Projetos financiados pela China ameaçam o orangotango Tapanuli, o macaco mais raro do mundo

 

Caros colegas,

Publicamos um breve artigo em Current Biology (anexo) que destaca ameaças crescentes – especialmente um projeto hidrelétrico apoiado por chineses – ao macaco mais raro do mundo, o orangotango Tapanuli, que ocorre apenas em uma minúscula partícula de floresta em Sumatra, na Indonésia. Menos de 800 indivíduos do macaco permanecem vivos.

Além disso, leia este breve artigo, que descreve como esse macaco em perigo é emblemático de um esforço muito maior e agressivo da China para impulsionar grandes projetos de infraestrutura na Ásia, África, Europa e no Pacífico – possivelmente a crise ambiental mais urgente do nosso tempo: https://theconversation.com/china-backed-sumatran-dam-threatens-the-rarest-ape-in-the-world-95874

 

Orangotango Tapanuli. Foto: Maxime Aliaga, in https://theconversation.com/china-backed-sumatran-dam-threatens-the-rarest-ape-in-the-world-95874

 

Para acessar o artigo ‘Newly Discovered Orangutan Species Requires Urgent Habitat Protection‘, clique no link:
180514 Sloan et al 2018-orangutan

Tudo de bom a todos(as),

Bill

William F. Laurance, PhD, FAA, FAAAS, FRSQ
Distinguished Research Professor
Australian Laureate & Prince Bernhard Chair in International Nature Conservation (Emeritus)
Director of the Centre for Tropical Environmental and Sustainability Science (TESS)
Director of ALERT (ALERT-conservation.org)

Centre for Tropical Environmental and Sustainability Science (TESS)
& College of Science and Engineering
James Cook University
Cairns, Queensland 4878, Australia

 

in EcoDebate, ISSN 2446-9394, 14/05/2018

 

[CC BY-NC-SA 3.0][ O conteúdo da EcoDebate pode ser copiado, reproduzido e/ou distribuído, desde que seja dado crédito ao autor, à EcoDebate e, se for o caso, à fonte primária da informação ]

Inclusão na lista de distribuição do Boletim Diário da revista eletrônica EcoDebate, ISSN 2446-9394,

Caso queira ser incluído(a) na lista de distribuição de nosso boletim diário, basta enviar um email para newsletter_ecodebate+subscribe@googlegroups.com . O seu e-mail será incluído e você receberá uma mensagem solicitando que confirme a inscrição.

O EcoDebate não pratica SPAM e a exigência de confirmação do e-mail de origem visa evitar que seu e-mail seja incluído indevidamente por terceiros.

Remoção da lista de distribuição do Boletim Diário da revista eletrônica EcoDebate

Para cancelar a sua inscrição neste grupo, envie um e-mail para newsletter_ecodebate+unsubscribe@googlegroups.com ou ecodebate@ecodebate.com.br. O seu e-mail será removido e você receberá uma mensagem confirmando a remoção. Observe que a remoção é automática mas não é instantânea.

Top