Transição demográfica na América Latina e Caribe, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

 

Transição demográfica na América Latina e Caribe

 

[EcoDebate] A transição demográfica é um dos fatos sociais mais importantes de todos os tempos. É um fenômeno que só acontece uma vez na história e ocorre de forma sincrônica com o processo de desenvolvimento econômico. A transição demográfica é a passagem de altas para baixas taxas de mortalidade e natalidade. Um fato comum em todas as experiências é que a transição sempre começa pela diminuição das taxas de mortalidade e só depois de um certo lapso de tempo (que varia de país a país) se dá início à redução das taxas de natalidade.

Consequentemente, na primeira fase da transição demográfica há um processo de aceleração do crescimento demográfico. Porém, a partir de um certo ponto, a queda das taxas de natalidade se acelera e o ritmo do crescimento vegetativo da população se reduz. Na fase avançada da transição demográfica as duas curvas se encontram e o aumento vegetativo se interrompe, para em seguida iniciar um processo de decrescimento da população.

A taxa bruta de mortalidade era de 15,5 por mil no quinquênio 1950-55, a taxa bruta de natalidade era de 42,5 por mil e a taxa de crescimento vegetativo era de 2,7% ao ano. A taxa de mortalidade chegou ao ponto mínimo, de 5,9 por mil, no atual quinquênio, 2010-15, enquanto a taxa bruta de natalidade está em 18 por mil e o crescimento vegetativo está em 1,1% ao ano.

A projeção média da Divisão de População da ONU estima que as taxas de mortalidade e natalidade vão se igualar no quinquênio 2060-65, quando haverá crescimento zero. A partir daí haverá redução da população da região. Em 2013 a população da ALC está estimada em 616,6 milhões de habitantes e o pico máximo de 791,6 milhões deve ser alcançado em 2062. Em seguida deverá haver um processo de ligeiro decrescimento até a ALC atingir 736,2 milhões de habitantes em 2100.

Para mais informações, visite:
ALAP – Associação Latino Americana de População

WONG, L.R., ALVES, JED, RODRÍGUEZ, JV, TURRA, CM (Orgs). “Cairo+20: perspectivas de la agenda de población y desarrollo sostenible después de 2014“, Rio de Janeiro, ALAP, abril de 2014

 

José Eustáquio Diniz Alves, Colunista do Portal EcoDebate, é Doutor em demografia e professor titular do mestrado e doutorado em População, Território e Estatísticas Públicas da Escola Nacional de Ciências Estatísticas – ENCE/IBGE; Apresenta seus pontos de vista em caráter pessoal. E-mail: jed_alves@yahoo.com.br

EcoDebate, 09/07/2014


[ O conteúdo do EcoDebate pode ser copiado, reproduzido e/ou distribuído, desde que seja dado crédito ao autor, ao EcoDebate e, se for o caso, à fonte primária da informação ]

Inclusão na lista de distribuição do Boletim Diário do Portal EcoDebate
Caso queira ser incluído(a) na lista de distribuição de nosso boletim diário, basta clicar no LINK e preencher o formulário de inscrição. O seu e-mail será incluído e você receberá uma mensagem solicitando que confirme a inscrição.

O EcoDebate não pratica SPAM e a exigência de confirmação do e-mail de origem visa evitar que seu e-mail seja incluído indevidamente por terceiros.

Remoção da lista de distribuição do Boletim Diário do Portal EcoDebate
Para cancelar a sua inscrição neste grupo, envie um e-mail para ecodebate@ecodebate.com.br. O seu e-mail será removido e você receberá uma mensagem confirmando a remoção. Observe que a remoção é automática mas não é instantânea.

Alexa

Top