2010 está em cinza escuro. As áreas cinzentas em torno da linha média mostram os intervalos interquartil e interdecil dos dados. Crédito: Centro Nacional de Dados sobre Neve e Gelo
Figura 2. O gráfico acima mostra a dimensão do gelo marinho do Ártico em 23 de setembro de 2018, juntamente com os dados da extensão diária do gelo nos quatro últimos anos e as menores extensões de cada ano. 2018 está em azul, 2017 em verde, 2016 em laranja, 2015 em marrom, 2014 em roxo e 2012 em marrom tracejado. A média de 1981 a 2010 está em cinza escuro. As áreas cinzentas em torno da linha média mostram os intervalos interquartil e interdecil dos dados. Crédito: Centro Nacional de Dados sobre Neve e Gelo

As doze extensões mínimas do gelo marinho do Ártico (monitoramento por satélite, de 1979 até o presente)

Tabela 1. As doze extensões mínimas do gelo marinho do Ártico (monitoramento por satélite, de 1979 até o presente)

CLASSIFICAÇÃO

ANO

EXTENSÃO MÍNIMA DE GELO

DATA

EM MILHÕES DE QUILÔMETROS QUADRADOS

EM MILHÕES DE MILHAS QUADRADAS

1

2012

3,39

1,31

17 de set.

2

2007
2016

4,16
4,17

1,61
1,61

18 de set.
10 de set.

4

2011

4,34

1,68

11 de set.

5

2015

4,43

1,71

9 de set.

6

2008
2018
2010

4,59
4,59
4,62

1,77
1,77
1,78

19 de set.
19 e 23 de set.
21 de set.

9

2017

4,67

1,80

13 de set.

10

2014
2013

5,03
5,05

1,94
1,95

17 de set.
13 de set.

12

2009

5,12

1,98

13 de set.

Os valores abaixo de 40 mil quilômetros quadrados (15 mil milhas quadradas) são considerados como empate. O valor de 2017 mudou de 4,64 para 4,67 milhões de quilômetros quadrados (1,6 milhas quadradas)quando os dados da última análise atualizaram os dados em tempo quase real.

* Tradução de Ivy do Carmo, Magma Translation (magmatranslation.com)

 

in EcoDebate, ISSN 2446-9394, 04/10/2018

Extensão de gelo do Ártico no verão de 2018 é a sexta menor já registrada, in EcoDebate, ISSN 2446-9394, 4/10/2018, https://www.ecodebate.com.br/2018/10/04/extensao-de-gelo-do-artico-no-verao-de-2018-e-a-sexta-menor-ja-registrada/.

 

[CC BY-NC-SA 3.0][ O conteúdo da EcoDebate pode ser copiado, reproduzido e/ou distribuído, desde que seja dado crédito ao autor, à EcoDebate e, se for o caso, à fonte primária da informação ]

Inclusão na lista de distribuição do Boletim Diário da revista eletrônica EcoDebate, ISSN 2446-9394,

Caso queira ser incluído(a) na lista de distribuição de nosso boletim diário, basta enviar um email para newsletter_ecodebate+subscribe@googlegroups.com . O seu e-mail será incluído e você receberá uma mensagem solicitando que confirme a inscrição.

O EcoDebate não pratica SPAM e a exigência de confirmação do e-mail de origem visa evitar que seu e-mail seja incluído indevidamente por terceiros.

Remoção da lista de distribuição do Boletim Diário da revista eletrônica EcoDebate

Para cancelar a sua inscrição neste grupo, envie um e-mail para newsletter_ecodebate+unsubscribe@googlegroups.com ou ecodebate@ecodebate.com.br. O seu e-mail será removido e você receberá uma mensagem confirmando a remoção. Observe que a remoção é automática mas não é instantânea.

Top