Índice da edição nº 2.776, 2017 [de 16/06/17]

    Os desafios da África Subsaariana em sete figuras, artigo de José Eustáquio Diniz Alves A corrupção está no 'DNA' da política partidária brasileira, artigo de Tadêu Santos Pesquisadores do IAG-USP destacam que Grande SP precisa controlar a emissão dos veículos a diesel ONU recomenda revisão de Medidas Provisórias que alteram limites de unidades de conservação Documentário: O plástico está cobrindo e destruindo nosso planeta Sem os jogos de cena de

Os desafios da África Subsaariana em sete figuras, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

    [EcoDebate] A ONU alerta para a situação dramática de cerca de 13 milhões de pessoas que estão ameaçadas pela fome na região do Sahel e, também, de 26 milhões de pessoas ameaçadas na África Subsaariana. O Sahel abarca uma faixa de 500 a 700 km de largura e 5 400 km de extensão, tendo o deserto do Saara, ao norte, e a savana do Sudão, ao sul; o oceano Atlântico,

A corrupção está no ‘DNA’ da política partidária brasileira, artigo de Tadêu Santos

    Parte I ...mediante os fatos infelizmente a corrupção, a bandidagem, o apego à propina, ao suborno, à falsidade, à sacanagem, ao cambalacho, as atitudes ideologicamente reacionárias e ambientalmente degradantes, à máfia da mentira, do ódio, da violência e de outras maldades incrustadas na vida política deste país, estou cada vez mais indignado com a classe política deste país...!!! O interessante é que ninguém admite, mesmo com toda roubalheira, quase que institucionalizada e

Pesquisadores do IAG-USP destacam que Grande SP precisa controlar a emissão dos veículos a diesel

    Por Maria Fernanda Ziegler - Agência FAPESP Os números continuam alarmantes. Mas o fato é que, mesmo que esteja longe de ser boa, a qualidade do ar na Grande São Paulo melhorou nos últimos 30 anos graças, principalmente, ao controle de emissões. Foi o que constatou a revisão da qualidade do ar na megalópole de São Paulo, publicada na revista Atmospheric Environment. O estudo é um resumo dos resultados alcançados no Projeto

ONU recomenda revisão de Medidas Provisórias que alteram limites de unidades de conservação

    Em visita ao Brasil, o diretor-executivo da ONU Meio Ambiente, Erik Solheim, recomendou ao presidente Michel Temer na segunda-feira (12) que altere ou vete o texto das Medidas Provisórias 756 e 758, ambas de 2016. Propostas foram ratificadas em maio de 2017 pelo Senado. Caso sancionadas pelo Executivo, reformas alterarão os limites da Floresta Nacional do Jamanxim, no Pará, e de outras unidades de conservação. Solheim falou sobre encontro com

Documentário: O plástico está cobrindo e destruindo nosso planeta

    Plástico é uma invenção maravilhosa porque dura bastante – e uma invenção terrível pelo mesmo motivo. Mais de 300 milhões de toneladas serão produzidas este ano. A maioria nunca é reciclada e permanece em nossa terra e nos nossos mares para sempre. Os detalhes nesse documentário.     Da ONU Brasil, in EcoDebate, ISSN 2446-9394, 16/06/2017   [CC BY-NC-SA 3.0][ O conteúdo da EcoDebate pode ser copiado, reproduzido e/ou distribuído, desde que seja dado crédito

Sem os jogos de cena de Donald Trump, ao menos quatro países deixam de honrar as metas do Acordo de Paris

  As duas formas de sair do Acordo de Paris: a espetaculosa e a sorrateira; análise de Luiz Marques [Jornal da Unicamp] ​​ Quais são as consequências para as mudanças climáticas globais da saída espetaculosa dos EUA do Acordo de Paris? Segundo o Banco Mundial, em 2012, os EUA emitiram 6,3 GtCO2-eq (bilhões de toneladas de gases de efeito estufa, ou GEE, expressos em termos equivalentes ao potencial de aquecimento global do

Agricultura de países em desenvolvimento sentiu 23% dos danos causados por desastres de média e grande escala

  ONU Novos números divulgados pela Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO) indicaram que 23% de todos os danos e prejuízos causados por desastres de média e grande escala no mundo foram registrados na agricultura de países em desenvolvimento no período de 2006 a 2016. No caso da seca, a agricultura respondeu por até 80% dos danos no mesmo período, uma indicação do severo impacto dos desastres naturais

Top