EcoDebate lança aplicativo de notícias ambientais

 

 

EcoDebate lança aplicativo de notícias ambientais

Henrique Cortez e Regina Lima são jornalistas pioneiros na cobertura de meio ambiente e sustentabilidade no Brasil. Responsáveis pelo site de notícias EcoDebate desde 2005, com redação no Rio de Janeiro, comemoram em agosto 3 mil edições publicadas. E inovando no mercado editorial especializado, lançam o Aplicativo EcoDebate, que já está disponível para Android no Google Play.

O Aplicativo EcoDebate, além de dar acesso rápido a notícias e artigos, torna mais prático o compartilhamento, inclusive, pelo Whatsapp. O conteúdo jornalístico é todo focado nas questões socioambientais, produzido por especialistas nas pautas globais e políticas públicas relacionadas no Brasil, como aquecimento global, mudanças climáticas, energia limpa, poluição, pegada ecológica, preservação e conservação de recursos naturais, desenvolvimento sustentável.

A tecnologia já é aliada da causa ambiental, só que com aplicativos que auxiliam na adoção de boas práticas ambientais, na diminuição cotidiana do impacto ambiental e na mudança para uma vida sustentável. O Aplicativo EcoDebate se diferencia pelo jornalismo ambiental de linha editorial definida como uma dose diária de cidadania e meio ambiente com abordagem transversal e analítica: noticioso, opinativo e técnico.

Conteúdo relevante no site, nas redes sociais e na palma da mão

EcoDebate é um projeto sem fins lucrativos, desenvolvido para socializar informação socioambiental e conceituado para ser uma ferramenta de incentivo ao conhecimento e à reflexão. O conteúdo é Copyleft, pode ser copiado, reproduzido e/ou distribuído com crédito do autor, do EcoDebate e/ou da fonte primária da informação.

Com a variedade de informações circulando, sob o risco do fácil consumo de fake news, produzir conteúdo relevante para a sociedade é um desafio necessário. Para Henrique Cortez, editor do EcoDebate, o aplicativo é mais um recurso para facilitar acesso e ampliar a audiência, com rapidez, praticidade e segurança, integrado ao site e às redes sociais. “Acreditamos firmemente na socialização da informação socioambiental, por isso é gratuito o acesso ao conteúdo diário e ao banco de dados de matérias e artigos, de forma a contribuir para que nossos leitores possam construir seus próprios conhecimentos e consciência crítica da realidade.”

Serviço:

Acesso ao Aplicativo EcoDebate http://bit.ly/AplicativoEcoDebateGooglePlay

Portal EcoDebate https://www.ecodebate.com.br/

Para outras informações henriquecortez@ecodebate.com.br

Assessoria de Imprensa

Beatriz Diniz [ JP 24133/RJ]

 

aplicativo EcoDebate de notícias ambientais 1 aplicativo EcoDebate de notícias ambientais 2 aplicativo EcoDebate de notícias ambientais 3

 

 

in EcoDebate, ISSN 2446-9394, 04/07/2018

 

[CC BY-NC-SA 3.0][ O conteúdo da EcoDebate pode ser copiado, reproduzido e/ou distribuído, desde que seja dado crédito ao autor, à EcoDebate e, se for o caso, à fonte primária da informação ]

Inclusão na lista de distribuição do Boletim Diário da revista eletrônica EcoDebate, ISSN 2446-9394,

Caso queira ser incluído(a) na lista de distribuição de nosso boletim diário, basta enviar um email para newsletter_ecodebate+subscribe@googlegroups.com . O seu e-mail será incluído e você receberá uma mensagem solicitando que confirme a inscrição.

O EcoDebate não pratica SPAM e a exigência de confirmação do e-mail de origem visa evitar que seu e-mail seja incluído indevidamente por terceiros.

Remoção da lista de distribuição do Boletim Diário da revista eletrônica EcoDebate

Para cancelar a sua inscrição neste grupo, envie um e-mail para newsletter_ecodebate+unsubscribe@googlegroups.com ou ecodebate@ecodebate.com.br. O seu e-mail será removido e você receberá uma mensagem confirmando a remoção. Observe que a remoção é automática mas não é instantânea.

Um comentário em “EcoDebate lança aplicativo de notícias ambientais

  1. Parabéns pela iniciativa de lançar o aplicativo. Grato pelos serviços prestados. Espero que além da satisfação e realização pessoal e coletiva, o Portal Ecodebate esteja economicamente sustentável, proporcionando aos seus produtores recursos financeiros que propiciem uma vida digna.

    Um gde e ftn abç

    Paulo Mancini

Comentários encerrados.

Top