Operação conjunta apreende 800 kg de agrotóxicos contrabandeados e embarga 180 hectares em Bagé/RS

 

Ibama

Fiscais coletam amostra de soja para exame no Laboratório de Resíduos de Pesticidas da Universidade Federal de Santa Maria

Foto: Ibama

Foto: Ibama

Operação conjunta do Ibama com a Polícia Federal (PF) e a Secretaria Estadual de Agricultura/RS na região de Campanha, fronteira do Rio Grande do Sul com o Uruguai, resultou na apreensão de 800 kg de agrotóxicos contrabandeados e no embargo de 180 hectares de lavouras de soja até o momento. Doze produtores rurais receberam autos de infração que totalizam R$ 730 mil. A Operação Ceres fiscaliza o uso de agrotóxicos sem registro no país.

Os fiscais flagraram a aplicação de produtos ilegais em duas lavouras. Amostras de soja foram apreendidas e encaminhadas ao Laboratório de Resíduos de Pesticidas (LARP), da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), para verificação da presença de produtos como o benzoato de emamectina,  extremamente tóxico para o meio ambiente e a saúde humana.

O decreto n° 6.514/2008, que regulamenta a Lei de Crimes Ambientais, estabelece multa para o responsável por poluição que possa resultar em danos à saúde humana, mortandade de animais ou destruição significativa da biodiversidade.

A Operação Ceres também levou à identificação de depósitos irregulares e produtos nacionais vencidos, o que resultou em multas e notificações para correção das irregularidades.

“Este esforço do Ibama com a Polícia Federal e seus parceiros será mantido para reprimir o uso de agrotóxicos contrabandeados, que poluem o solo, contaminam a lavoura e causam danos à saúde”, disse o diretor de Proteção Ambiental do Ibama, Luciano Evaristo.

A Operação Ceres será realizada por tempo indeterminado.

 

Do Ibama, in EcoDebate, ISSN 2446-9394, 07/03/2017

 

[CC BY-NC-SA 3.0][ O conteúdo da EcoDebate pode ser copiado, reproduzido e/ou distribuído, desde que seja dado crédito ao autor, à EcoDebate e, se for o caso, à fonte primária da informação ]

Inclusão na lista de distribuição do Boletim Diário da revista eletrônica EcoDebate, ISSN 2446-9394,

Caso queira ser incluído(a) na lista de distribuição de nosso boletim diário, basta enviar um email para newsletter_ecodebate+subscribe@googlegroups.com . O seu e-mail será incluído e você receberá uma mensagem solicitando que confirme a inscrição.

O EcoDebate não pratica SPAM e a exigência de confirmação do e-mail de origem visa evitar que seu e-mail seja incluído indevidamente por terceiros.

Remoção da lista de distribuição do Boletim Diário da revista eletrônica EcoDebate

Para cancelar a sua inscrição neste grupo, envie um e-mail para newsletter_ecodebate+unsubscribe@googlegroups.com ou ecodebate@ecodebate.com.br. O seu e-mail será removido e você receberá uma mensagem confirmando a remoção. Observe que a remoção é automática mas não é instantânea.

Top