SP sanciona lei que proíbe a criação ou manutenção de animais para extração de peles

 


Foto: Foto: A2 Fotografia / Pete Lambert

 

Lei tem intuito de preservar animais usados na indústria de casacos e acessórios

Com o intuito de preservar os animais usados na indústria de casacos e acessórios, como coelhos, raposas, visons, texugos, focas, coiotes, esquilos e chinchilas, a medida será publicada no Diário Oficial de quarta-feira, 29

Foi sancionada nesta terça-feira, 28, a lei que proíbe a criação ou manutenção de animais para extração de peles. O Projeto de Lei 616 de 2011 foi aprovado no dia 17 de setembro na Assembleia Estadual. Atualmente, o Brasil é um dos maiores produtores e o segundo maior exportador de peles de chinchila do mundo, atrás apenas da Argentina.

Siga o Governo no Twitter, Facebook e veja fotos no Flickr

Com o intuito de preservar os animais usados na indústria de casacos e acessórios, como coelhos, raposas, visons, texugos, focas, coiotes, esquilos, e, em maior número, chinchilas, a medida será publicada no Diário Oficial de quarta-feira, 29.

A lei prevê mais de R$ 10 mil de multa, por animal, ou 500 Unidades Fiscais do Estado de São Paulo (UFESP) para a empresa que descumprir a lei, e o dobro no caso de reincidência. A regulamentação da lei se dará em regime de urgência.

Fonte: Portal do Governo do Estado

Publicado no Portal EcoDebate, 29/10/2014


[ O conteúdo do EcoDebate pode ser copiado, reproduzido e/ou distribuído, desde que seja dado crédito ao autor, ao EcoDebate e, se for o caso, à fonte primária da informação ]

Inclusão na lista de distribuição do Boletim Diário do Portal EcoDebate
Caso queira ser incluído(a) na lista de distribuição de nosso boletim diário, basta clicar no LINK e preencher o formulário de inscrição. O seu e-mail será incluído e você receberá uma mensagem solicitando que confirme a inscrição.

O EcoDebate não pratica SPAM e a exigência de confirmação do e-mail de origem visa evitar que seu e-mail seja incluído indevidamente por terceiros.

Remoção da lista de distribuição do Boletim Diário do Portal EcoDebate
Para cancelar a sua inscrição neste grupo, envie um e-mail para ecodebate@ecodebate.com.br. O seu e-mail será removido e você receberá uma mensagem confirmando a remoção. Observe que a remoção é automática mas não é instantânea.

Alexa

2 comentários em “SP sanciona lei que proíbe a criação ou manutenção de animais para extração de peles

  1. Mas que lei mais controversa e ineficiente, ou melhor ainda, incentivadora da predação na natureza.É mais que sabido, no mundo todo,que a criação em cativeiro de animais silvestres aproveitados pelo homem, é a forma mais eficiente de preservá-los.A proibição da criação em cativeiro só vai incentivar a busca destes animais (ilegalmente) na natureza. Tome-se como exemplo somente duas espécies:o avestruz e o jacaré do pantanal, que fatalmente estariam em extinção ou já extintos. Vamos ver no que vai dar esta “BELA” iniciativa preservacionista ao avesso.

  2. Havia criação de raposas, visons ou texugos em São Paulo?!!!

    Essa lei foi só para destruir os criadores de Chinchila paulistas mesmo. Ninguém precisa usar peles (e as campanhas para diminuir esse uso são extensas e corretas), mas não só o que o João Pinheiro falou está correto como também quem usar pele agora, irá importá-las. Possivelmente de fazendas chinesas, os maiores produtores, e que tratam os animais de forma infinitamente pior que o que são tratados em Sào Paulo.

    Mas é modinha ser “protetor de animais”…

Comentários encerrados.

Top