Classificação e validação de Indicadores de Desempenho Ambiental, artigo de Roberto Naime

 

gestão ambiental

 

[EcoDebate] Os Indicadores de Desempenho Ambiental (IDA) podem receber as seguintes classificações principais:

    1. Absolutos: quando fazem referência a dados básicos sem análise ou interpretação, por exemplo, emissões totais de Dióxido de Enxofre (SO2);
    2. Relativos: compara dados com outros parâmetros, como por exemplo, emissões de SO2 por tonelada de produto primário;
    3. Indexados: é resultante da definição de um ano de referência, por exemplo, como 100 por cento, ou da ponderação dos equivalentes para consolidar dados, como o total de emissões de gases de efeito estufa expressos em CO2;
    4. Agregados: referem-se à coleta de dados para alguns fatores relacionados, tanto vertical quanto horizontalmente na organização; a agregação é útil para transformar grande quantidade de informações em parâmetros que representem totalidades maiores, facilitando o processo de tomada de decisões;
    5. Ponderados: envolvem a ponderação de efeitos que podem ser incomparáveis, constituindo um processo político com julgamento de valor, sempre dependente da cultura e do condicionamento dos realizadores.

Existem também critérios para validar os Indicadores de Desempenho Ambiental (IDA). Os indicadores não podem ser assumidos apenas por bom senso ou boa vontade, tem que comprovar sua validade:

      • Validação Científica: Quando os Indicadores de Desempenho Ambiental (IDA), são tecnicamente consistentes, subsidiados por arcabouço teórico incontestável, e são verificáveis, reproduzíveis e comparáveis;
      • Representativos: quando conseguem representar a condição dos problemas que monitoram e avaliam de maneira satisfatória;
      • Sensível às mudanças: quando conseguem indicar as mudanças de tendências ou viés dentro de intervalos de tempo relativamente curtos;
      • Preditivos: quando fornecem avisos antecipados de tendências futuras que devem mensurar de maneira sistêmica;
      • Limite para comparação: quando são capazes de serem comparados com metas, de modo que os usuários possam avaliar seu significado;
      • Eficientes em custo: devem ser eficientes em custo, em termos de obtenção e utilização dos dados, comparados com seu custo;
      • Adequabilidade/Disponibilidade de dados: os dados utilizados para desenvolver Indicadores de Desempenho Ambiental (IDA) devem ser precisos e disponíveis de forma oportuna, em sistemas de medição e monitoramento que sejam plenamente confiáveis e seguros;
      • Relevante e compreensível: Os indicadores devem ser relevantes para os objetivos da tarefa e por consequência da organização, e para as necessidades cotidianas dos tomadores de decisão, de forma simples, clara e compreensível para pessoas não-especializadas.

Como todas as fases e processos de Sistemas de Gestão Ambiental (SGA), os processos de Avaliação do Desempenho Ambiental (ADA) devem sofrer análise crítica permanente e aperfeiçoamento contínuo dos processos, otimizando o próprio Sistema de Gestão Ambiental no qual está inserido.

Dr. Roberto Naime, Colunista do Portal EcoDebate, é Doutor em Geologia Ambiental. Integrante do corpo Docente do Mestrado e Doutorado em Qualidade Ambiental da Universidade Feevale.

 

Nota do EcoDebate: sugerimos que leiam, também, o artigo anterior desta série: “Criação de indicadores ambientais, artigo de Roberto Naime

 

EcoDebate, 19/11/2013


[ O conteúdo do EcoDebate pode ser copiado, reproduzido e/ou distribuído, desde que seja dado crédito ao autor, ao EcoDebate e, se for o caso, à fonte primária da informação ]

Inclusão na lista de distribuição do Boletim Diário do Portal EcoDebate
Caso queira ser incluído(a) na lista de distribuição de nosso boletim diário, basta clicar no LINK e preencher o formulário de inscrição. O seu e-mail será incluído e você receberá uma mensagem solicitando que confirme a inscrição.

O EcoDebate não pratica SPAM e a exigência de confirmação do e-mail de origem visa evitar que seu e-mail seja incluído indevidamente por terceiros.

Remoção da lista de distribuição do Boletim Diário do Portal EcoDebate
Para cancelar a sua inscrição neste grupo, envie um e-mail para ecodebate@ecodebate.com.br. O seu e-mail será removido e você receberá uma mensagem confirmando a remoção. Observe que a remoção é automática mas não é instantânea.

Alexa

Top