Ibama apreende mais de 5,3 mil metros cúbicos de madeira ilegal em Rondônia

 

Ibama apreende mais de 5,3 mil metros cúbicos de madeira ilegal em Rondônia

 

Dentro das ações da operação Hileia Pátria, cujo objetivo é combater o desmatamento em áreas protegidas federais na Amazônia, o Ibama apreendeu, desde julho deste ano em Rondônia, 5.350 metros cúbicos de madeira ilegal, o suficiente para carregar mais de 176 caminhões. No período, foram aplicadas multas que alcançam R$ 10 milhões. A operação já percorreu as regiões de Ponta do Abunã, Espigão D’Oeste e Buritis, alguns dos locais que compõem a área critica de exploração ilegal de madeira no estado.

No sul do Amazonas, o órgão apreendeu em Santo Antonio do Matupi, distrito de Manicoré, 1460m³ de madeira em tora e serrada. A madeireira não possuía documentação comprobatória da origem legal da madeira. Os autos de infração aplicados geraram multas que ultrapassam os R$ 621 mil.

Segundo o superintendente do Ibama no estado de Rondônia, Paulo Diniz, a exploração seletiva ocorre primeiro, visando à madeira mais nobre, que tem maior valor de mercado, depois, vem o corte raso e, por fim, a conversão da área em pastagem para criação de gado, pois a pecuária é uma atividade muito forte na região.

O Ibama está montando barreiras nos ramais de acesso às áreas protegidas federais da região, sejam Terras Indígenas ou Unidades de Conservação. Está vistoriando áreas anteriormente embargadas com a finalidade de verificar se os embargos estão sendo cumpridos e também fazendo levantamento do estoque de madeira nos pátios das madeireiras suspeitas de irregularidade.

A operação Hiléia Pátria ocorre simultaneamente em Mato Grosso, Pará, Amazonas e Maranhão e conta com a participação do Exército Brasileiro, que está encarregado de dar o suporte logístico na retirada dos bens apreendidos.

Badaró Ferrari
Ascom/Ibama

EcoDebate, 01/10/2013


[ O conteúdo do EcoDebate pode ser copiado, reproduzido e/ou distribuído, desde que seja dado crédito ao autor, ao EcoDebate e, se for o caso, à fonte primária da informação ]

Inclusão na lista de distribuição do Boletim Diário do Portal EcoDebate
Caso queira ser incluído(a) na lista de distribuição de nosso boletim diário, basta clicar no LINK e preencher o formulário de inscrição. O seu e-mail será incluído e você receberá uma mensagem solicitando que confirme a inscrição.

O EcoDebate não pratica SPAM e a exigência de confirmação do e-mail de origem visa evitar que seu e-mail seja incluído indevidamente por terceiros.

Remoção da lista de distribuição do Boletim Diário do Portal EcoDebate
Para cancelar a sua inscrição neste grupo, envie um e-mail para ecodebate@ecodebate.com.br. O seu e-mail será removido e você receberá uma mensagem confirmando a remoção. Observe que a remoção é automática mas não é instantânea.

Alexa

Top