Exercício Profissional: Uma Combinação Virtuosa entre Competência Técnica e Valores Humanos, artigo de Álvaro Rodrigues dos Santos

 

opinião

[EcoDebate] Estou convencido que, muito mais que uma crise política, vivemos em nosso país tempos de uma crise de valores. Isso significa que a decadência ética nas relações humanas não se observa somente no mundo e no exercício da política, mas em todas nossas esferas vivenciais. A ausência de bons referenciais cívicos estimula e valoriza os impulsos do egoísmo e da esperteza como balizas dos mais variados relacionamentos entre os cidadãos, e isso é muito mais grave do que um problema que se circunscrevesse apenas ao mundo da política.

Isso posto, achei que valesse a pena recuperar um texto que produzi em 2008, e que tenho passado especialmente aos geólogos mais jovens com que tenho a felicidade de ter algum contato. Mas, claro, válido para todas as profissões. Espero que possa ser útil também aos amigos em suas relações com aqueles que estão iniciando a jornada. Esse texto é composto por uma apresentação minha e por um depoimento do Prof. médico cirurgião Dr. João Gilberto Maksoud dirigido a seus alunos
 
APRESENTAÇÃO
Quatro décadas de exercício profissional da geologia foram-me pródigas e eloquentes na demonstração da íntima e indissociável relação, em nosso campo de atuação e nos mais diversos campos com os quais interagimos, entre as qualidades próprias do exercício profissional e os atributos humanos de seu executor.

De um lado da mesma moeda, a questão técnica propriamente dita, a competência técnica, o conhecimento, de outro, o ser humano envolvido na questão, sua atitude perante a Vida, o mundo e as pessoas com que se relaciona.
A verdade é que em qualquer atividade social em que nos envolvamos, seja ela na área profissional ou na vivência familiar e social, somos fundamentalmente o resultado de nossos valores humanos; o que vale concluir que
ninguém nunca será melhor como profissional do que é como ser humano.

Compreender essa indissociabilidade entre o fazer e o ser, e cultivar nossa base de valores íntimos, será sempre essencial para a realização virtuosa de nossas funções profissionais. Enfim, feliz o ser humano que em seus serenos momentos solitários percebe-se feliz consigo próprio e orgulhoso de seus valores humanos. Esse sentimento pleno de realização constituirá sempre, e inexoravelmente, a base indispensável para a construção de uma exitosa carreira profissional.

Por perceber sua importância, sempre procurei passar essas reflexões para as equipes com as quais trabalhei por todos esses anos, propósito que me foi muito facilitado por ter tido a sorte de conhecer o texto elaborado pelo médico cirurgião Dr. João Gilberto Maksoud, Professor Titular da Faculdade de Medicina da USP, “A RESPONSABILIDADE PROFISSIONAL E O SER HUMANO”. Nesse texto, que passo a vocês, o Prof. Maksoud trata, com uma sensibilidade admirável, dos atributos humanos que entende como sustentadores de nossa atividade profissional: a determinação, o respeito às pessoas e a honestidade, entendidos em sua dimensão espiritual maior.

Desejo-lhes boa leitura. E também que tenham em suas atividades profissionais permanente fonte de sua felicidade pessoal. O mundo lhes agradecerá.
Geól. Álvaro Rodrigues dos Santos

A RESPONSABILIDADE PROFISSIONAL E O SER HUMANO (*)

             Existem certos atributos do comportamento humano que ajudam o indivíduo a alcançar resultados favoráveis na sua vida, quer como ser humano quer como profissional. São leis básicas, naturais e até óbvias do comportamento que conduzem, em última análise, à satisfação pessoal, profissional e, por fim, à felicidade íntima. A relação entre causa e efeito é tão constante que fico surpreso ao constatar que as pessoas não se apercebem do valor destes atributos ou virtudes, dando-se até ao luxo de desprezá-los.

O primeiro é a determinação em suas atitudes. Embora possa ser trabalhada, estimulada, desenvolvida, a determinação é, na realidade, uma virtude inata. É a principal e poderosa arma com que as pessoas contam para vencer e para superar as dificuldades que sempre surgem no cumprimento das tarefas. É muito mais uma lei básica do comportamento humano e muito mais um estado de espírito que persegue o indivíduo e, felizmente, alguns profissionais.

A outra virtude essencial dos homens é o respeito às pessoas. É um sentimento puro, não trabalhado, natural, marcadamente pessoal. É uma qualidade facilmente notada pelas pessoas, mesmo por aquelas que não têm o privilégio desta virtude. É ao mesmo tempo o respeito em não assumir compromissos que sabe que não vai cumprir e o respeito ao compromisso assumido, por menor que seja. É o respeito ao horário, ao telefonema combinado, à retribuição ao esforço oferecido em seu benefício e o reconhecimento explícito das vitórias alcançadas pelas outras pessoas.

Outro atributo fundamental, aliás de sucesso milenar, é a honestidade. Não no sentido mais usado da palavra, quando envolve valores materiais, mas no sentido afetivo, emocional e moral. Ela se expressa, humana ou profissionalmente, de modo pleno, ao reconhecer e aceitar os limites de suas possibilidades, do seu campo de atuação, de sua capacidade profissional, honestidade na expressão do pensamento, no julgamento das coisas e dos fatos e na coerência entre o pensamento e a atitude, isto é, age como fala.

Ambos, a honestidade e o respeito, levam a uma postura maior: a responsabilidade profissional, o resumo das virtudes isoladas e que se traduz, agora, numa maneira de ser com mais evidente e clara repercussão prática. A responsabilidade profissional é, de fato, inseparável da responsabilidade do indivíduo como ser humano. Não existe uma pessoa que seja responsável como ser humano e irresponsável profissionalmente, e vice-versa. A responsabilidade é a virtude maior que um profissional pode possuir. Isto se reflete na preocupação constante com quem lhe contrata, com o cliente que encomenda um serviço ou um objeto, preocupação em cumprir o prazo ou dar satisfação no momento preciso. Ele deve, enfim, ser confiável.

Em todas as profissões, quando se alia responsabilidade ao talento, o profissional se torna insuperável. E a cada vez mais ele se realiza, mais constrói e vê resultados naquilo que gosta de fazer. Como é saudável e bom fazer aquilo que amamos. É um presente. É a plenitude da felicidade profissional que, junto com o amor, completam o homem e representam os mais gratificantes dos sentimentos humanos.


(*) extraído por Álvaro Rodrigues dos Santos de texto de João Gilberto Maksoud, Prof. Titular da Fac. de Medicina da USP, publicado na Folha de São Paulo em dezembro de 1986.

Álvaro Rodrigues dos Santos (santosalvaro@uol.com.br)
Geólogo formado pela Universidade de São Paulo; ex-diretor de Planejamento e Gestão do IPT; autor dos livros “Geologia de Engenharia: Conceitos, Método e Prática”, “A Grande Barreira da Serra do Mar”, “Cubatão” e “Diálogos Geológicos” e “Enchentes e Deslizamentos: Causas e Soluções”, “Manual Básico para Elaboração e Uso da Carta Geotécnica”, consultor em Geologia de Engenharia, Geotecnia e Meio Ambiente. É Colaborador e Articulista do Portal EcoDebate.

 

Publicado no Portal EcoDebate, 25/06/2015

[cite]


[ O conteúdo do EcoDebate pode ser copiado, reproduzido e/ou distribuído, desde que seja dado crédito ao autor, ao EcoDebate e, se for o caso, à fonte primária da informação ]

Inclusão na lista de distribuição do Boletim Diário do Portal EcoDebate

Caso queira ser incluído(a) na lista de distribuição de nosso boletim diário, basta enviar um email para newsletter_ecodebate+subscribe@googlegroups.com . O seu e-mail será incluído e você receberá uma mensagem solicitando que confirme a inscrição.

O EcoDebate não pratica SPAM e a exigência de confirmação do e-mail de origem visa evitar que seu e-mail seja incluído indevidamente por terceiros.

Remoção da lista de distribuição do Boletim Diário do Portal EcoDebate

Para cancelar a sua inscrição neste grupo, envie um e-mail para newsletter_ecodebate+unsubscribe@googlegroups.com ou ecodebate@ecodebate.com.br. O seu e-mail será removido e você receberá uma mensagem confirmando a remoção. Observe que a remoção é automática mas não é instantânea.

Alexa

Um comentário em “Exercício Profissional: Uma Combinação Virtuosa entre Competência Técnica e Valores Humanos, artigo de Álvaro Rodrigues dos Santos

  1. Excelente texto!
    “A responsabilidade é a virtude maior que um profissional pode possuir”

Comentários encerrados.

Top