Novas turbinas eólicas são eficientes mesmo com pouco vento – os benefícios são cinco vezes maiores

 

Technical Research Centre of Finland (VTT)*

 

Novas turbinas eólicas são eficientes mesmo com pouco vento - os benefícios são cinco vezes maiores
Foto: VVT

 

O Centro de Pesquisa de Tecnologia da VTT (VTT) explorou os benefícios potenciais e econômicos da nova tecnologia de energia eólica. A tecnologia aumentaria grandemente os benefícios da energia eólica e permitiria a utilização competitiva da energia eólica na Finlândia.

Investimentos pesados estão sendo feitos em energia eólica, o que destaca a importância desta nova e competitiva tecnologia. A energia eólica é responsável por cerca de 4% do consumo global de eletricidade e por mais de 10% na Europa.

A VTT investigou o potencial de energia eólica da Finlândia e comparou várias gerações da tecnologia relacionada. Turbinas eólicas terrestres são frequentemente construídas em locais abertos, onde há vento suficiente. O problema é que ventos baixos não geram energia adequada. No entanto, a nova tecnologia agora permite torres mais altas e rotores maiores, ou seja, pás mais longas, do que a geração anterior de turbinas eólicas. A pesquisa da VTT revelou que as turbinas eólicas de nova geração também são razoavelmente eficientes em ventos baixos. Isso permitirá que as turbinas sejam localizadas mais livremente no futuro, por exemplo, em áreas florestais.

A nova tecnologia permitirá um aumento na energia eólica competitiva. Embora os custos de investimento das novas usinas sejam maiores do que antes, há um aumento de cinco vezes no potencial oferecido, comparado à tecnologia mais antiga. Com base nos mesmos pressupostos de custos, a nova tecnologia poderia cobrir todo o consumo de eletricidade da Finlândia (86 TWh), enquanto o potencial da tecnologia antiga era limitado a cerca de 16TWh. Além disso, as restrições de uso da terra não têm grande impacto na avaliação do potencial da nova tecnologia, uma vez que permitiria uma produção economicamente viável em mais locais do que antes.

‘Energia eólica suficiente está disponível na Finlândia. A tecnologia e as restrições de uso da terra afetam o potencial eólico disponível, isto é, a produção anual de energia. A questão fundamental é decidir até que ponto esse potencial é realizado. Na prática, a energia eólica destina-se a cobrir parte do consumo de eletricidade. O uso em larga escala de energia eólica exigirá novos tipos de soluções em todo o sistema de energia elétrica ”, afirma a cientista de pesquisa Erkka Rinne, da VTT.

A energia eólica é uma forma de energia renovável e a experiência da Finlândia na energia eólica do Árctico dá-lhe uma vantagem competitiva particular a este respeito. A VTT está desenvolvendo tecnologia de ponta que leva em conta os impactos e benefícios ambientais, por exemplo, das ferramentas e ajustes precisos possibilitados pela modelagem virtual de turbinas eólicas.

Referência:

Erkka Rinne, Hannele Holttinen, Juha Kiviluoma & Simo Rissanen.
Effects of Turbine Technology and Land Use on Wind Power Resource Potential.”
Nature Energy, 2018. doi:10.1038/s41560-018-0137-9.

 

*Tradução e edição de Henrique Cortez, EcoDebate.

in EcoDebate, ISSN 2446-9394, 12/06/2018

 

[CC BY-NC-SA 3.0][ O conteúdo da EcoDebate pode ser copiado, reproduzido e/ou distribuído, desde que seja dado crédito ao autor, à EcoDebate e, se for o caso, à fonte primária da informação ]

Inclusão na lista de distribuição do Boletim Diário da revista eletrônica EcoDebate, ISSN 2446-9394,

Caso queira ser incluído(a) na lista de distribuição de nosso boletim diário, basta enviar um email para newsletter_ecodebate+subscribe@googlegroups.com . O seu e-mail será incluído e você receberá uma mensagem solicitando que confirme a inscrição.

O EcoDebate não pratica SPAM e a exigência de confirmação do e-mail de origem visa evitar que seu e-mail seja incluído indevidamente por terceiros.

Remoção da lista de distribuição do Boletim Diário da revista eletrônica EcoDebate

Para cancelar a sua inscrição neste grupo, envie um e-mail para newsletter_ecodebate+unsubscribe@googlegroups.com ou ecodebate@ecodebate.com.br. O seu e-mail será removido e você receberá uma mensagem confirmando a remoção. Observe que a remoção é automática mas não é instantânea.

Top