Portal EcoDebate: Índice da edição nº 2.274, de 27/03/2015

    O precoce fim do bônus demográfico no Brasil, artigo de José Eustáquio Diniz Alves Crise hídrica: a natureza aceita apenas a verdade, artigo de Maurício Dziedzic Intensificação ecológica, agricultura para um novo mundo, artigo de Inácio de Barros Pesquisa de 35 anos mostra como floresta se recompõe Especialistas discutem como serão medidos os riscos climáticos que os moradores de várias regiões estão expostos Influência da Amazônia na seca do Sudeste

O precoce fim do bônus demográfico no Brasil, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

    [EcoDebate] O debate sobre a relação bidirecional entre população e desenvolvimento (P & D) ficou centrado, durante muito tempo, nos efeitos do crescimento demográfico sobre as taxas de aumento do Produto Interno Bruto (PIB). Porém, após o fenômeno da transição demográfica (redução das taxas de mortalidade e natalidade) a atenção se deslocou para os efeitos da estrutura etária da pirâmide populacional sobre o desenvolvimento econômico e social. A redução das taxas

Crise hídrica: a natureza aceita apenas a verdade, artigo de Maurício Dziedzic

    [EcoDebate] A falta de água forçava as pessoas a tomar urina reciclada. Essa era uma parte impressionante do livro "Não verás país nenhum", de Ignácio de Loyola Brandão, que li na adolescência. Hoje sei que o conceito não é tão esotérico e já se tornou realidade em alguns locais do planeta. Recentemente, Bill Gates tomou água proveniente de esgoto reciclado para mostrar que isso é seguro. Melhor seria não ter

Intensificação ecológica, agricultura para um novo mundo, artigo de Inácio de Barros

    Perspectivas sugerem que uma verdadeira revolução nos processos de produção agrícola terá que acontecer. Se por um lado o modelo produtivista tem mostrado seus limites, principalmente no que diz respeito ao uso insustentável de recursos naturais e nos impactos negativos que causam ao meio ambiente, por outro estima-se que a população mundial passará de sete para nove bilhões de pessoas em 2050, aumentando a demanda por alimentos, fibras, madeiras e

Pesquisa de 35 anos mostra como floresta se recompõe

    O que acontece com uma área de floresta 35 anos após a primeira colheita das árvores comerciais? Essa resposta, ainda inédita no Brasil, começa a ser dada pela Embrapa Amazônia Oriental após o início do segundo ciclo de corte em uma área de pesquisa na Floresta Nacional do Tapajós, no oeste do Pará. Os dados são animadores, pois apontam para a regeneração da floresta em volume, mas atentam à necessidade

Especialistas discutem como serão medidos os riscos climáticos que os moradores de várias regiões estão expostos

    Por: Lucas Tolentino - Editor: Marco Moreira Os riscos gerados pelo aquecimento global às populações de várias partes do país serão medidos pelo governo federal. O Ministério do Meio Ambiente (MMA) e a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) realizaram, nesta quarta-feira (25/03), em Brasília, seminário para finalizar a construção dos Indicadores Subnacionais de Vulnerabilidade da População à Mudança do Clima no Brasil. O índice avaliará os impactos do agravamento do efeito estufa

Influência da Amazônia na seca do Sudeste será debatida em palestra no LBA-Inpa

  “A água da Amazônia irriga o Sudeste?” será o tema da palestra dos pesquisadores Luiz Antônio Candido, do Inpa, e Carlos Rittl, secretário executivo do Observatório do Clima O programa de Grande Escala da Biosfera-Atmosfera na Amazônia (LBA), coordenado pelo Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (INPA/MCTI), realizará no dia 31 de março, às 14h, no Auditório da Ciência, no Bosque da Ciência, um debate sobre as questões científicas e de

IPT lança manual para situações emergenciais, da captação à utilização da água de chuva

  O manual, lançado em comemoração ao Dia Mundial da Água, 22 de março, é direcionado a famílias que vivem situações emergenciais A captação da água de chuva hoje é realidade para muitos moradores de cidades como São Paulo, que vêm enfrentando uma crise hídrica que já afeta o abastecimento de diversos domicílios. Levando em conta este cenário, o IPT lança agora um manual que busca oferecer à população orientações para melhorar

Última semana para inscrição de projetos de conservação no edital da Fundação Grupo Boticário

Interessados de todo o Brasil tem até 31 de março para cadastrar suas propostas em três linhas de apoio. Os interessados em se inscrever no tradicional Edital de Apoio a Projetos de Conservação da Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza têm apenas mais uma semana. A submissão de propostas é realizada exclusivamente pelo site www.fundacaogrupoboticario.org.br, até 31 de março. Podem concorrer ao apoio financeiro projetos que contribuam para a conservação da natureza em todas as regiões do Brasil

Top