Resíduos de Construções e Demolições no Brasil em 2016, artigo de Antonio Silvio Hendges

 

artigo

 

[EcoDebate] Os dados a seguir tem como base o Panorama dos Resíduos Sólidos no Brasil em 2016, uma publicação da Associação das Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais – Abrelpe que anualmente divulga os dados estatísticos relacionados com suas atividades no país. Nos artigos anteriores, estão descritos os dados gerais e também os relacionados com a disposição final dos resíduos sólidos urbanos – RSU e outras informações complementares. Neste artigo estão descritos os dados referentes aos resíduos sólidos de construções e demolições – RCD.

O volume coletado não representa a totalidade dos RCD produzidos, pois grande parte dos municípios coletam somente os resíduos que são abandonados nos espaços públicos ou descartados irregularmente em áreas controladas. Parte significativa dos RCD ainda é disposta de formas irregulares em locais periféricos, às vezes pelas próprias empresas que os recolhem que não dispõe de espaços licenciados e adequados ao seu tratamento e reutilização.

Em 2016 foram coletadas 45,1 milhões de toneladas de RCD nos municípios brasileiros com diminuição de 0,08% em relação ao panorama anterior. O relatório da Abrelpe não possui informações sobre os destinos e tratamentos destes resíduos, limitando-se aos índices de coleta em toneladas/dia e geração per capita em Kg/habitante/dia para as regiões e para o país. Possivelmente estas informações não foram repassadas pelos municípios, considerando que muitos também não possuem espaços adequados e licenciados para o depósito e tratamento dos RCD e outros resíduos provenientes da limpeza urbana.

Região

2015 – RCD coletado (Ton/dia).

2015 – RCD per capita (Kg/hab/dia).

2016 – RCD coletado (Ton/dia).

2016 – RCD per capita (Kg/hab/dia).

Norte

4.736

0,271

4.720

0,266

Nordeste

24.310

0,430

24.387

0,428

Centro Oeste

13.916

0,901

13.813

0,882

Sudeste

64.097

0,748

63.981

0,741

Sul

16.662

0,570

16.718

0,568

Brasil

123.721

0,605

123.619

0,600

Tabela 1 – Resíduos de construções e demolições – RCD no Brasil em 2015 e 2016.

Fonte – Abrelpe.

No próximo artigo os resíduos dos serviços de saúde – RSS.

 

Antonio Silvio Hendges – Articulista no EcoDebate, professor de biologia e educação ambiental, pós graduação em auditorias ambientais, assessoria e consultoria em educação ambiental. Email: as.hendges@gmail.com – Blog: www.cenatecbrasil.blogspot.com.br

 

in EcoDebate, ISSN 2446-9394, 10/10/2017

"Resíduos de Construções e Demolições no Brasil em 2016, artigo de Antonio Silvio Hendges," in EcoDebate, ISSN 2446-9394, 10/10/2017, https://www.ecodebate.com.br/2017/10/10/residuos-de-construcoes-e-demolicoes-no-brasil-em-2016-artigo-de-antonio-silvio-hendges/.

 

[CC BY-NC-SA 3.0][ O conteúdo da EcoDebate pode ser copiado, reproduzido e/ou distribuído, desde que seja dado crédito ao autor, à EcoDebate e, se for o caso, à fonte primária da informação ]

Inclusão na lista de distribuição do Boletim Diário da revista eletrônica EcoDebate, ISSN 2446-9394,

Caso queira ser incluído(a) na lista de distribuição de nosso boletim diário, basta enviar um email para newsletter_ecodebate+subscribe@googlegroups.com . O seu e-mail será incluído e você receberá uma mensagem solicitando que confirme a inscrição.

O EcoDebate não pratica SPAM e a exigência de confirmação do e-mail de origem visa evitar que seu e-mail seja incluído indevidamente por terceiros.

Remoção da lista de distribuição do Boletim Diário da revista eletrônica EcoDebate

Para cancelar a sua inscrição neste grupo, envie um e-mail para newsletter_ecodebate+unsubscribe@googlegroups.com ou ecodebate@ecodebate.com.br. O seu e-mail será removido e você receberá uma mensagem confirmando a remoção. Observe que a remoção é automática mas não é instantânea.

Deixe uma resposta

Top