Índice da edição nº 2.743, 2017 [de 25/04/17]

    Sinais e Sintomas de Envenenamento por Agrotóxicos, artigo de Roberto Naime A 'comoditização’ do frete rodoviário de cargas e os custos socioambientais, por Wladimir Ferreira Salles, com introdução de Amyra El Khalili No meu tempo não havia Baleia Azul, artigo de Daniel Clemente Seca e Resiliência na África Oriental - Como os camponeses e pastores enfrentam a fome Bastaria pouco para evitar o processo que está causando o aquecimento global, aponta relatório do Climate

Sinais e Sintomas de Envenenamento por Agrotóxicos, artigo de Roberto Naime

    [EcoDebate] Sempre ocorre lembrar que as pessoas leigas e que exercem as mais variadas atividades, não podem ser expostas a reflexão similar a sintomatologia encontrada em sites especializados em medicina. Mas buscar determinar a ação dos agrotóxicos sobre a saúde humana, que costuma ser deletéria e muitas vezes fatal, provocando desde náuseas, tonteiras, dores de cabeça ou alergias até lesões renais e hepáticas, cânceres, alterações genéticas e doença de Parkinson, merece

A ‘comoditização’ do frete rodoviário de cargas e os custos socioambientais, por Wladimir Ferreira Salles, com introdução de Amyra El Khalili

A ‘comoditização’ do frete rodoviário de cargas e os custos socioambientais Por Wladimir Ferreira Salles Introdução - Amyra El Khalili,  Articulista do EcoDebate Eis um caso interessante que afeta toda a economia, principalmente os preços dos alimentos em todo o setor produtivo neste artigo do professor  da Fundação Getúlio Vargas (FGV-RJ), Wladimir Ferreira Salles. Vejam que o autor contextualiza a questão da “comoditização”, explicando o seu significado e os impactos sobre o setor de frete

No meu tempo não havia Baleia Azul, artigo de Daniel Clemente

[EcoDebate] “A minha geração não sofreu Bullying”. Essa afirmativa temporal é indicativa de um descolamento perceptivo da atualidade, desclassificando argumentos do presente utilizando-se do passado retratado e revivido pela memória. E existem casos onde diversos indivíduos também sofreram sistemática humilhação nas salas de aula em tempos anteriores, porém, possuem o mesmo discurso, “a minha geração não sofreu Bullying”. Talvez como provável tentativa “inclusiva” numa retrospectiva biográfica ou pelo desconhecimento da

Seca e Resiliência na África Oriental – Como os camponeses e pastores enfrentam a fome

  Já não se trata de medidas preventivas a serem adotadas para evitar problemas futuros: a mudança climática já está em marcha e seus efeitos são devastadores principalmente nas regiões suscetíveis à seca. Ironicamente, são os países mais pobres os que menos poluem e os que sofrem o impacto maior. As esperanças contudo, resistem. Os agricultores da África contra-atacam e sua resiliência é crítica para a segurança de nossos alimentos. Sem o

Bastaria pouco para evitar o processo que está causando o aquecimento global, aponta relatório do Climate Action Tracker

  IHU Bastaria pouco, muito pouco. Para neutralizar o processo degenerativo que está causando o aquecimento global, nos termos previstos pelo Acordo de Paris de 2015, bastaria um forte entendimento entre poucos países que servem de líderes, pondo em campo políticas equilibradas em todo o setor industrial e energético. É a tese do Climate Action Tracker, um grupo de pesquisa internacional que, na última sexta-feira, às vésperas do Dia Mundial da Terra

Especial Reforma da Previdência: existe rombo na seguridade social?

  Verificamos a afirmação de que as contas do sistema registraram déficit de R$ 258,7 bilhões em 2016 Por Patrícia Figueiredo, da Agência Pública “Em 2016, (…) nós tivemos um déficit desse sistema [da seguridade social] de R$ 258,7 bilhões, uma ampliação de 55,4% em relação a 2015.” – George Soares, secretário do Orçamento Federal do Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, durante a divulgação do Balanço da Seguridade Social, em 14 de

Especial Reforma da Previdência: sobra dinheiro na seguridade social?

  Checamos a afirmação de que as contas do sistema tiveram um superávit de R$ 658 bilhões de 2005 a 2015 Por Patrícia Figueiredo, da Agência Pública “É uma falácia dizer que existe déficit. Em dez anos, entre 2005 e 2015, houve uma sobra de R$ 658 bilhões.” – Guilherme Portanova, assessor jurídico da Confederação Brasileira dos Aposentados e Pensionistas do Brasil (Cobap), em entrevista publicada em 7 de dezembro. Um dos temas mais

Top