Portal EcoDebate: Índice da edição nº 2.279, de 06/04/2015

    Paixão, conquista e risco, artigo de Montserrat Martins Saiba Mais - Planos de Recursos Hídricos e Enquadramento dos Corpos de Água em Classes, por Antonio Silvio Hendges Saúde do trabalhador, um sonho em Barcarena, artigo de Gilvandro Santa Brígida Operação do Ibama combate exploração ilegal de madeiras na Terra Indígena Kaxarari Reduzir emissões não dependerá apenas da Amazônia, diz pesquisador do Inpe Embrapa e ANA divulgam mosaicos de imagens de

Paixão, conquista e risco, artigo de Montserrat Martins

    [EcoDebate] Não existe conquista sem paixão. Não existe paixão sem risco. Está dito. Uma Feliz Páscoa ! Ah sim, há controvérsias, há quem ache que a razão é a mola propulsora das civilizações, que o desejo seria na verdade o seu entrave, pois as paixões nos puxam para o primitivo. Na verdade – e os Neurologistas sabem bem disso, pois a resposta emocional é mais rápida que a cognitiva – o

Saiba Mais – Planos de Recursos Hídricos e Enquadramento dos Corpos de Água em Classes, por Antonio Silvio Hendges

    [EcoDebate] A Política Nacional de Recursos Hídricos – PNRH (Lei 9.433/1997) instituiu os fundamentos, objetivos, diretrizes e instrumentos para a gestão da água no Brasil e criou o Sistema Nacional de Gerenciamento de Recursos Hídricos, regulamentando o artigo 21, inciso XIX da Constituição Federal. Entre os instrumentos desta lei, estão os planos de recursos hídricos e o enquadramento dos corpos de água em classes de acordo com os usos preponderantes

Saúde do trabalhador, um sonho em Barcarena, artigo de Gilvandro Santa Brígida

    Fica permitido que o pão de cada dia tenha no homem o sinal de seu suor. Mas que sobretudo tenha sempre o quente sabor da ternura. (Thiago de Mello)   Mês passado uma emissora de televisão apresentou uma matéria sobre o adoecimento de trabalhadores na cadeia produtiva do alumínio. Como se não bastasse a poluição dos rios de Barcarena a degradação do solo e a contaminação do lençol freático, as empresas da cadeia produtiva

Operação do Ibama combate exploração ilegal de madeiras na Terra Indígena Kaxarari

  Na última terça-feira (31/03), fiscais do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), em ação de fiscalização da Operação Toruk, de combate ao desmatamento ilegal, realizaram a apreensão de um caminhão toreiro, 18 toras de madeira (cem metros cúbicos) e cem litros de combustíveis (gasolina e óleo diesel) na Terra Indígena (TI) Kaxarari, na fronteira entre os estados do Amazonas e de Rondônia.     A TI Kaxarari é

Reduzir emissões não dependerá apenas da Amazônia, diz pesquisador do Inpe

    Por Talise Rocha, do Observatório ABC “A Amazônia reduziu seu papel na assimilação de dióxido de carbono e isso pode implicar na sua perda como mitigadora global”, diz Luiz Aragão, pesquisador da Divisão de Sensoriamento Remoto do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). Segundo ele, o Brasil terá que investir em alternativas como mudanças no uso da terra para mitigar suas emissões sem depender apenas das florestas para esse papel. A constatação

Embrapa e ANA divulgam mosaicos de imagens de satélite do Brasil

  Ausência de nuvens permitiu obtenção de imagens de alta resolução. Capturas determinam uso e ocupação de solos no País A forte estiagem que castigou várias regiões do Brasil em 2014 trouxe grandes benefícios para a área de sensoriamento remoto. A ausência de nuvens permitiu a obtenção de imagens de alta qualidade de todo o território nacional e a geração de mosaicos cobrindo todos os estados brasileiros. Tal feito constitui um marco importante

Pesquisador da Fiocruz fala sobre suicídio como problema de saúde pública

    Por Danielle Monteiro, da Agência Fiocruz de Notícias Na última semana, o caso do copiloto alemão que pode ter causado um acidente de avião que matou 150 pessoas nos Alpes franceses trouxe à tona mais uma vez o tema suicídio. Apesar de ser uma questão de saúde pública, o suicídio é um dos tabus que permeiam o imaginário da sociedade. Segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), 800 mil pessoas

Prêmio Fundação Banco do Brasil de Tecnologia Social tem inscrições abertas até 31 de maio

    Com premiação total de R$ 600 mil, o objetivo é disseminar experiências que oferecem soluções efetivas para demandas sociais Nas edições anteriores foram concedidos mais de R$ 3 milhões para o aprimoramento das tecnologias sociais vencedoras Até 31 de maio estão abertas as inscrições para o 8ª Prêmio Fundação Banco do Brasil de Tecnologia Social, que nesta edição tem a Petrobras, a Unesco e o BID como parceiros. O Prêmio tem o

Top