1% da vazão do Rio AM eliminaria falta de água no NE e Sudeste, diz CPRM. Comentário de João Suassuna

 

opinião

 

Meus Prezados,

Isso já foi proposto anteriormente. Esse filme já assistimos. Na realidade, isso é o despreparo e o desespero das atuais autoridades diante de um erro brutal cometido, de se fazer as obras da Transposição do Rio São Francisco, pela incapacidade volumétrica do Velho Chico, no atendimento das demandas do povo nordestino.

Antes do início da obra da Transposição, o governo já havia pensado na proposta de trazer as águas do Tocantins (rio que pertence a bacia amazônica), para enriquecer a sua vazão e solucionar os problemas de abastecimento do povo. Desistiram da proposta, pelos elevados custos à ela imputados, e diante da um erro técnico histórico que seria cometido no setor de geração de energia do Nordeste, caso o projeto viesse a ser realizado. Nesse sentido, muito mais lógico e viável seria, a ampliação do sistema gerador de energia da hidrelétrica de Tucuruí, e o transporte da energia gerada por aquele sistema, através de linhas de transmissão, até o Nordeste brasileiro. Isso proporcionaria à Chesf, um maior grau de liberdade na geração de energia com as águas do rio São Francisco.

A proposta da geração de energia, em Tucuruí, e a sua transmissão através de linhões, é técnica e economicamente mais barata do que a transposição de suas águas até o Nordeste brasileiro, para fins de geração.

E para o abastecimento do povo, as águas interiores do Nordeste (são 37 bilhões de m³), quando bem planejadas, bastariam para o atendimento das demandas do Setentrional, sem haver a necessidade dessas maluquices, atualmente postas em prática pelas autoridades brasileiras, que irão resultar, sem a menor sobra de dúvidas, na exaustão do rio São Francisco, com consequências econômico-ambientais difíceis de serem avaliadas.

É viver para crer.

http://remabrasil.org:8080/virtual/r/remaatlantico.org/sul/Members/suassuna/campanhas/1-da-vazao-do-rio-am-eliminaria-falta-de-agua-no-ne-e-sudeste-diz-cprm

Abraço

João Suassuna

* João Suassuna – Eng° Agrônomo e Pesquisador da Fundação Joaquim Nabuco

Publicado no Portal EcoDebate, 10/02/2015


[ O conteúdo do EcoDebate pode ser copiado, reproduzido e/ou distribuído, desde que seja dado crédito ao autor, ao EcoDebate e, se for o caso, à fonte primária da informação ]

Inclusão na lista de distribuição do Boletim Diário do Portal EcoDebate

Caso queira ser incluído(a) na lista de distribuição de nosso boletim diário, basta enviar um email para newsletter_ecodebate+subscribe@googlegroups.com . O seu e-mail será incluído e você receberá uma mensagem solicitando que confirme a inscrição.

O EcoDebate não pratica SPAM e a exigência de confirmação do e-mail de origem visa evitar que seu e-mail seja incluído indevidamente por terceiros.

Remoção da lista de distribuição do Boletim Diário do Portal EcoDebate

Para cancelar a sua inscrição neste grupo, envie um e-mail para newsletter_ecodebate+unsubscribe@googlegroups.com ou ecodebate@ecodebate.com.br. O seu e-mail será removido e você receberá uma mensagem confirmando a remoção. Observe que a remoção é automática mas não é instantânea.

Alexa

Um comentário em “1% da vazão do Rio AM eliminaria falta de água no NE e Sudeste, diz CPRM. Comentário de João Suassuna

Comentários encerrados.

Top